angle-left Curso de Psicologia investe em projetos virtuais durante o isolamento

Sex, 22 Maio 2020 17:53

Curso de Psicologia investe em projetos virtuais durante o isolamento

As ações objetivam promover a saúde mental a diversos públicos em tempos de pandemia.


Os encontros virtuais acontecem uma vez por semana e são facilitados por alunos e alunas do curso de Psicologia da Unifor, pertencentes às disciplinas de estágio I, II e III e mediados pelos professores do curso.
Os encontros virtuais acontecem uma vez por semana e são facilitados por alunos e alunas do curso de Psicologia da Unifor, pertencentes às disciplinas de estágio I, II e III e mediados pelos professores do curso.

O curso de Psicologia da Universidade de Fortaleza, da Fundação Edson Queiroz, tem realizado ações virtuais voltadas para o período de isolamento social, ocasionado pelo combate ao novo coronavírus. As ações são realizadas com professores e estagiários do curso.

A coordenadora e professora Anna Karynne Melo explica que o curso é dividido em disciplinas teóricas, teórico-práticas e disciplinas do estágio, dividido nas modalidades básico e de ênfase. “No estágio de ênfase, temos ações ligadas às disciplinas de gestão e saúde do trabalhador, processos educativos e sociais, processos clínicos e intervenção em saúde.

“As disciplinas de estágio de ênfase estão realizando diversas atividades com os alunos. As ações são organizadas pelos professores das respectivas disciplinas, pelos professores supervisores e pelo professor responsável pela gestão do grupo. Isso é muito importante e produtivo porque são professores, gestão e alunos trabalhando juntos”, ressalta a professora Anna Karynne.

Na ênfase de gestão e saúde do trabalhador, existem diversos grupos virtuais de apoio à saúde mental do trabalhador. Dentre as ações desenvolvidas está o projeto denominado Grupo de Apoio à Saúde Mental dos professores em tempos de Covid-19, fruto de parceria entre a Universidade de Fortaleza e a Secretaria Municipal de Educação (SME). 

Coordenado pelas professoras Noália Araújo e Rosemary Cavalcante, a ação busca oferecer apoio psicológico para os profissionais da rede pública de educação de Fortaleza. “O projeto já acontecia presencialmente, mas o adaptamos para grupos online devido ao cenário atual. Objetivamos promover um espaço de escuta psicológica qualificada, promovendo saúde mental para os professores. Em cada encontro, eles podem trazer suas vivências e trocas, permitindo que nosso grupo funcione como um suporte social e psicológico”, explica a professora Noália.

Os encontros virtuais acontecem uma vez por semana e são facilitados por alunos e alunas do curso de Psicologia da Unifor, pertencentes às disciplinas de estágio I, II e III e mediados pelos professores do curso. Aos interessados, as inscrições acontecem por meio do link disponível no site da Academia do Professor Darcy Ribeiro.

Já o projeto Psicoeducando pertence à disciplina de estágio com ênfase em processos educativos e sociais. Coordenado pela professora Daniela Furlani, o Psicoeducando disponibiliza de maneira didática informações psicoeducativas relacionadas à psicologia. As publicações são realizadas por meio de postagens e vídeos na plataforma IGVT, disponíveis no Instagram do projeto.

A equipe é composta pela professora coordenadora e os alunos pertencentes à disciplina de estágio. Daniela enfatiza que, além de produzir conteúdo para toda a comunidade, o projeto objetiva permitir que os alunos continuem exercendo suas atividades. “Como docente, procuro oferecer uma possibilidade remota, por meio da tecnologia, para os meus alunos continuarem exercitando suas habilidades inerentes à sua formação como psicólogos. Construímos essa ideia e eles realizam, virtualmente, intervenções dentro da psicologia”, complementa a professora Daniela Furlani.