angle-left Coronavírus: saiba como ocorre a transmissão e como se proteger da doença

Seg, 2 Março 2020 18:02

Coronavírus: saiba como ocorre a transmissão e como se proteger da doença

Evento na Unifor, ministrado por Antonio Lima Silva, vai abordar os aspectos globais e regionais do coronavírus


As discussões a respeito do coronavírus têm tomado as redes sociais, os impactos da doença também vêm gerando dúvidas e preocupação sobre suas formas de prevenção e transmissão.

Diante desse cenário de busca por informação qualificada, a Universidade de Fortaleza realiza nesta terça-feira (03), às 16h, no auditório A1, a palestra "Epidemiologia do coronavírus: aspectos globais e regionais". O evento - voltado para alunos e professores da Universidade - será ministrado por Antonio Lima Silva Neto, médico, pesquisador e professor da Unifor.

Antonio Lima Silva, mais conhecido do público como "Tanta", é especialista em Medicina Preventiva e Social pela Escola Nacional de Saúde Pública/Fiocruz, no Rio de Janeiro, mestre em Epidemiologia Ambiental e Políticas pela London School of Hygiene and Tropical Medicine, da Universidade de Londres, e doutor em Saúde Coletiva pela Universidade Estadual do Ceará (UECE).

Professor Antonio Lima Silva, o "Tanta" (Foto: Ares Soares)

Transmissão do coronavírus

Segundo o Ministério da Saúde, as investigações sobre as formas de transmissão do coronavírus ainda estão em andamento. O que o órgão garante é que a disseminação de pessoa para pessoa, ou seja, a contaminação por gotículas respiratórias ou contato, está ocorrendo.

Ainda de acordo com o Ministério, qualquer pessoa que tenha contato próximo (cerca de 1m) com alguém com sintomas respiratórios está em risco de ser exposta à infecção. Apesar disso, a transmissão dos coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como:

  • Gotículas de saliva;
  • Espirro;
  • Tosse;
  • Catarro;
  • Contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão;
  • Contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

Sintomas do coronavírus

Os sinais e sintomas do coronavírus são parecidos com um resfriado, mas também podem causar infecção do trato respiratório inferior, como as pneumonias. Os principais
sintomas conhecidos até o momento:

  • Febre;
  • Tosse;
  • Dificuldade para respirar.

Diagnóstico do coronavírus

O diagnóstico do coronavírus é feito com a coleta de materiais respiratórios, é necessária a coleta de duas amostras na suspeita do coronavírus.

As duas amostras são encaminhadas com urgência para o Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen). Uma das amostras deve ser enviada ao Centro Nacional de Influenza (NIC) e outra amostra para análise de metagenômica.

Para confirmar a doença é necessário realizar exames de biologia molecular que detecte o RNA viral.

Como se prevenir do coronavírus

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para diminuir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias - incluindo o coronavírus. Algumas medidas:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização. Se não houver água e sabonete, usar um
  • desinfetante para as mãos à base de álcool.
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes.
  • Ficar em casa quando estiver doente.
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com freqüência.

Serviço

Palestra "Epidemiologia do coronavírus: aspectos globais e regionais"
Data: 03/03/2020
Horário: 16h
Local: Auditória A1
Palestrante: Prof. Antonio Lima Silva, o "Tanta"