angle-left Especialista australiano fala sobre o papel da mídia na prevenção de mortes em Fórum de Segurança Viária

Especialista australiano fala sobre o papel da mídia na prevenção de mortes em Fórum de Segurança Viária

Blaise Murphet é gerente do Programa Ásia-Pacífico para a Parceria Global pela Segurança Viária (GRSP, na sigla em inglês). Foto: Divulgação.
Blaise Murphet é gerente do Programa Ásia-Pacífico para a Parceria Global pela Segurança Viária (GRSP, na sigla em inglês). Foto: Divulgação.

Como a imprensa e mídia em geral podem ajudar a salvar vidas no trânsito? Esse é o tema do painel do jornalista australiano Blaise Murphet traz para a última edição deste ano do Fórum do Observatório de Segurança Viária de Fortaleza. O evento será realizado no dia 03 de dezembro, às 14h30, no Auditório da Biblioteca da Universidade de Fortaleza (UNIFOR). 

A ideia é entender como tanto o jornalismo, quanto a publicidade, propaganda, além, do cinema e audiovisual podem ser fatores chave para a mudança de comportamentos de risco que provocam centenas de milhares de mortes em ruas e avenidas de cidades de todo o mundo, inclusive no Brasil. Em Fortaleza, 256 pessoas perderam a vida em acidentes que poderiam ter sido evitados apenas em 2017 - outras 15.522 pessoas ficaram feridas, algumas com sequelas irreversíveis.

Blaise Murphet é o gerente do Programa Ásia-Pacífico para a Parceria Global pela Segurança Viária (GRSP, na sigla em inglês), com sede em Kuala Lumpur, na Malásia. Como parte desse papel, ele trabalha com a fiscalização de trânsito em vários países para desenvolver capacidade em comunicações estratégicas em apoio a iniciativas de fiscalização e também coordena o Curso Global de Liderança em Segurança no Trânsito, onde também ensina mudanças de comportamento e comunicações. 

Anteriormente, Blaise liderou os esforços de defesa da mídia para a GRSP em seu programa de defesa de direitos e doações. Antes de assumir a atual posição, ele trabalhou em uma série de projetos humanitários e de desenvolvimento com foco no uso de mídia e comunicações em apoio aos resultados de desenvolvimento. Isso incluiu apoio a programas de governança e eleições, iniciativas de migração, segurança alimentar e alfabetização digital. No início da carreira, ele trabalhou como jornalista freelancer em seu país natal, a Austrália.

As primeiras quatro edições do Fórum do OSV trouxeram profissionais internacionais para discutir pautas recorrentes sobre segurança viária. Dentre os convidados, estiverem presentes a gerente global da GRSP, Judy Fleiter, a diretora global do Programa de Saúde e Segurança Viária do World Resources Institute (WRI), a urbanista neozelandesa Skye Duncan e o diretor da John Hopkins Injury Research Unit, Abdulgafoor M. Bachani, palestrante da última edição que teve como tema a segurança viária como uma epidemia de saúde pública. 

Observatório de Segurança Viária de Fortaleza

O Observatório de Segurança Viária foi anunciado em junho do ano passado pelo Prefeito Roberto Cláudio e pela Reitora da Unifor, Fátima Veras, como uma parceria entre poder público e academia para aproximar representantes de diversos setores da sociedade civil para apresentação de melhores práticas e o engajamento no combate ao elevado número de acidentes de trânsito. Desde 2011, Fortaleza já conseguiu reduzir em 35% o número de mortes no trânsito em relação a 2017, mas o número de óbitos e ferimentos ainda é alarmante.

Serviço 

5º Fórum do Observatório de Segurança Viária
Data
: 03 de Dezembro de 2018
Horário: 14h às 16h30
Local: Auditório da Biblioteca, Universidade de Fortaleza (UNIFOR) - Av. Washington Soares, 1321, Edson Queiroz. 
Mais informações: http://unifor.br/web/osv