angle-left Mestrado Profissional em Odontologia: inscrições prorrogadas até 5 de junho

Ter, 24 Março 2020 16:21

Mestrado Profissional em Odontologia: inscrições prorrogadas até 5 de junho

Ao todo, são ofertadas 20 vagas destinadas à área de concentração Clínica Odontológica, divididas em três linhas de pesquisa.


Os alunos executam procedimentos clínicos inovadores, com novos materiais e novas tecnologias. (Foto: Ares Soares / Universidade de Fortaleza)
Os alunos executam procedimentos clínicos inovadores, com novos materiais e novas tecnologias. (Foto: Ares Soares / Universidade de Fortaleza)

As inscrições para o Mestrado Profissional em Odontologia da Universidade de Fortaleza estão prorrogadas até o dia 5 de junho. Ao todo, são ofertadas 20 vagas destinadas à área de concentração Clínica Odontológica, divididas em três linhas de pesquisa que fundamentam as estratégias de estudo do curso. São elas: Epidemiologia e Políticas Públicas de Saúde; Propriedades Biomecânicas, Físico-químicas e Biocompatibilidade dos Materiais Odontológicos; e Estudos Clínicos em Odontologia. 

Em virtude das ações preventivas relacionadas à pandemia do novo coronavírus, as inscrições serão feitas exclusivamente via e-mail mpo@unifor.br. O valor da taxa de inscrição é de R$ 132,00. O processo seletivo contemplará três etapas: análise do projeto de pesquisa (eliminatória), entrevista (classificatória) e análise do currículo (classificatória). 

Diferenciais

O Mestrado Profissional se diferencia do acadêmico por possuir atividade clínica, a partir da qual os alunos executam procedimentos clínicos inovadores, com novos materiais e novas tecnologias; além de desenvolverem produtos técnicos, como a criação de aplicativos e materiais didáticos em mídia, a exemplo de vídeos com orientações para casos de urgência. 

O professor Eduardo Diogo Gurgel Filho, coordenador do Mestrado Profissional em Odontologia da Universidade de Fortaleza, destaca que o programa estimula o desenvolvimento de habilidades diversas

“O aluno que almeja ser docente, pode fazer o mestrado e vai ter a formação para a docência. Se o aluno quiser uma atualização clínica sobre novos materiais e novas tecnologias, e não necessariamente ser docente, mas atuar em consultório ou clínica, ele vai ter essa formação. Se o aluno é do serviço público, trabalha em posto de saúde e deseja fazer um estudo sobre políticas públicas para melhorar a atuação dele na equipe de saúde na qual trabalha, o programa de mestrado também capacita esse aluno em relação ao seu dia a dia dentro da prática pública”, reforça Eduardo Diogo.

Serviço

Seleção para o Mestrado Profissional em Odontologia

Inscrições: até 5 de junho de 2020
Mais informações: mpo@unifor.br

News Navigation Portlet está temporariamente indisponível.