angle-left Unifor realiza doação ao Iprede

Qua, 4 Abril 2018 09:32

Unifor realiza doação ao Iprede

Os alunos e professores do Centro de Ciências Tecnológicas da instituição realizaram doação de latas de leite em pó, que foram arrecadadas durante inscrições de atividades acadêmicas (Foto: Julia Rabay/Unifor)
Os alunos e professores do Centro de Ciências Tecnológicas da instituição realizaram doação de latas de leite em pó, que foram arrecadadas durante inscrições de atividades acadêmicas (Foto: Julia Rabay/Unifor)

No dia 16 de março, uma equipe de alunos e professores do Centro de Ciências Tecnológicas (CCT) da Unifor participaram de ação social na sede do Instituto da Primeira Infância (Iprede), localizado na Cidade dos Funcionários. O objetivo foi prestar solidariedade às famílias de crianças em situação de magreza e magreza extrema, que são o grupo beneficiado pela Instituição.

Uma equipe de quatro alunos e dois professores dos cursos de Engenharia Elétrica e Engenharia Mecânica visitaram o Instituto para entregar as latas de leite em pó às famílias de crianças que são auxiliadas pelo Iprede. Foram, aproximadamente, 40 latas arrecadadas por alunos do CCT, através de atividades acadêmicas desenvolvidas durante o último semestre, como exemplo os cursos de férias e minicursos, cujas inscrições foram mediante doação de alimentos.

Ao chegar ao local, a equipe foi recebida pela vice-presidente do Iprede, Glória Maria, que enalteceu a parceria com a Unifor como sendo a Universidade que mais envia alunos para auxiliar nas consultas médicas às crianças, com cerca de 200 alunos por semestre que, em contrapartida, adquirem conhecimento prático dentro dos seus campos de estudo. “Iprede e Unifor são grandes instituições que ‘dão as mãos’ e se juntaram nesta parceria para que se possa formar melhores profissionais de saúde” relata.

A equipe também aproveitou o encontro para conhecer mais afundo o trabalho que é realizado no Instituto. Os alunos e professores puderam conhecer os consultórios, os laboratórios onde são realizados os testes psicológicos, assim como também os ambientes de atividades pedagógicas, como a sala de cinema infantil, por exemplo.

Rodrigo Paulino, coordenador do curso de Engenharia Elétrica da Unifor, relata um pouco sobre o papel social que a Universidade tem em não apenas buscar a formação técnica, mas também a formação humana. “Nós temos a visão de formar os alunos como bons seres humanos. A questão social também perpassa pela educação acadêmica, seja o aluno da área de humanas ou exatas. Sempre que aparece uma oportunidade de contribuir socialmente, nós procuramos nos engajar o mais rápido possível”, explica o coordenador.

Sobre a instituição

O Iprede, fundado em 1986, vem marcando uma trajetória histórica em consonância com a necessidade de prevenir e tratar crianças em situações de magreza e magreza extrema até a atualidade de investimento na primeira infância, que é um período fundamental no desenvolvimento mental, emocional e de socialização do indivíduo.