angle-left O Século XXI e as Carreiras Jurídicas: Competências Necessárias

Ter, 10 Julho 2018 12:59

O Século XXI e as Carreiras Jurídicas: Competências Necessárias

Competências Necessárias (Foto: Pexels)
Competências Necessárias (Foto: Pexels)

Este século vem marcado por uma série de transformações tecnológicas, que, por sua vez, repercutem diretamente na forma como as pessoas se relacionam e comunicam. Tantas discussões são travadas sobre as vantagens e desvantagens da ampla utilização destas tecnologias no mercado de trabalho e tantas são as opiniões proferidas. Fato é que elas são e serão cada vez mais adotadas nos mais diversos campos do saber e nós, profissionais, temos que nos adaptar a esta realidade. 

No que se refere ao mercado jurídico, fala-se de inteligência artificial para jurimetria, para elaboração de peças processuais, de contratos e, inclusive, sentenças. Fala-se de Online Dispute Resolution e de escritórios remotos. Todas essas ferramentas ressignificam a função do profissional e estimulam o desenvolvimento de atividades que, antes, não havia tempo para que se desenvolvesse.

Ciente desta realidade de transformações, o Fórum Econômico Mundial elaborou relatório intitulado The Future of Jobs, no qual pontuou as competências mais necessárias ao mercado de trabalho até 2020. Não só isso: ele elaborou um comparativo entre as competências necessárias em 2015 e as que serão necessárias em 2020, para que possamos acompanhar o desenvolvimento destas transformações.

  1. Resolução de Problemas
  2. Pensamento Crítico
  3. Criatividade
  4. Gestão de Pessoas
  5. Integração com os Outros
  6. Inteligencia Emocional
  7. Tomada de Decisões
  8. Orientação do Serviço
  9. Negociação
  10. Flexibilidade Cognitiva

Da mesma forma orienta pesquisa conduzida pela empresa de consultoria americana Accenture, intitulada Skills and Empoyment Trends Survey, em 2013, que entrevistou 480 executivos, questionando quais competências eles buscam na hora de contratar um novo funcionário. O resultado coloca o conhecimento técnico e experiência no setor somente como 6ª competência, atrás de resolução de problemas, liderança, comunicação, tecnologia e gestão de pessoas.

Então, como se destacar no mercado de trabalho do século XXI?

A resposta é clara: educação, educação e educação.

Com base nessas tendências, a Pós-Unifor transformou todos os programas de Pós- Graduação, para contemplar essas competências. Assim, todos os cursos da Escola de Direito possuem um Programa de Desenvolvimento de Líderes, que traz para sala de aula atividades e metodologias que visam desenvolver as competências descritas nessas pesquisas. O objetivo é garantir que os profissionais entrem em contato com problemas reais para que, com criatividade e do pensamento crítico, venham a resolvê-los. Acreditamos que o amadurecimento destas habilidades se dá ao longo da vida, mas quanto mais o profissional se deparar com situações que lhe desafiem a utilizá-las, melhor será seu desenvolvimento.