Tarsila

No ano do centenário da Semana de Arte Moderna, que aconteceu no Theatro Municipal de São Paulo em fevereiro de 1922, a peça sobre a artista que é um dos grandes nomes do Modernismo volta ao palco na Universidade de Fortaleza, instituição da Fundação Edson Queiroz. Encenada pelo Grupo Mirante de Teatro Unifor, "Tarsila" fica em cartaz de 13 a 15 de maio de 2022 no Teatro Celina Queiroz. 

> COMPRE SEU INGRESSO AQUI

A pintora Tarsila do Amaral é uma das integrantes do “Grupo dos Cinco”, conjunto de artistas fundamentais para a realização da Semana de 1922.  Apesar da forte presença da artista no movimento Modernista no Brasil e atuação para que o evento pudesse acontecer, Tarsila não esteve fisicamente presente no Theatro durante aqueles dias. Seu protagonismo, no entanto, não passou despercebido, e a criadora do Abaporu ficou eternizada na história brasileira. 

Entre os artistas que estiveram presentes na manifestação artístico-cultural de um século atrás, podem ser destacados Anita Malfatti, Mário de Andrade, Menotti Del Picchia e Oswald de Andrade, personalidades que completam o quinteto e que perpassam diversas áreas do mundo das artes, desde a pintura à literatura.

É para celebrar a vida da artista e comemorar os 100 anos da semana de 1922 que a peça Tarsila está de volta; mas, desta vez, por meio do talento e criatividade do Grupo Mirante de Teatro da Universidade de Fortaleza, da Fundação Edson Queiroz. Com texto de Maria Adelaide Amaral, e direção de Hertenha Glauce, a peça homônima traz à tona intimidades, anseios e aflições da artista que ficou conhecida como a musa do modernismo brasileiro. 

Diante da plateia, Tarsila entra em cena, assim como Anita, Oswald e Mário, importantes personagens modernistas e seus grandes amigos. O espetáculo é uma viagem que atravessa as memórias da pintora modernista e de seus afetos mais próximos, revelando os rostos e personalidades para além de quadros e poesias. A peça coloca em evidência a relação entre essas personalidades, e como esse contato foi o fio condutor para esmiuçar acontecimentos importantes para a cultura do início do século XX.

Exposição em cartaz

Para quem deseja conhecer mais sobre Tarsila do Amaral, o “Grupo dos Cinco” e o Modernismo em suas diversas nuances, a Fundação Edson Queiroz inaugurou, no dia 22 de março, uma mega exposição aberta ao público sobre os “100 anos da Semana de Arte Moderna em acervos do Ceará”, localizada no Espaço Cultural Unifor. Sob a curadoria de Regina Teixeira de Barros, a consultoria de Aracy Amaral, a mostra reúne peças de colecionadores particulares e públicos e deve ficar em cartaz até dezembro de 2022.

Serviço

"Tarsila", encenada pelo Grupo Mirante de Teatro Unifor
Data: 13, 14 e 15 de maio de 2022
Horário: sexta e sábado (às 20h) e domingo (às 19h)
Local: Teatro Celina Queiroz
Ingresso: R$ 40,00 (inteira) | R$ 20,00 (meia)
Mais informações: (85) 3477-3311 e 3477-3290
Ingressos à venda aqui