angle-left Curso de Cinema da Unifor promove encontro com Émerson Maranhão

Curso de Cinema da Unifor promove encontro com Émerson Maranhão

A conversa com o jornalista e realizador audiovisual acontece nesta segunda-feira (13), a partir das 17h20, no Labomídia (sala Q28)


Émerson Maranhão é chefe do Núcleo de Audiovisual do O Povo há dois anos e meio (Foto: Reprodução)
Émerson Maranhão é chefe do Núcleo de Audiovisual do O Povo há dois anos e meio (Foto: Reprodução)

“Dois rapazes. Duas histórias que se cruzam. Duas vidas unidas por uma condição que define suas existências. Duas jornadas em busca do amor e de se reconhecer no espelho” – essa é a sinopse do filme “Aqueles Dois” (2018), de Émerson Maranhão. Na trama: percursos do paramédico Caio José, 25, e do pesquisador Kaio Lemos, 38, homens transgêneros. Para conversar sobre seu filme de estreia, o jornalista e realizador audiovisual estará, nesta segunda-feira (13), a partir das 17h20, no Labomídia (sala Q28), laboratório do curso de Cinema e Audiovisual da Unifor

O encontro terá a exibição do curta-metragem documental “Aqueles Dois”, seguida do debate com o realizador. O momento ocorre no âmbito da disciplina Cinema Queer, ministrada pelo professor Henrique Codato, optativa do curso de Cinema que se debruça sobre a Teoria Queer, o conceito de gênero e as estéticas do Queer. Nela, os estudantes interpretam o debate de formulação do conceito Queer, sua teoria e desdobramentos; problematizam as representações de gênero no cinema; e destacam as tensões em torno do cinema heteronormativo.

“Aqueles Dois” estreou em Fortaleza dentro da programação do For Rainbow - Festival de Cinema e Cultura da Diversidade Sexual, em novembro do ano passado. O curta-metragem, inclusive, foi agraciado no evento com o Prêmio Especial João Nery. Desde então, constrói sua trajetória de destaque em diversos festivais, tendo sido premiado com o Prêmio de Aquisição Canal Brasil no 26º Festival MixBrasil de Cultura da Diversidade (SP); Prêmio Especial Direitos Humanos no 6º Recifest – Festival de Cinema da Diversidade Sexual e de Gênero (PE); e Melhor Roteiro da Mostra Diversidade no 12º Curta Taquary – Festival Internacional de Curta-Metragem (PE). 

O filme também participou de outras mostras competitivas, como as do 2º Transforma - Festival de Cinema da Diversidade de Santa Catarina e do IV Festival Internacional de Cinema da Diversidade Sexual e de Gênero de Goiás.

Sobre o realizador 

Émerson Maranhão, alagoano radicado no Ceará há 20 anos, é graduado em Comunicação Social pela Ufal, tem formação em Realização Audiovisual pelo Instituto Dragão do Mar e em Narrativas Transmidiáticas, pela Universidade de Tallinn (Estônia). Em 2018, lançou o livro “Cinema Falado” (Editora Dummar)  e, mais recentemente, foi co-autor do livro-reportagem “A Peleja da Água – Reportagens Etnográficas”. No audiovisual, integrou comissões de seleção de roteiros e de mostras competitivas de festivais, coordenou o Prêmio Ceará de Cinema e Vídeo e participou de júris de festivais de cinema, além de trabalhar na produção e direção de curtas e média-metragens. Atualmente, é Coordenador de Transmídia do Grupo O POVO de Comunicação (Fortaleza/CE) e também é responsável pelo roteiro e pela direção de webséries e webdocs especiais.

Serviço

Encontro Cinema Queer - conversa com Émerson Maranhão
Data: 13 de maio de 2019 (segunda-feira)
Horário: 17h20
Local: Labomídia (bloco Q, sala Q-28)