angle-left Unifor está entre as melhores do mundo em ranking de economias emergentes

Ter, 18 Fevereiro 2020 16:46

Unifor está entre as melhores do mundo em ranking de economias emergentes

Entidade britânica Times Higher Education (THE) classificou somente sete instituições privadas no Brasil.


Desde 2019, a Universidade de Fortaleza obtém amplo reconhecimento internacional pela qualidade de ensino.
Desde 2019, a Universidade de Fortaleza obtém amplo reconhecimento internacional pela qualidade de ensino.

A Universidade de Fortaleza, da Fundação Edson Queiroz, figura mais uma vez entre as melhores instituições de ensino do mundo. A constatação é da Times Higher Education (THE), entidade britânica que produz a principal avaliação internacional de educação. A Unifor é a única instituição particular do Norte e Nordeste a figurar no ranking universitário de economias emergentes. O anúncio foi feito nesta terça-feira (18), diretamente de Londres.

Esta é mais uma avaliação de reconhecimento internacional da qual a Unifor passa a fazer parte. No total, participam da avaliação 553 universidades no mundo, distribuídas entre aproximadamente 47 países.

No Brasil, entre as universidades públicas e privadas foram ranqueadas apenas 46 instituições de ensino, entre elas estão a USP (14º lugar) e a Unicamp (55º). Já nas regiões Norte e Nordeste, 8 universidades foram avaliadas, sendo a Unifor a única particular.

“O ranking reforça a presença da Universidade de Fortaleza em um mundo global. A Unifor está se colocando, cada vez mais com os seus horizontes voltados para um mundo em que as fronteiras são definidas muito mais pela nossa capacidade de se inserir na mudança e na realidade socioeconômica do nosso local”, destaca o professor Henrique Sá, vice-reitor de Ensino de Graduação da Unifor.

O THE avalia as universidades nas suas principais missões: ensino, pesquisa, transferência de conhecimento e perspectivas internacionais. Para tanto, são utilizados 13 indicadores de desempenho que fornecem comparações abrangentes que têm a confiança de estudantes, acadêmicos, líderes de universidades, indústria e governos.  

Esses indicadores de desempenho estão agrupados em cinco áreas: Ensino (o ambiente de aprendizagem); Pesquisa (volume, renda e reputação); Citações (influência da pesquisa); Perspectivas internacionais (funcionários, estudantes e pesquisa); e Renda da indústria (transferência de tecnologia).  

“Tudo isso tem um impacto muito forte para a Universidade, tanto no ambiente de ensino e na reputação da nossa pesquisa do ponto de vista da colaboração internacional, assim como a transferência de conhecimento para os diversos setores da sociedade. Esses segmentos conferem à universidade o impacto que elevam a Unifor com uma categoria bastante importante para o Brasil e para o mundo”, avalia Henrique Sá.

Excelência internacionalmente reconhecida

Em 2019, a Universidade de Fortaleza obteve amplo reconhecimento internacional pela qualidade de ensino. Em junho, o THE já tinha ranqueado a Unifor entre as melhores universidades da América Latina e Caribe. Três meses depois, o THE colocou a Unifor também entre as melhores instituições de ensino superior do mundo. Já em novembro, a entidade britânica classificou a universidade entre as melhores do mundo na área da Saúde, sendo uma das três únicas particulares do Brasil e a única das regiões Norte e Nordeste a fazer parte do ranking mundial.

Além de fazer parte dos três rankings da Times Higher Education, a Universidade de Fortaleza passou a figurar em 2019 também no prestigiado QS World University Rankings, que, desde 2004, avalia o desempenho de instituições de ensino superior do mundo inteiro. A Unifor foi incluída em 2019 nos rankings da América Latina e dos Brics (bloco formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) pela sua excelência no ensino e na pesquisa.