Núcleo de Biologia Experimental NUBEX

Uma pesquisadora faz um teste enquanto outra escreve na mesa.

 

O Núcleo de Biologia Experimental (Nubex) possibilita aos alunos e professores de graduação e pós da Unifor a realização de projetos de pesquisas, desenvolvimento e de inovação nas áreas das Ciências da Saúde e Biológicas, numa perspectiva multidisciplinar. O objetivo é produzir novos conhecimentos que respondam aos desafios científicos, biotecnológicos e sociais do país.

Inaugurado em 2013, o Nubex realiza também atividades de treinamento em técnicas cirúrgicas minimamente invasivas e formação de bioteristas, além de ensaios não clínicos de novas substâncias com ação terapêutica. Configura-se espaço importante para a prática acadêmica e o desenvolvimento de pesquisas avançadas.

O Núcleo atua como unidade de suporte aos Programas de Mestrados em Ciências Médicas e Odontologia e ao Doutorado em Biotecnologia da Rede Nordeste de Biotecnologia, além de programas de pós-graduação de ICTs parceiras.

O Nubex também estreita a relação da Unifor com o setor produtivo, empresas e organizações públicas e sociais, permitindo o desenvolvimento de projetos em diferentes áreas do conhecimento. Além disso, o Nubex promove parceria com empresas com vistas ao desenvolvimento de novos produtos, como o projeto para o desenvolvimento de alimentação enteral aprovado no Edital nº 05/2016 FUNCAP-INOVAFIT 2016, FASE II, parceria com a empresa Nuteral e o projeto que visa produzir uma vacina contra o vírus da mancha branca em camarões, aprovado no Edital FUNDECI 01/2017/BNB, em parceria com a empresa Sabores da Costa Alimentos.

O Núcleo está vinculado à Diretoria de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (DPDI).

Estrutura de ponta e parcerias nacionais e internacionais

Um bloco inteiro da Universidade é dedicado ao Núcleo, que abriga em três pisos cerca de 950 m² cada um, laboratórios, centros cirúrgicos, salas de apoio, maquinário, áreas de descarte sólido a ser incinerado, bem como uma estação subterrânea de tratamento de fluidos, tudo sob uma infraestrutura de excelência. Além do bloco exclusivo do Nubex, algumas unidades funcionam em outros blocos, a Unidade de Biologia Estrutural, no bloco F, e a de Bioagentes Patogêncios, no NAMI.

No Nubex são desenvolvidas pesquisas em parcerias com instituições nacionais e do exterior. Atualmente, encontram-se em andamento vários projetos com colaboração de instituições do país e do exterior, entre elas USP, Embrapa, Fiocruz, UFC, UFPI, UFPE, UECE, UFMA, Universidade de Toronto, University College London, Universidade de Utah, Universidad de Concepción, Universidade do Texas e Instituto de Roslin-Escócia.

 

 

O Núcleo de Biologia Experimental está estruturado em seis setores científicos: biotério de produção, experimentação, cirurgia experimental, bioagentes patogênicos, biologia estrutural e biologia molecular e do desenvolvimento. Saiba mais sobre cada um deles:
 

O Biotério de Produção apresenta uma área destinada à produção de animais de pequeno porte, ratos e camundongos de diferentes linhagens. Todos os animais são produzidos e mantidos em racks com microisoladores que asseguram o padrão sanitário SPF (em inglês, Specific Pathogen Free). A estrutura, equipamentos e métodos operacionais mantêm as barreiras sanitárias necessárias para a produção de reagentes biológicos de alta qualidade.

O Biotério de Experimentação integra pesquisadores de diversas instituições e diferentes setores de da Unifor. Oferece condições para realização de ensaios in vivo e in vitro, além de análises de imagens (em inglês, InCell Analyzer). No biotério de experimentação, são realizados ensaios farmacológicos, toxicológicos e bioquímicos de moléculas naturais e sintéticas com potencial terapêutico.

A Unidade de Biologia Estrutural visa a caracterização bioquímica, estrutural e biológica de proteínas e carboidratos vegetais, avaliando as suas aplicações biotecnológicas nas áreas de alimentos e farmacêutica, além de realizar análise proteômica baseada em espectrometria de massas visando a prospecção de biomarcadores de doenças e a elucidação de mecanismos fisiológicos e patológicos de doenças, com ênfase no câncer.

A unidade de Cirurgia Experimental possui centro de treinamento com recursos e tecnologia de última geração na área de cirurgia laparoscópica para profissionais de saúde, em parceria com entidades da classe médica, a indústria de materiais e equipamentos médico-hospitalares. Essa unidade é centro para treinamento em técnicas cirúrgicas mimimamente invasivas. Os treinamentos podem ser transmitidos em tempo real pela Internet.

 

A unidade de Bioagentes Patogênicos desenvolve pesquisa em ciências biomédicas com foco na virologia. No laboratório são desenvolvidos e aplicados métodos de diagnóstico molecular e sorológico para os vírus HIV, dengue e outras arboviroses.

A unidade de Biologia Molecular e do Desenvolvimento (LBMD) visa produzir proteínas recombinantes em organismos geneticamente modificados (animais transgênicos) expressando proteínas na glândula mamária. Também são realizadas pesquisas em engenharia de proteínas (em inglês, biobetters). Fazem parte da estrutura do LBMD uma unidade animal com caprinos transgênicos, um laboratório de biologia molecular capacitado para o trabalho com DNA recombinante e edição gênica e um laboratório de embriologia para a produção in vitro de embriões.

Informações para contato

Núcleo de Biologia Experimental (Nubex)

  • Fone de contato: (85) 3477-3821
  • Endereço de contato: Av. Dr. Valmir Pontes, 300