angle-left Aplicativo oferece apoio a vítimas no combate ao Bullying

Qui, 18 Julho 2019 10:21

Aplicativo oferece apoio a vítimas no combate ao Bullying

Criada pelo NATI, ferramenta “Bullying Não” esclarece dúvidas sobre todos os tipos de violência escolar


Aplicativo 'Bullying Não' está disponível para download na Google Play (Imagem: Divulgação)
Aplicativo 'Bullying Não' está disponível para download na Google Play (Imagem: Divulgação)

Violência escolar é qualquer tipo de violência que ocorre no âmbito da escola. Ela engloba violência física, psicológico, castigos corporais, abuso verbal, carregamento de armas na escola, violência sexual e muitos tipos de Bullying. 

O bullying é uma das violências mais divulgadas pelas mídias e é um problema crônico que precisa ser trabalhado nas escolas. Seu tratamento é fruto de muitas estratégias educacionais, uma delas pode ser em conjunto com um aplicativo. O aplicativo ‘Bullying Não’ é uma ferramenta criada para dar o apoio necessário para as pessoas que sofrem Bullying e qualquer tipo de violência no âmbito escolar. 

Ao realizar um primeiro cadastro o estudante pode navegar no aplicativo através de um personagem a sua escolha, dentre os quatro disponíveis, e ter informações sobre bullying,e todos os tipos de violência escolar. Esse é o primeiro contato do aluno com o assunto e ele pode ainda esclarecer algumas dúvidas sobre termos e nomenclaturas utilizadas para falar dos problemas.

O dispositivo foi tese de doutorado da enfermeira Renata Carneiro, na área de Saúde Coletiva da Unifor, em parceria com o Núcleo de Aplicação em Tecnologia e Informação (NATI)

Para estender as intervenções no combate a violência escolar, através do aplicativo, a Renata permitiu que o aluno também tivesse um poder de ajuda. Isso acontece devido um segundo cadastro, que permite uma conexão do aluno com o coordenador pedagógico.

Para a tese de doutorado, quatro escolas públicas foram cadastradas, levando em conta a área de risco e violência territorial. As escolas assinaram um termo para utilizar o aplicativo, e um sistema através da web foi aberto para que o diretor tivesse acesso às queixas dos alunos. Assim, o aluno pode realizar denúncias do bullying sofrido, ou com os colegas, e pode denunciar situações desagradáveis que acontecem na escola. O coordenador responsável recebe as informações pelo sistema, e a escola toma as providências com uma estratégia de intervenção adequada para o ocorrido.

O aplicativo foi desenvolvido juntamente com os pesquisadores e alunos do Laboratório de Formação e Integração do NATI. Atualmente você pode baixar o Bullying Não pela Google Play e navegar para saber mais sobre todos os tipo de violência escolar.