angle-left Bolsa de Pós-Graduação Yolanda Queiroz: celebração ao mérito

Seg, 20 Janeiro 2020 10:06

Bolsa de Pós-Graduação Yolanda Queiroz: celebração ao mérito

A iniciativa funciona como um incentivo ao crescimento e um reconhecimento pelo desempenho acadêmico dos estudantes da Universidade de Fortaleza.


Os vencedores contemplados com a oportunidade de estudo gratuito foram: Elias Régis Candea Florêncio, Larissa Querem Tavares, Luan Matias, Artur Gomes Barreto e Yarlla Guerra Saldanha. (Foto: Ares Soares)
Os vencedores contemplados com a oportunidade de estudo gratuito foram: Elias Régis Candea Florêncio, Larissa Querem Tavares, Luan Matias, Artur Gomes Barreto e Yarlla Guerra Saldanha. (Foto: Ares Soares)

Realizar sonhos através dos estudos e do conhecimento é uma missão da Universidade de Fortaleza. E a concretização desse sonho ficou mais próxima para cinco estudantes recém-formados que receberam a Bolsa de Pós-Graduação Yolanda Queiroz durante a cerimônia de Colação de Grau 2019.2. A iniciativa funciona como um incentivo ao crescimento e um reconhecimento pelo melhor desempenho acadêmico dos estudantes de cada Centro de Ciências da Unifor. 

Os vencedores contemplados com a oportunidade de estudo gratuito foram: Elias Régis Candea Florêncio (Centro de Ciências da Saúde), Larissa Querem Tavares Mendonça (Centro de Ciências Jurídicas), Luan Matias Rocha (Centro de Ciências da Comunicação e Gestão), Artur Gomes Barreto (Centro de Ciências Tecnológicas) e Yarlla Guerra Saldanha (Cursos Superiores de Tecnologia).

“A intenção da bolsa é reconhecer o valor que o aluno tem em se dedicar às atividades dentro da Universidade. E para consegui-la, vai além da boa nota. Normalmente, o aluno participou de projetos de monitoria, iniciação científica, ligas de extensão e atividades culturais. O engajamento abrangente durante a graduação é o maior diferencial”, destaca o professor Henrique Sá, vice-reitor de Ensino de Graduação. 

Ele reforça que a iniciativa representa a celebração do mérito, qualidade e esforço acadêmico do estudante, combinado ao trabalho docente. “O ganhador é uma pessoa que representa a qualidade da Universidade como um todo”, afirma o vice-reitor de Ensino de Graduação. 

Quais os critérios para receber a bolsa? 

  • Durante o curso, o aluno não pode ter uma ou mais reprovações nas disciplinas cursadas na Unifor;
  • Não pode ter, em seu Histórico Escolar, créditos consignados (cursados em outra instituição) superior a 30% dos créditos exigidos para a conclusão do curso;
  • Em caso de empate, são adotados os seguintes critérios em ordem de prioridade: 
  • Ter ingressado na Universidade de Fortaleza por vestibular; 
  • Ter ingressado na Universidade por vestibular, em data mais recente; 
  • Persistindo o empate será contemplado o concludente que tiver maior média aritmética nos dois últimos semestres. 
“Fechamento com chave de ouro”

Artur Barreto, vencedor da Bolsa Yolanda Queiroz pelo melhor desempenho acadêmico no Centro de Ciências Tecnológicas, relata a experiência. “Para mim, ganhar a bolsa de estudos foi um fechamento com chave de ouro para meu período na Unifor. Durante minha graduação, aproveitei ao máximo o que a Universidade de Fortaleza tinha a oferecer.” 

Ele demonstra sentimento de gratidão. “Sou muito grato a essa instituição por me proporcionar tantas atividades extracurriculares. Sem dúvidas, toda a minha trajetória dentro da Universidade foi importante para minha formação como engenheiro e cidadão. Todos os frutos futuros que eu colher serão graças a essa trajetória que a Unifor me proporcionou.”

“Emoção indescritível”

O concludente de Psicologia, Elias Régis Florêncio, comenta sobre a emoção e a surpresa ao receber a bolsa de estudos, e agradece a todos que fizeram parte de sua trajetória. “Receber a bolsa foi uma grande honra. Quando ouvi meu nome, foi uma emoção indescritível. Uma mistura de dever cumprido com gratidão a todos que fizeram parte dessa árdua caminhada, sejam esses meus familiares, meus colegas e meus professores”.

E ressalta que a bolsa foi um incentivo a mais para continuar na vida acadêmica. “Já imaginava que faria pós-graduação, pois tenho interesse em continuar minha formação. E pensava em fazer mestrado em uma das duas áreas que tenho maior interesse, que são: Psicanálise e Psicopatologia do Trabalho”.

“Equilíbrio entre mercado e academia”

Para o vencedor do CCG, Luan Matias Rocha, que concluiu Administração, o corpo docente qualificado e a grade curricular eficaz o ajudou muito na conquista da bolsa de estudos. “Agradeço ao corpo docente e às coordenações do Curso de Administração e do Centro de Comunicação e Gestão por montarem uma grade curricular tão completa, repleta de experiências que refletiam o propósito de equilibrar a academia com o mercado de trabalho, a fim de bem preparar o aluno para ser um gestor competente, técnico e ético”.

E completa que tem duas preferências em cursos. “Estou muito ansioso para enveredar nos caminhos da pós-graduação. Ainda estou decidindo entre Gestão Empresarial e Gestão de Serviços e Relacionamentos com Cliente”.

“É o significado de superação”

Larissa Querem Tavares, concludente do curso de Direito, conta que se esforçou para conseguir a Bolsa desde o início da graduação. “Eu soube sobre a existência da Bolsa Yolanda Queiroz no segundo semestre. Com isso, lutei ainda com mais afinco para consegui-la, pois meu sonho é ser docente da área jurídica. Uma bolsa dessas abriria a porta do Mestrado em Direito Constitucional, que é o meu sonho. Quando descobri que ganhei a bolsa eu quase desmaiei de felicidade. Para mim significa superação. Estou muito feliz e já vou começar a estudar para seleção do próximo mestrado acadêmico”.

“Um dia serei professora da Universidade de Fortaleza”

Yarlla Guerra Saldanha, que se formou em Estética e Cosmética, relata como foi a sensação no momento da revelação da conquista. “Após tomar conhecimento sobre a Bolsa Yolanda Queiroz achei bem difícil de ganhar. Porém, um dia antes da colação de grau, recebi a notícia que eu tinha que sentar com minha madrinha na primeira fila para receber o mérito acadêmico e que a bolsa só iria ser revelada aos ganhadores no momento da colocação. Já fiquei muito feliz. Fiquei lá, esperando, estava bem nervosa. Quando falaram meu nome, fiquei sem acreditar. A sensação é única. Fiquei muita emocionada. Sou grata à Unifor. Sigo firme na decisão de fazer o Mestrado. Um dia irei ser professora da Universidade de Fortaleza”.