Engenharia Civil Bacharelado | Universidade de Fortaleza

Estudante de engenharia faz rascunhos na planta de uma obra.

Esse curso é para quem quer…

… a melhor formação em Engenharia Civil de Fortaleza, e planejar, projetar, construir e reformar as mais diversas obras, desde casas, prédios até infraestrutura e saneamento, além de poder se dedicar também à consultoria, ensino ou pesquisa.

e planeja…

… estar capacitado para atuar nas áreas de construção civil, projeto estrutural e de instalações, recursos hídricos, saneamento urbano/meio ambiente, geotecnia e transportes, entre outras.

Período
Manhã | Noite

Duração
5 anos

Vagas
200

Informações para contato

Coordenação: Prof. Ítalo Salomão

  • E-mail de contato: eng_civil@unifor.br
  • Fone de contato: (85) 3477.3182
  • Endereço de contato: Bloco J | Sala 6

Por que cursar Engenharia Civil na Unifor?

Na graduação da Unifor, você adquire um perfil que lhe permite ir além do mercado tradicional de escritórios de construção civil e empresas construtoras. Aqui, a formação amplia a sua capacidade de adaptação profissional, tendo em vista ser comum encontrar profissionais de engenharia a exercer funções em outras áreas, especialmente naquelas ligadas à administração e finanças.

O currículo possibilita ao estudante o desenvolvimento de uma capacidade analítica na resolução de problemas, o que leva muitos à carreira de executivos em grandes empresas. Entre as múltiplas atribuições profissionais a serem trabalhadas, você será capacitado a trabalhar com gestão, supervisão, coordenação e orientação técnica, assim como elaborar estudo de viabilidade técnica-econômica e ambiental. Da mesma forma, fazer vistoria, perícia, avaliação, monitoramento, laudo, parecer técnico, auditoria e arbitragem, e também treinamento, ensino, pesquisa e ensaio.

Outras habilidades que você será capaz de desenvolver durante o curso são as de elaboração de orçamento, padronização, mensuração e controle de qualidade, de execução de desenho técnico e fiscalização de obras, e de condução de serviço técnico. Além disso, vai atuar na execução de instalação, montagem, operação e reparo.

Com a tradição de mais de 30 anos, a graduação de engenharia civil já conquistou diversos prêmios nacionais e internacionais, está equipada com 20 laboratórios de ponta e se constitui referência em toda a região.

Aqui, você conta também com importantes projetos de prática acadêmica. No NEPE (Núcleo de ensino, pesquisa e extensão), o aluno integra projetos para a comunidade universitária e comunidades carentes. No Projeto APO, desenvolve um pórtico de concreto armado capaz de suportar uma carga de impacto. O curso inclui ainda visitas técnicas a obras emblemáticas das grandes áreas da engenharia civil (construção civil, recursos hídricos, saneamento, geotecnia e transportes). A produção científica também é destaque, à frente o Núcleo de Pesquisas Tecnológicas. O curso tem Conceito Preliminar (CPC) nota 4 na avaliação do MEC de 2014, considerado satisfatório.

A matriz curricular do aluno de Engenharia Civil da Universidade de Fortaleza o possibilita desenvolver capacidade analítica na resolução de problemas nas áreas de gestão, supervisão, coordenação e orientação técnica, assim como permite elaborar estudo de viabilidade técnico-econômica e ambiental, bem como fazer vistoria, perícia, avaliação, monitoramento, laudo, parecer técnico, auditoria e arbitragem, e também treinamento, ensino, pesquisa e ensaio.

O curso de Engenharia Civil oferece diferencial frente às demais universidades por ter programa de dupla titulação, onde o aluno pode cursar parte da graduação no Instituto Politécnico de Bragança – IPB. O curso também se destaca por se equipar com 20 laboratórios de ponta, incluindo nova reforma e novos equipamentos, sendo referência em toda a região Nordeste. 

Na Unifor,  o curso de Engenharia Civil possui um programa de estágio intramuros com o Núcleo de Ensino Pesquisa e Extensão - NEPE, bem como é referência curricular na aquisição de estágio extramuros em empresas de pequeno, médio e grande porte na área da construção civil. Além disso, conta com a Empresa Júnior e o Centro Acadêmico, que têm participação discente frente à elaboração de projetos, trabalhos de apoio à comunidade, elaboração de cursos, eventos e promove a interação entre discentes, docentes e empresas.

Os programas de monitoria e o programa “Aluno Nota 10” têm sido de fundamental importância para os discentes do curso, uma vez que a troca de informação e o aprendizado mútuo são facilitados pela interação entre os alunos no processo de ensino e aprendizagem. 

Os projetos que orientam a participação dos alunos em atividades de cunho científico são desenvolvidos tanto pelos grupos de estudo quanto pelos grupos de pesquisa científica do curso de Engenharia Civil, nas áreas de materiais, recursos hídricos e infraestrutura.

Outro diferencial do curso é a participação de competições, sejam internas, como no dia da tecnologia (Dia T), em que os alunos utilizam os laboratórios da universidade para elaborar e montar seus projetos, sejam em competições externas, em que os alunos participam de concursos como Aparato de Proteção ao OVO (APO) e CONCREBOL, competições que ocorrem no Congresso Brasileiro do Concreto e que já deu prêmio de uma máquina de ensaios ao laboratório da instituição.

Outro ponto a ser considerado é a participação dos alunos de graduação e pós-graduação, monitores e de docentes nos eventos Semana Integrada de Engenharia Civil – SIEC e Encontro de Pesquisa sobre o Edifício e a Cidade - EPEC, que contemplam temas importantes da atualidade na área de engenharia civil, bem como expõem trabalhos técnicos de cunho científico à comunidade acadêmica. 

Vale salientar que a SIEC é organizada exclusivamente pelos alunos, com a participação e apoio da coordenação do curso, promovendo motivação, interação e incentivo aos estudantes na promoção e eventos, os capacitando nas áreas de liderança, organização e trabalho em equipe.

O conceito preliminar de curso (CPC), de acordo com o Ministério da Educação (MEC), é calculado no ano seguinte ao da realização do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), em cada área. Atualmente, o curso de Engenharia Civil da Unifor possui nota 3; a escala de notas do CPC varia de 1 a 5 e considera, além do desempenho dos estudantes, o corpo docente, a infraestrutura e os recursos didático-pedagógicos, entre outros itens.

Unifor entre as melhores do mundo

A Universidade de Fortaleza, da Fundação Edson Queiroz, está entre as melhores universidades do mundo com até 50 anos, segundo THE Young University Ranking, elaborado pela Times Higher Education (THE), entidade britânica que produz a principal avaliação internacional do segmento de educação. Do Brasil, constam apenas dez instituições de ensino superior, sendo a Unifor a única instituição particular, ficando em 2º lugar entre as brasileiras.

O ranking da THE avalia as universidades a partir de cinco critérios: ensino, pesquisa, citação, internacionalização e transferência de tecnologia.

 

Atividades de ensino-aprendizagem nos cursos de graduação da Unifor em 2020.2

A partir de 17 de agosto de 2020, os cursos de graduação obedecem um plano que inclui, de acordo com as características de cada curso e disciplina, atividades presenciais e virtuais, obedecendo normas rigorosas de biossegurança e as determinações das autoridades governamentais.

CONFIRA OS TERMOS GERAIS E AS CONDIÇÕES DE CADA CENTRO DE CIÊNCIAS

 

Sistema de avaliação da aprendizagem

O sistema de avaliação da aprendizagem discente dos cursos de graduação, na modalidade presencial, da Universidade de Fortaleza, visa aferir o desenvolvimento de competências (conhecimentos, habilidades e atitudes) previstas para o perfil do egresso descrito no Projeto Pedagógico do Curso - PPC.

Na Unifor, a Resolução CEPE Nº 45, de 11 dezembro de 2017, estabelece normas referentes ao Trabalho de Conclusão de Curso, na área de graduação e disciplina critérios de avaliação, revogando normativo anterior (Resolução CEPE Nº 16/2008). 

Trabalho de Conclusão de Curso é aquele que, elaborado sob o acompanhamento de professor orientador, de acordo com as Diretrizes Curriculares Nacionais – DCN de cada curso, compreende pelo menos uma das seguintes modalidades:

  • Monografia, decorrente de temas e/ou experiências das disciplinas do Curso;
  • Ensaio, artigo científico, relacionado ao campo de saber específico do Curso; 
  • Projeto técnico, protótipo, peça ou produto, baseado nos projetos de ensino do Curso acompanhando de relatório acadêmico.

Os Conselhos de Centro junto aos cursos definem e elaboram manuais instrucionais sobre a modalidade, orientação, o acompanhamento e a avaliação do TCC, considerando os critérios de aprovação de frequência variando entre 75% (setenta e cinco por cento) a 90% (noventa por cento), bem como de rendimento acadêmico com registro de nota final única de AV3 a qual não pode ser inferior a 6,0 (seis vírgula zero), podendo ser estabelecido valor a maior.

Na Universidade de Fortaleza, a Resolução CEPE Nº 20, de 04 de maio de 2017 define e normatiza o Estágio nos cursos de graduação e disciplina critérios de aprovação.

Estágio é definido no normativo como um processo de formação interdisciplinar, no qual se articulam teoria e prática, tendo como base o princípio da indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão, visando à capacitação do aluno para o exercício profissional.

Desse modo, o Estágio compreende as seguintes modalidades:

  • Obrigatório, considerado o estágio constante como componente da matriz curricular de cada Curso e cuja carga horária é requisito para aprovação e obtenção de diploma.
  • Não obrigatório, referente a realização de atividades práticas extracurriculares e desenvolvido como atividade opcional, acrescida à carga horária regular e obrigatória”.

Os critérios de aprovação nos estágios obrigatórios são frequência e rendimento acadêmico. Os Centros determinam um percentual de frequência para aprovação variando entre 75% (setenta e cinco por cento) a 90% (noventa por cento), bem como uma nota final única de AV3, a qual não pode ser inferior a 6,0 (seis vírgula zero), podendo ser estabelecido valor a maior.

A Resolução CEPE Nº 45, de 11 dezembro de 2017, também estabelece normas referentes ao Componente Curricular Especial (CCE), aquele que previsto no Projeto Pedagógico de Curso (PPC) e descrito no respectivo Projeto de Ensino, apresenta pelo menos um dos seguintes critérios:

  • Oferta diferenciada quanto a sua duração reduzida, sendo menor que um semestre letivo regido pelo calendário acadêmico;
  • Natureza do trabalho docente vinculado ao componente curricular caracterizado por acompanhamento processual de supervisão, tutoria, mentoria e/ou preceptoria;
  • Formação de competências integradas ao desenvolvimento de projeto, programa e/ou produto, exceto TCC.

Os Conselhos de Centro definem a avaliação do CCE, considerando os critérios de aprovação de frequência variando entre 75% (setenta e cinco por cento) a 90% (noventa por cento), bem como de rendimento acadêmico com registro de nota final única de AV3 a qual não pode ser inferior a 6,0 (seis vírgula zero), podendo ser estabelecido valor a maior.

Para consulta dos atos regulatórios dos cursos de graduação da Universidade de Fortaleza, acesse a página do Diário Oficial da União (DOU).

Para consulta da resolução do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE) da Universidade de Fortaleza referente ao curso de Medicina Veterinária, clique aqui. Para o curso de Computação em Nuvem, clique aqui.

Disciplinas Obrigatórias

Semestre 1

Semestre 2

Semestre 3