angle-left Luta Antimanicomial é tema de simpósio interdisciplinar da Unifor

Luta Antimanicomial é tema de simpósio interdisciplinar da Unifor

O Hospital de Saúde Mental Professor Frota Pinto, que compõe a estrutura organizacional da Secretaria de Saúde do Estado, é referência para o atendimento em Psiquiatria no Estado do Ceará (Foto: Divulgação)
O Hospital de Saúde Mental Professor Frota Pinto, que compõe a estrutura organizacional da Secretaria de Saúde do Estado, é referência para o atendimento em Psiquiatria no Estado do Ceará (Foto: Divulgação)

O Centro de Ciências da Saúde da Unifor promove, durante o mês de maio, o Simpósio Interdisciplinar "Luta Antimanicomial: Siga Vivendo essa História". 

A programação, que acontece de 6 a 17 de maio, contempla mesas-redondas, palestras, apresentações culturais, exposições artísticas e passeios terapêuticos com usuários dos serviços de saúde dos Centros de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (CAPS AD) e do Hospital de Saúde Mental Professor Frota Pinto (Hospital de Saúde Mental de Messejana).

Alunos, professores e profissionais da saúde poderão se inscrever para a programação acadêmica pelo link ao final da página. A participação é gratuita e os participantes receberão certificado válido como atividade complementar.

Saiba mais

O Movimento da Luta Antimanicomial se caracteriza pela luta pelos direitos das pessoas com sofrimento mental. Dentro desta luta está o combate à ideia de que se deve isolar a pessoa com sofrimento mental em nome de pretensos tratamentos, noção baseada apenas nos preconceitos que cercam a doença mental. 

O Movimento da Luta antimanicomial faz lembrar que, como todo cidadão, estas pessoas têm o direito fundamental à liberdade, o direito a viver em sociedade, além do direto a receber cuidado e tratamento sem que para isto tenham que abrir mão de seu lugar de cidadãos.

O Movimento da Reforma Psiquiátrica se iniciou no final da década de 70, em pleno processo de redemocratização do país, e em 1987 teve dois marcos importantes para a escolha do dia 18 de maio que simboliza essa luta, com o Encontro dos Trabalhadores da Saúde Mental, em Bauru/SP, e a I Conferência Nacional de Saúde Mental, em Brasília.

Com o lema “por uma sociedade sem manicômios”, diferentes categorias profissionais, associações de usuários e familiares, instituições acadêmicas, representações políticas e outros segmentos da sociedade questionam o modelo clássico de assistência centrado em internações em hospitais psiquiátricos, denunciam as graves violações aos direitos das pessoas com transtornos mentais e propõe a reorganização do modelo de atenção em saúde mental no Brasil a partir de serviços abertos, comunitários e territorializados, buscando a garantia da cidadania de usuários e familiares, historicamente discriminados e excluídos da sociedade.

Assim como o processo do Movimento da Reforma Sanitária, que resultou na garantia constitucional da saúde como direito de todos e dever do estado através da criação do Sistema Único de Saúde, o Movimento da Reforma Psiquiátrica resultou na aprovação da Lei 10.216/2001, nomeada “Lei Paulo Delgado”, que trata da proteção dos direitos das pessoas com transtornos mentais e redireciona o modelo de assistência. 

Programação acadêmica

06/05/19 (segunda-feira)

8h-9h - Abertura com Batuqueiros da Liberdade (Grupo de Percussão dos usuários do serviço CAPS AD SER VI em cortejo para o bloco Z) 
Facilitadores: Davi Weyne (farmacêutico CAPS AD SER VI) e Luma Borges (psicóloga com atuação no CAPS AD SER VI)
Concentração: Área verde do DCE

9h30-11h - Mesa-redonda Para onde vai a Reforma Psiquiátrica? Avanços ou Retrocessos nas Políticas Públicas de Saúde Mental? 
Participantes: Prof. Magno Cezar Teófilo (Psicologia-Unifor), Prof. Clayton Aguiar (psiquiatra/Medicina-Unifor) 
Mediadora: Profa. Juçara Mapurunga (psicanalista/Psicologia-Unifor)
Local: Auditório Bloco Z

13h30-15h - Mesa-redonda A Rede de Cuidados na Saúde Mental: desafios para Reforma Psiquiátrica
Participantes: Maximiliano Ponte (pesquisador/Fiocruz-CE e psiquiatra)
Alex Alencar (enfermeiro, mestre em Enfermagem, Residência em Saúde Mental Coletiva e membro do Fórum Cearense da Luta Antimanicomial)
Mediadoras: Profa. Janara Pinheiro (Psicologia-Unifor) e Profa. Fábia Lobo (Farmácia-Unifor)
Local: Auditório Bloco Z

19h-19h30 - Abertura Oficial
Participantes: Lisiane Cysne de Medeiros Vasconcelos e Rego (Secretaria Executiva de Saúde Mental do Estado do Ceará), Harrismana de Andrade Pinto (coordenadora da Saúde Mental do Município de Fortaleza), Lia Maria Brasil de Souza Barroso (diretora do Centro de Ciências da Saúde – CCS/UNIFOR)
Local: Auditório Bloco H

19h30-20h30 - Conferência Vicissitudes e desafios atuais da Atenção Psicossocial no Brasil
Palestrante: Profa. Magda Dimenstein (professora Titular/UFRN, pós-doutora e doutora em Saúde Mental/UFRJ, pós-doutora em Saúde Coletiva/UFC, mestre em Psicologia Clínica/PUC-RJ, graduada em Psicologia/UFPE. Bolsista PQ1A/CNPq. Membro do GT/ANPEPP Políticas de subjetivação e invenção do cotidiano
Mediadora: Profa. Anna Karynne Melo (PPG Saúde Coletiva/Psicologia-Unifor)
Local: Auditório Bloco H

Exposição das produções artísticas dos usuários dos serviços do Hospital de Saúde Mental Professor Frota Pinto e do CAPS AD SER VI
Responsáveis: Profa. Janara Pinheiro (Psicologia-Unifor), Profa. Francirene de Sousa Paula (Psicologia-Unifor) e estagiários da Prática Integrativa V da Psicologia-Unifor
Local: Hall dos Blocos da Unifor

07/05/19 (terça-feira)

13h30-15h - Mesa-redonda Construções psíquicas a partir de um fazer artístico 
Participantes: Adriana Osterno Aguiar (psicanalista, membro da Escola Letra Freudiana, psicanalista palavradora do Ateliê Casa de Palavra, atuação no CAPS Geral), Profa. Sabrina Matos (Psicologia-Unifor), Sandra Coelho (terapeuta ocupacional, psicomotricista, coordenadora do Serviço de TO do Hospital de Saúde Mental Professor Frota Pinto, gestora do Hospital Dia Elo de Vida) 
Mediadora: Profa. Ana Almeida  (Assessoria Pedagógica CCS-Unifor)
Local: Auditório Biblioteca Central

15h30-17h - Atividade Grupo Uniartis PTA/CCS
Responsáveis: Profa. Larissa Brito (Psicologia-Unifor), Profa. Letícia Bessa (Psicologia-Unifor), Profa. Iris Bonfim (Psicologia-Unifor) e estagiários da Ênfase em Processos Educativos e Sociais da Psicologia-Unifor
Local: Hall dos blocos da Unifor

15h30-17h - Mesa-redonda Direitos Humanos, Laço Social e Drogas
Participantes: Ana Virgínia Porto (presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB-CE, advogada), Flaviano Santos (concludente de Psicologia-Unifor)
Mediadora: Profa. Larissa Brito (Psicologia-Unifor)
Local: Auditório A-4

17h-19h - Mesa-redonda Práticas de Cuidado com Redução de Danos na RAPS: uma perspectiva ética
Participantes: Rafael Baquit (psiquiatra, coordenador do Coletivo Balance Redução de Riscos e Danos), Davi Weyne (Farmacêutico CAPS AD SER VI, Especialização em Saúde Mental e Políticas Públicas), Profa. Lucélia Farias (Enfermagem-Unifor)
Mediador: Prof. Elton Gurgel (Psicologia-Unifor)
Local: Auditório A-4 

14/05/19 (terça-feira)

17h20-19h - Mesa-redonda Práticas Integrativas na Saúde Mental: resgatando a vida
Participantes: Airton Barreto (advogado e terapeuta comunitário), Wagner Gonsalves (psicólogo e terapeuta comunitário), Miriam Barreto (psicóloga e terapeuta comunitária)
Mediadora: Profa. Cecylia Limaverde (Enfermagem-Unifor)
Local: Auditório Bloco H

16/05/19 (quinta-feira)

9h30-11h - Mesa-redonda Gestão na Política Pública da Saúde Mental no Estado do Ceará
Participantes: André Tavares (psiquiatra/SESA – Secretaria da Saúde do Estado do Ceará), Harrismana de Andrade Pinto (coordenadora da Saúde Mental do Município de Fortaleza)
Mediador: Prof. Adriano Rodrigues (Enfermagem-Unifor)
Local: Auditório Bloco H

17/05/19 (sexta-feira)

8h-9h30 - Mesa-redonda Políticas de Saúde Pública, Redes de Cuidado e envolvimento ético-político-social com a Saúde Mental 
Participantes: Prof. Paulo Félix (Farmácia-Unifor), Carla Lima (psicóloga clínica, atuação no Hospital de Saúde Mental Professor Frota Pinto, membro fundadora do Coletivo RetirAntes – Psicologia Movimentos e Política) 
Mediadora: Profa. Monique Andrade (Psicologia-Unifor)
Local: Auditório Bloco Z

10h-11h30 - Mesa-redonda A diferença psicótica e a questão diagnóstica com o processo de Reforma Psiquiátrica
Participantes: Prof. Adriano Rodrigues (Enfermagem-Unifor), Ronald de Paula (psicanalista, Mestre em Psicologia/UFC, atuação no Hospital de Saúde Mental Professor Frota Pinto)
Mediador: Prof. Lucas Bloc (Psicologia-Unifor)
Local: Auditório Bloco Z

15h30-17h - Mesa-redonda Impasses para Saúde Mental na Saúde Coletiva
Participantes: Profa. Anna Karynne Melo (PPG Saúde Coletiva/Psicologia-Unifor), Profa. Luiza Freitas (Psicologia-Unifor)
Mediadoras: Profa. Armênia Uchôa (Nutrição-Unifor) e Profa. Cristhina Brasil (Fisioterapia-Unifor)
Local: Auditório Bloco H

17h-18h - Encerramento: Apresentação Artística com Rodrigo Gualter (Integrante do Bloco “Doido é tu”)
Participantes: Profa. Cristhina Brasil (Fisioterapia-Unifor, conselheira municipal de Saúde- Suplente/Segmento dos Gestores e Coordenadora da Comissão de Orçamento e Finanças – COFIN/CMSF), Eliza Gunther (Representante do Bloco “Doido é tu”)
Mediadora: Profa. Janara Pinheiro (Psicologia-Unifor)
Local: Auditório Bloco H

Passeios Terapêuticos

07/05/19 (terça-feira)

13h30-15h - Espaço Cultural Unifor
Passeio Terapêutico para usuários do serviço Elo de Vida - Hospital Dia do Hospital de Saúde Mental Professor Frota Pinto
Responsáveis: Profa. Janara Pinheiro (Psicologia-Unifor), Sandra Coelho (coordenadora do Serviço de Terapia Ocupacional do Hospital de Saúde Mental) e Professor Frota Pinto

15h30-17h - Sessão de cinema na Videoteca
Passeio Terapêutico para usuários do serviço Elo de Vida - Hospital Dia do Hospital de Saúde Mental Professor Frota Pinto
Responsáveis: Profa. Janara Pinheiro (Psicologia-Unifor), Sandra Coelho (coordenadora do Serviço de Terapia Ocupacional do Hospital de Saúde Mental) e Professor Frota Pinto

08/05/19 (quarta-feira)

9h30-11h - Caminhada Ecológica no Campus
Passeio Terapêutico para usuários do serviço Lugar de Vida - Hospital Dia do Hospital de Saúde Mental Professor Frota Pinto
Facilitadora: Profa. Terezinha Elias e estagiários da Ênfase em Processos Educativos e Sociais da Psicologia-Unifor

15/05/19 (quarta-feira)

9h30-11h - Caminhada Ecológica no Campus
Passeio Terapêutico para usuários do serviço do CAPS AD SER VI
Facilitadora: Profa. Terezinha Elias e estagiários da Ênfase em Processos Educativos e Sociais da Psicologia-Unifor

Mais informações: 3477.3197