angle-left Graduação em Farmácia alia Tecnologia e Inovação para se preparar para os desafios do mercado

Qui, 23 Agosto 2018 15:36

Graduação em Farmácia alia Tecnologia e Inovação para se preparar para os desafios do mercado

Bacharelado da Unifor comemora 20 anos de tradição formando profissionais preparados para os desafios do mercado.


Professora Caroline Mourão Melo, coordenadora do curso de Farmácia da Unifor (Foto: Ares Soares)
Professora Caroline Mourão Melo, coordenadora do curso de Farmácia da Unifor (Foto: Ares Soares)

A área de Farmácia é para quem deseja atuar no estudo sobre a composição de medicamentos, cosméticos e alimentos industrializados, além de orientar seu processo de fabricação. Assim, o curso de Farmácia da Unifor garante uma formação com perfil de competência para atuar nas mais diversas áreas.

Com duração de cinco anos, o bacharelado é 4 estrelas no Guia do Estudante e o 7º melhor do Norte e Nordeste entre as universidades particulares do país, segundo o Ranking Universitário da Folha de São Paulo (RUF). Em 2018, o curso comemora 20 anos investindo em excelente estrutura, salas de aula específicas e laboratórios com tecnologia de ponta.  

Confira a seguir entrevista com a professora Caroline Mourão Melo, coordenadora do curso da Unifor:

UNIFOR: Como está o mercado de trabalho para o profissional de Farmácia?

CAROLINE MOURÃO: O mercado de trabalho para os profissionais farmacêuticos representa um diferencial entre as profissões da área da Saúde, pois o mesmo apresenta uma diversidade de áreas de atuação, são mais de 100, distribuídas nos eixos de Cuidados em Saúde, Tecnologia e Inovação em Saúde e Gestão em Saúde.

No eixo de Cuidados em Saúde o profissional farmacêutico está bem próximo do indivíduo, família e comunidade sendo responsável por aconselhamentos ao doente, programas de rastreio, adesão ao tratamento, revisão e acompanhamento da farmacoterapia,  reconciliação terapêutica, informação e suporte a equipe de saúde, prescrição de medicamentos e realização de análises clínicas e toxicológicas. Contribuindo dessa forma para o uso racional de medicamentos e melhoria da qualidade de vida do paciente. Ressalta-se ainda a atuação do farmacêutico na realização de procedimentos estéticos.

Já o eixo de Tecnologia e Inovação em Saúde, capacita o profissional para produzir e desenvolver novos fármacos e/ou cosméticos. Importante ressaltar que em qualquer área que o farmacêutico atue ele assumirá um papel de gestor/líder de uma equipe, e assim, uma posição de destaque.

Diante do exposto, a profissão farmacêutica, a mais antiga da área da Saúde apresenta um cenário em expansão, em todos os seus eixos de atuação. Seja no desenvolvimento de produtos inovadores ou na prestação de serviços farmacêuticos para a comunidade através das consultas farmacêuticas, uma realidade em ascensão que traz benefícios concretos para a qualidade de vida do paciente.

UNIFOR: Quais são as áreas de atuação em que há mais contratações de recém-formados? E para quem já tem experiência? 

CAROLINE MOURÃO: O reconhecimento dos estudantes pelo mercado de trabalho se dá em todas as áreas de atuação, tanto a nível regional, quanto nacional e, além do reconhecimento pelo mercado de trabalho, alguns alunos optam por fazer residências multiprofissionais ou seguir carreira acadêmica, ocupando vagas em programas de pós-graduação em instituições de ensino públicas e privadas de todo o país.

O curso de Farmácia da Unifor, em especial, apresenta um ensino de excelência, infraestrutura de ponta, emprego de metodologias que dão significado ao conteúdo, preparando o aluno para o mercado de trabalho. Durante a graduação os estudantes têm oportunidade concreta de participar de pesquisas científicas, empresa júnior (Polifarma), programas de extensão (Liga de Farmácia Clínica, Liga de Cosméticos, Liga de Fitoterapia, Liga de Medicamentos, Liga de Farmácia Hospitalar  e o Programa de Extensão Tutorial - PET).

Vale destacar ainda o acordo firmado entre o Grupo Boticário e a Unifor em 2018.2 iniciarão testes pilotos para desenvolvimento de novos produtos, assim como desafiarão os alunos em atividades curriculares ao desenvolvimento de produtos inovadores).

UNIFOR: Onde estão as melhores oportunidades?

CAROLINE MOURÃO: Devido a diversidade de áreas de atuação, as oportunidades existem em todo o território nacional, tanto nas capitais, quanto nas regiões metropolitanas.

UNIFOR: Quais são as tendências e perspectivas futuras para essa profissão?

CAROLINE MOURÃO: “A Farmácia é uma profissão do futuro”. A declaração é do Presidente do Conselho Federal de Farmácia (CFF), Walter Jorge João, representante de 203 mil farmacêuticos brasileiros. Segundo ele, a profissão está passando por um momento de fortalecimento em todas as 135 atividades desenvolvidas pelo farmacêutico. Um dos diferenciais do profissional, segundo o presidente do Conselho, está na diversidade. O curso de Farmácia oferece uma vasta e diversa gama de possibilidades de atuação, que vai da produção do medicamento à assistência farmacêutica, passando pelas análises clínicas e toxicológicas e pela pesquisa e produção do alimento, afora outras áreas.

UNIFOR: Surgiram novas áreas de atuação?

CAROLINE MOURÃO: Atuar em todos os níveis de atenção à saúde; pesquisa, desenvolvimento, seleção, manipulação, produção, armazenamento e controle de qualidade de fármacos; avaliação toxicológica de medicamentos; gerenciamento de laboratórios de análises clínicas e toxicológicas; ou responsabilizando-se, tecnicamente, pela análise de alimentos. Essas são algumas das diversas atribuições que o profissional graduado em Farmácia pode exercer. As diretrizes curriculares do curso de Farmácia descrevem, além das habilidades gerais, 35 específicas do profissional. Dessa forma, além da drogaria, o farmacêutico pode trabalhar em hospitais, indústrias de alimentos, medicamentos e cosméticos, laboratório de análises clínicas.

UNIFOR: No caso do curso, há novidades no currículo? 

CAROLINE MOURÃO: O curso de Farmácia da Unifor, passou recentemente por uma reforma curricular e já está alinhado às Diretrizes Curriculares Nacionais publicadas em 2017 que preconiza a formação de profissional  através de um currículo por competência, ou seja além da preocupação da aquisição de habilidades cognitivas, o estudante também deverá desenvolver habilidades procedimentais e atitudinais, estando capacitado para o mercado de trabalho no momento de sua formação.

Vale destacar que o curso de Farmácia da Unifor é reconhecido pelo Conselho Federal de Farmácia e foi convidado para compartilhar suas experiências exitosas em evento nacional norteadores da implantação das novas diretrizes em todos os cursos de graduação do País.

O currículo do curso é trabalhado de maneira integrada, interdisciplinar, com o uso de metodologias ativas que dão mais significado aos conteúdos que são discutidos. Todos os módulos apresentam abordagem, teórico-prático, tendo o currículo aproximadamente 70% de Carga Horária prática. No curso os alunos desenvolvem trabalhos de conclusão e nestes, são estimulados, a ingressarem na área da pesquisa. Vale destacar que 23% do curso é constituído por estágios curriculares obrigatórios em campos de excelência, desde o primeiro semestre da graduação. Dentre os estágios curriculares, tem-se estágios em: fitoterapia, alimentos, toxicologia, dispensação, saúde coletiva, atenção farmacêutica, cuidados farmacêuticos, produção de medicamentos, análises clínicas e farmácia hospitalar.