angle-left Unifor tem desempenho de destaque na Chamada Universal do CNPq

Qui, 14 Fevereiro 2019 11:56

Unifor tem desempenho de destaque na Chamada Universal do CNPq

Projetos de pesquisa em diferentes áreas de conhecimento foram aprovados. Chamada é uma das mais importantes do país.


Minelle Silva, professor contemplado com a bolsa CNPQ. Foto: Ares Soares.
Minelle Silva, professor contemplado com a bolsa CNPQ. Foto: Ares Soares.

A Universidade de Fortaleza (Unifor) teve projetos aprovados na Chamada Universal do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)

O resultado divulgado pertence a um dos mais importantes editais de financiamento de pesquisas, o Edital Universal.

A Chamada é uma das mais tradicionais do CNPq e tem como objetivo o fomento à pesquisa científica e tecnológica no país, em todas as áreas do conhecimento. O resultado pode ser conferido através da página do CNPq. 

O CNPq divide os projetos em três faixas: A, para projetos com custo de até R$ 30 mil; B, para aqueles de até R$ 60 mil; e C, para iniciativas de até R$ 120 mil. 

Confira os projetos de professores da Unifor contemplados: 

Faixa A
  • Maria Andréia Formico

É autora projeto Jogando Contra o Câncer: Novos Modelos, Algoritmos e Aplicações para Apoiar o Diagnóstico, Prevenção e Tratamento de Pacientes com Câncer de Mama. O projeto aprovado no Edital Universal 2018/2019 na área da Ciência da Computação tem como objetivo o desenvolvimento de modelos, algoritmos e aplicações (na forma de jogos digitais) para apoiar o diagnóstico, prevenção e tratamento de pacientes com câncer de mama. 

  • Tiago Jessé Souza de Lima  

O projeto é denominado Fatores Explicativos do Apoio a Redução da Maioridade Penal no Brasil. Visa traçar um panorama das atitudes frente a redução da maioridade penal no Brasil, objetivando explicá-las a partir de uma série de variáveis relacionadas tanto às características do adolescente em conflito com a lei (a exemplo da percepção de maturidade psicossocial, atribuição de estereótipos, cor da pele e classe social), quanto às características dos respondentes/julgadores (a exemplo do preconceito racial e de classe, orientação à dominância social) e a fatores contextuais (a exemplo da percepção de prevalência e gravidade dos crimes cometidos por jovens).  

  • Minelle Enéas da Silva

No projeto Análise de múltiplas dimensões para a sustentabilidade em cadeias produtivas, será realizada uma pesquisa participativa voltada ao capital social, no sentido de entender as demandas locais e realizar intervenções de sensibilização juntos as cooperativas estudadas.

  • Antonio Augusto Ferreira Carioca

O projeto Dieta, microbiota intestinal e risco cardiovascular, trata-se de um estudo de coorte com estudantes de nutrição, para avaliar a relação entre a dieta, microbiota intestinal e risco cardiovascular. As condições ambientais influenciam a microbiota intestinal e sua composição interfere em mecanismos imunológicos, na predisposição ao ganho de peso e na sensibilidade à insulina. Por isso, é desejável um estudo de coorte que, em função deste delineamento, seja capaz de investigar potenciais fatores de risco para ocorrência de doenças crônicas.

Faixa B
  • Victor Hugo Costa de Albuquerque

O projeto Ferramentas de realidade virtual para tratamento alternativo e complementar em crianças com paralisia cerebral, a ferramenta proposta voltada para reabilitação, é inserir em um ambiente virtual atividades interdisciplinares capaz de provocar estímulos motores a fim de que a criança consiga movimentar seus membros superiores para concluir um objetivo específico através da ludicidade. 

  • Mirna Albuquerque Frota

O projeto Metaparentagem como Fator de Proteção à Saúde Mental na Primeira Infância: Intervenção Literária com Pais, tem como foco de pesquisa a promoção da saúde mental da criança na primeira infância, período que abrange os seis primeiros anos de vida. O projeto objetiva desenvolver e avaliar um projeto de treinamento parental para fortalecimento da metaparentagem na primeira infância. 

  • Nabor das Chagas Mendonça 

O projeto Laboratório Multi-Institucional de Pesquisa e Inovação em Microsserviços, tem como objetivo investigar e propor novas soluções tecnológicas voltadas para apoiar as organizações no desenvolvimento, operação e gerenciamento de aplicações na nuvem, baseadas na arquitetura e microserviços. 

  • Sérgio Henrique Arruda Cavalcante Forte

De autoria do professor Dr. Sérgio Henrique Arruda Cavalcante Forte e do doutorando Elnivan Moreira de Souza, o projeto Uma Proposição Metodológica de Avaliação da Capacidade Dinâmica Cognitiva e Gerencial, tem como objetivo o desenvolvimento de um instrumento de diagnóstico avaliativo da capacidade dinâmica cognitiva do gestor estratégico. 

  • Gina Vidal Marcílio Pompeu

O projeto Responsabilidade Social das Empresas Alternativa para Classificação, Reintegração e Ressocialização de Egressos no Sistema Penitenciário do Estado do Ceará, visa analisar a Responsabilidade Social das Empresas e seu grau de comprometimento diante do contexto da política restaurativa frente aos egressos do Estado do Ceará. Devido a preocupação do governo federal com a situação sub-humana vivida pelos atuais presos em todo o território nacional, decorrente da superlotação e da falta de infraestrutura, procura-se alternativas para minorar a falta de cumprimento das garantias mínimas de dignidade do encarcerado.