angle-left Estudantes ganham prêmio de Psicoterapia e Medicina Comportamental

Ter, 27 Agosto 2019 14:29

Estudantes ganham prêmio de Psicoterapia e Medicina Comportamental

O prêmio foi dedicado aos alunos integrantes do Laboratório de Investigações em Análise de Comportamento (LINAC)


O evento é o maior do Brasil em análise do comportamento e aconteceu no Centro de Convenções de Goiânia, no dia 14 de agosto.  Foto: Ares Soares.
O evento é o maior do Brasil em análise do comportamento e aconteceu no Centro de Convenções de Goiânia, no dia 14 de agosto.  Foto: Ares Soares.

Alunos do curso de Psicologia da Universidade de Fortaleza e integrantes do Laboratório de Investigações em Análise de Comportamento (LINAC) foram premiados no V Encontro de Estudantes do XXVIII Encontro Brasileiro de Psicologia e Medicina Comportamental. O evento é o maior do Brasil em análise do comportamento e aconteceu no Centro de Convenções de Goiânia, no dia 14 de agosto. 

Na ocasião, o projeto de vídeo animado "O Uso de Estratégias de Gamificação para o Aumento do Comportamento Pró-ambiental de Descarte de Lixo na Cidade de Fortaleza”, foi premiado em primeiro lugar, tendo concorrido com projetos de estudantes de mestrado e doutorado e sendo considerado o projeto mais criativo, inovador, melhor fundamentado teoricamente e de maior relevância social envolvendo o uso de tecnologia.

O vídeo apresenta um projeto de aplicativo chamando Cidade Sustentável, plataforma que visa estimular o comportamento de preservação do meio ambiente através do método de gamificação. A técnica faz uso de elementos comuns dos jogos para tornar conteúdos complexos em materiais mais acessíveis, facilitando os processos de aprendizado, tudo isso de forma mais dinâmica do que outros métodos. Confira o vídeo: 

Segundo a Professora do curso de Psicologia da Unifor, Fabiana Brasileiro, o momento significa a coroação de um projeto bastante planejado e importante para a sociedade. “Tudo isso representa a coroação do que a gente vem fazendo num laboratório recente e voltado para investigação numa área específica. O LINAC existe formalmente há um ano e é onde nos dedicamos bastante em várias atividades. É importante ver que nosso trabalho está rendendo bons frutos e integra bons estudantes que acreditam no nosso projeto”, ressalta. 

O desafio consistiu em apresentar um projeto que envolvesse mudanças que afetassem um grupo de indivíduos. A aluna do curso de Psicologia da Unifor e integrante da equipe de atividades do LINAC, Felicia Glaber, comenta sobre o experiência. A gente participou do Congresso da ABPMC que é o maior evento nacional sobre análise do  comportamento e lá integramos um concurso com estudantes de mestrado, graduação e doutorado que se chamava ‘Como a Análise do Comportamento pode Mudar o Mundo’. Tínhamos que criar um projeto que envolvesse tecnologia e mudança de comportamento em larga escala, então participamos com um vídeo e ganhamos. Então a gente está muito feliz!”, comenta. 

O futuro projeto a ser apresentado próximo ano, em Brasília, será desenvolvido junto com o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) de Goiás (GO). A unidade é um local público, localizado prioritariamente em áreas de maior vulnerabilidade social, onde são oferecidos os serviços de Assistência Social, com o objetivo de fortalecer a convivência com a família e a comunidade. 

Premiações

Dentro da área da tecnologia, o prêmio já é o terceiro conquistado em parceria com o Laboratório de Formação e Integração (NATI). O primeiro foi conquistado no XXII Encontro Cearense de Análise de Comportamento, na categoria Relato de Experiência, com a também participação da aluna Felicia Glauber, colaboradora do “Solução Inteligente de Tratamento da Obesidade Infantil por meio do Potencial da Internet das Coisas" (em inglês, OCARIoT). “O projeto é uma parceria entre NATI e União Europeia e visa criar aplicativos associados a sensores para monitorar dia a dia das crianças obesas. Eu relatei minha experiência de um ano dentro da iniciativa, auxiliando com a parte da psicologia, e ganhei esse prêmio em primeiro lugar”, revela.  

O outro trabalho contemplado, também durante o XXII Encontro Cearense de Análise do Comportamento (ECEAC), foi “O Papel da Tecnologia na Preservação do Meio Ambiente: Avaliação da Eficácia de Lixeiras Interativas”, da aluna de psicologia Jully Elias. O trabalhou ganhou em primeiro lugar, na categoria Comunicação Oral.  

De acordo com a professora Fabiana Brasileiro, a participação dos alunos em concursos e projetos é super importante. “ É importante para o aluno ter contato com a pesquisa e aplicar esse conhecimento para servir a sociedade. Assim, o conhecimento também é articulado em prol da responsabilidade com o serviço social”, afirma.