angle-left Secult-CE seleciona TCC de aluna da Unifor para publicação

Ter, 26 Março 2019 14:06

Secult-CE seleciona TCC de aluna da Unifor para publicação

Maria Vitória de Lima, egressa de Jornalismo, teve seu livro de fotorreportagem sobre a Fundação Casagrande escolhido pelo Edital Mecenas


O livro de fotorreportagem intitulado A Casa Azul, com 100 páginas, retrata em imagens e textos a realidade do projeto Fundação Casa Grande. Foto: Maria Vitória de Lima.
O livro de fotorreportagem intitulado A Casa Azul, com 100 páginas, retrata em imagens e textos a realidade do projeto Fundação Casa Grande. Foto: Maria Vitória de Lima.

O Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) é conhecido por deixar os nervos à flor da pele de muitos alunos do Ensino Superior. Mas, ao ser concluído com êxito, fica o sentimento de alívio e alegria. 

Esse é o caso de Maria Vitória de Lima Batista, formada em Jornalismo pela Universidade de Fortaleza no semestre 2017.2, que teve seu seu TCC (livro de fotorreportagem) aprovado no XI Edital Mecenas da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult-CE).

O Edital regulamenta o processo de inscrição e seleção pública de projetos culturais que visem a captação de recursos através do Mecenato Estadual, um mecanismo de fomento que conjuga recursos do poder público estadual e de particulares, por meio de renúncia fiscal e é destinado exclusivamente a conceder autorização para a captação de recursos a projetos apresentados.

O resultado disso também reflete no trabalho do professor orientador da aluna, Alejandro Sepúlveda. “Ver o TCC de um estudante ser reconhecido é a realização e evolução para qualquer docente que atua como orientador. E o caso da Vitória, que, com dedicação e sensibilidade elaborou um belo livro reportagem sobre o projeto Casa Grande foi e é um exemplo para os seus colegas. Isso só mostra o quanto é preciso acreditar num trabalho sério, comprometido e apaixonado para que os frutos sejam colhidos no futuro. Certamente, esse capítulo será mais um estímulo para ela investir em outros desafios”, destacou professor Alejandro.

A Casa Azul

O livro de fotorreportagem intitulado A Casa Azul, com 100 páginas, retrata em imagens e textos a realidade do projeto Fundação Casa Grande. O primeiro lançamento tem previsão para acontecer em dezembro deste ano ou em janeiro de 2020. “Quando o ensaio fotográfico foi aprovado no Edital da Secult-CE fiquei honrada e emocionada por ter meu projeto vinculado à cultura do meu  Estado. Agora é buscar patrocínio para apoiar os lançamentos do livro em Nova Olinda e Fortaleza”, disse Vitória. 

De acordo com a autora, os exemplares impressos serão distribuídos em Bibliotecas Públicas Estaduais, na Fundação Casa Grande e na Biblioteca Nacional. Segundo Vitória “a forma de agradecer esse prêmio recebido será em ver minha obra de arte em vários locais. Saber que o meu TCC será eternizado em um livro é uma emoção que não tem explicação”, concluiu Vitória. 

“Para se contar uma história, mergulhar é preciso, mas ouvir é um exercício de absorção e peça fundamental para percepção do mundo que iremos resgatar, seja através das palavras, da fala, ou até mesmo de gestos. Algumas histórias só começam a ganhar formas quando são contadas, outras transcendem o tempo e gerações. Mas uma coisa é certa, uma história só nasce no encontro daquele que conta aquele que escuta, este que logo assumirá o papel do que conta, pois encontrará outro que o ouvirá” - Trecho de A Casa Azul.

Fundação Casa Grande

A Fundação Casa Grande foi fundada em 1992, na cidade de Nova Olinda por seu idealizador o senhor Alemberg Quindins. É uma instituição não governamental, cultural e filantrópica, tem como missão a formação educacional de crianças e jovens protagonistas em gestão cultural por meio de seus programas: Memória, Comunicação, Artes e Turismo. Estes programas desenvolvem atividades de complementação escolar através de laboratórios de conteúdos e produção. O propósito é a formação interdisciplinar das crianças e jovens que fazem parte da fundação. Hoje a Fundação é ponto de parada obrigatória para quem visita Nova Olinda. E tornou-se referência em educação proporcionando aos envolvidos no projeto fazer parte de um mundo onde a cultura, a cidadania e o aprendizado contínuo desde o berço convivem prazerosamente.