angle-left Orgulho Unifor: Aridenise Macena e a determinação como virtude

Ter, 7 Abril 2020 15:12

Orgulho Unifor: Aridenise Macena e a determinação como virtude

Uma das maiores concurseiras do Brasil já foi professora da Unifor. Conheça a inspiradora trajetória da engenheira civil.


Determinação, paciência e gratidão. Esses são os principais sentimentos que definem a trajetória de Maria Aridenise Macena Fontenelle, uma das maiores concurseiras do Brasil segundo o RankBrasil.

Natural de Limoeiro do Norte (CE), a recordista tem uma história de vida marcada pela força de vontade, empenho e muita determinação. Sua carreira começou nos anos 1980, quando entrou na graduação de Engenharia Civil da Universidade de Fortaleza.

Durante o bacharelado, estagiou em uma construtora e teve a oportunidade de colecionar suas primeiras experiências em Produção Civil. Foi durante o mestrado que surgiu a oportunidade para a docência na Universidade de Fortaleza, onde atuou como professora durante 14 anos.

Aprovada em 13 concursos e com o desejo de trabalhar em uma universidade pública, foi no sétimo concurso que conseguiu aprovação em primeiro lugar na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), onde lecionou por dois anos. Mesmo depois de ser aprovada na UFSCar, Aridenise prestou concurso para o cargo de professora da Universidade Federal do Semi-Árido (UFERSA), onde também passou e está lecionando até hoje.  

A professora explica que a Unifor foi a primeira Universidade em que atuou como docente e acrescenta que os estudos desenvolvidos enquanto ainda era aluna foram essenciais para sua formação em Engenharia e fundamentais para as aprovações nos concursos.

“Durante o mestrado na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) sempre visitava a Unifor e conversava sobre o que estava estudando, até que surgiu uma oportunidade para a docência bem na área da minha pesquisa e fui contratada”, explica.

A profissional explica que o treinamento recebido dentro da Universidade foi essencial para sua carreira como docente. “A Unifor foi a minha grande mestra. Quando iniciei a atuação na docência recebi muita capacitação na área pedagógica, uma vez que a gente se forma para ser engenheira civil. Para atuar como docente são requeridas outras competências”, destaca.

As vivências acadêmicas na Universidade ainda são memórias presentes e importantes na mente de Aridenise. “Considero que mais aprendi do que ensinei na Unifor”, enfatiza.