angle-left 75 anos da ONU e reunificação alemã são temas da Rodada de Eventos em Direito e Relações Internacionais

75 anos da ONU e reunificação alemã são temas da Rodada de Eventos em Direito e Relações Internacionais

Evento acontece em dezembro e presta homenagem ao jurista Paulo Bonavides, falecido recentemente.


ONU marca 75 anos realçando relevância ímpar em tempo de pandemia (Foto: Thomas Trutschel/Getty Images)
ONU marca 75 anos realçando relevância ímpar em tempo de pandemia (Foto: Thomas Trutschel/Getty Images)

O Núcleo de Estudos Internacionais da Unifor (NEI/UNIFOR/FUNAG) promove, entre os dias 3 e 4 de dezembro de 2020, a XI Rodada de Eventos em Direito e Relações Internacionais, cujo tema é: "Estado, Multilateralismo e Supranacionalidade nos 75 anos da ONU e 30 anos de reunificação alemã", em homenagem ao jurista Paulo Bonavides.

A rodada contemplará dois eventos: o Seminário de Direito e Relações Internacionais e a Jornada Brasileira de Direito Internacional na Unifor. A coordenação está a cargo do professor Walber Muniz (NEI/PPGD Unifor).

Submissão de Trabalhos

Excepcionalmente este ano de 2020 somente ocorrerá submissão para a Jornada Brasileira de Direito Internacional. O prazo para submissão de trabalhos a este evento vai até o dia 23 de novembro. De acordo com a CHAMADA PARA TRABALHOS os trabalhos poderão ser individuais ou em co-autoria. 

As áreas de estudo sugeridas são: Direito Internacional, Relações Internacionais, Defesa e Segurança, Comércio ou Negócios Internacionais, Governança Global, Estado Democrático de Direito no Brasil e Políticas Internacionais em Direitos Humanos. 

Os trabalhos deverão ser enviados preferencialmente por pesquisadores do NEI para o e-mail nei@unifor.br.  A programação de todo o Evento será divulgada oportunamente, após a finalização da seleção dos trabalhos submetidos.

>> CHAMADA PARA TRABALHOS

Sobre o tema

A Organização das Nações Unidas (ONU) foi oficialmente estabelecida em 24 de outubro de 1945, com a assinatura da Carta das Nações Unidas pela maioria dos 51 Estados-membros fundadores. A organização foi criada para suceder a Liga das Nações visando principalmente impedir outro conflito armado envolvendo várias nações na sequência da Segunda Guerra Mundial. 

O chefe da ONU publicou uma mensagem por ocasião do 75º aniversário da organização. O secretário-geral António Guterres disse que em plena pandemia a missão das Nações Unidas “é agora mais crucial do que nunca”. “Para promover a dignidade humana. Proteger os direitos humanos. Garantir o direito internacional. E salvar a Humanidade da guerra. Quando a pandemia começou, apelei a um cessar-fogo mundial. Atualmente, o nosso mundo tem um inimigo comum: a Covid-19. Chegou a hora de intensificar os esforços pela paz e para alcançar um cessar-fogo global. O relógio não para.” 

Mais informações: nei@unifor.br | walber@unifor.br