angle-left Drive-thru de vacinação contra a Influenza na Unifor teve procura intensa

Qui, 26 Março 2020 04:00

Drive-thru de vacinação contra a Influenza na Unifor teve procura intensa

A previsão é de que, na próxima semana, um segundo lote de vacinas seja recebido, retomando a vacinação no estacionamento do campus.


A iniciativa ajudou a desafogar os postos de saúde da Prefeitura Municipal de Fortaleza.
A iniciativa ajudou a desafogar os postos de saúde da Prefeitura Municipal de Fortaleza.

A procura pela vacina contra a gripe Influenza no drive-thru instalado no campus da Universidade de Fortaleza (Unifor) foi intensa nos últimos dois dias. A ação contou com o apoio voluntário de cerca de 25 profissionais, entre enfermeiros, técnicos de enfermagem, farmacêuticos e equipe de suporte administrativo e de segurança da Universidade. 

A estrutura montada na Unifor fez parte das ações da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe em Fortaleza, guiadas pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS). A rede de atendimento funcionou distribuída nos 113 postos de saúde da capital, 200 escolas municipais e pontos de vacinação em regime de drive-thru também em estacionamento de shoppings, imunizando mais de 140 mil pessoas nesta primeira etapa. 

A previsão é de que, na próxima semana, um segundo lote de vacinas seja recebido e as atividades de vacinação no modelo drive-thru sejam retomadas, incluindo a estrutura instalada no campus da Universidade de Fortaleza. O equipamento funcionará de 8h às 16h30, no estacionamento do bloco B, com acesso pela avenida Valmir Pontes. 

Nesta quinta-feira (26), a vacinação será realizada apenas no regime domiciliar, imunizando pessoas com mais de 80 anos e os idosos com idade entre 60 a 79 anos que estejam acamados. Para realizar o cadastro, a SMS está disponibilizando um número de WhatsApp que também servirá para agendamentos e confirmações de datas e horários das visitas. Anote o número: (85) 9.9989-4799.

Modelo drive-thru 

O modelo drive-thru de vacinação ajudou a desafogar os postos de saúde. Também contribuiu para a redução de aglomerado de pessoas, minimizando os riscos numa época em que, além de combater o vírus H1N1, a população deve manter o isolamento social e evitar aglomerações como forma mais efetiva de prevenção de uma outra infecção, que é a do novo coronavírus. 

“Nossos profissionais trabalharam com muito afinco para o sucesso da ação. A Universidade de Fortaleza continua à disposição para ajudar a Secretaria Municipal de Saúde nesse momento tão importante de levar imunização e proteção para o maior número de pessoas”, reforça Aline Veras, professora do curso de Medicina da Unifor e diretora técnica do Núcleo de Atenção Médica Integrada (NAMI).