angle-left Rotina de estudos na quarentena: por quê e como fazer?

Qua, 22 Abril 2020 16:03

Rotina de estudos na quarentena: por quê e como fazer?

Estabelecer uma nova rotina nunca é fácil, mas em tempos de mudança é sempre necessário para a saúde mental e física. Confira algumas dicas para ajudar nessa tarefa!


Combinar metodologias de estudo é importante para manter uma rotina produtiva de aprendizado (Foto: Shutterstock)
Combinar metodologias de estudo é importante para manter uma rotina produtiva de aprendizado (Foto: Shutterstock)

Antes da pandemia, o dia-a-dia de muitos seguia conforme um manual invisível. Acordar, preparar-se para sair de casa, ir ao trabalho ou local de estudo e, chegando lá, seguir outros parâmetros de divisão de tempo, incluindo os intervalos de refeições e pausas entre cada atividade. Ao final do dia, voltar para casa e descansar. Hoje, no entanto, esse passo-a-passo teve seus limites borrados por um fator que veio a ser um grande obstáculo para várias pessoas: o ficar em casa.

Essa mudança trouxe diversas dúvidas e dificuldades para quem precisa se apegar mais devotamente à uma rotina de estudos. “Para algumas pessoas, sair da rotina pode ser desastroso”, diz Sabrina Matos, psicóloga, psicanalista e professora da graduação em Psicologia da Universidade de Fortaleza. “Lidar com alterações na rotina implica sair da rota, da segurança. E tudo aquilo que fazemos de forma repetida pode ser pensado como uma tentativa de dominar as imprevisibilidades da vida”, explica ela.

Como o imprevisível pode despertar a sensação de insegurança, é comum ouvir relatos ou experimentar algum nível de ansiedade e falta de concentração para estudar, trabalhar ou até realizar tarefas domésticas. Uma saída interessante para esse problema seria estabelecer uma nova rotina baseada na realidade atual já que, de acordo com a psicanalista, ser mais metódico pode funcionar como uma forma de dominar a ansiedade para algumas pessoas. 

No entanto, Cecília Aguiar, professora-tutora do Programa Tutorial Acadêmico do Centro de Ciências Jurídicas (PTA/CCJ), pontua que existe, sim, um desafio maior em conseguir manter o foco, principalmente em uma atividade intelectual, mas que é importante treinar a concentração para construir um novo hábito. “Assim como a gente treina para realizar determinada atividade física, uma habilidade com o corpo, a gente pode educar e treinar nossa mente”, afirma a professora. Ela concorda que no início é sempre mais complicado, mas que a mente vai tendo mais facilidade com o passar do tempo.

Para ajudar na elaboração de uma nova rotina, trouxemos algumas dicas baseadas na entrevista com a professora Cecília:

Preparo prévio é importante!

Escolha um ambiente para chamar de seu. O ideal é que seja arejado, iluminado e que não tenha muitos ruídos. Ter um “local de estudo” vai ajudar você a delimitar espaços e reforçar a ideia de que está se preparando para esta atividade, como acontecia nos períodos de aula antes da pandemia.

Negocie seus espaços e tarefas. Ficar em casa com outras pessoas pode ser um problema para a concentração, mas você pode fazer acordos com seus familiares/colegas, dividindo tarefas. Assim você assume algumas tarefas domésticas e demais responsabilidades, além de respeitar seu tempo de estudo.

Cada atividade na sua hora. Determine uma esquema de tempo para o seu dia. Divida cada hora ou espaço de tempo para realizar as atividades cotidianas, incluindo os estudos. Fazer um circuito de responsabilidades ajudará na elaboração de uma rotina nova e pode te ajudar dando mais segurança para seu dia-a-dia.

Botando a mão nos livros...

Divida seus estudos entre momentos de foco e pausas. Estabeleça seu período de concentração (30, 40 minutos, 1h) e os intercale com pausas curtas para tomar água, comer, ir ao banheiro ou ver as redes sociais. Dosar o estudo pode fazer você produzir mais nem percebendo o tempo passar e evitando a dispersão.

Estabeleça recompensas para si. Um bom meio de incentivo pessoal é o de se permitir ter/fazer coisas divertidas como prêmio por ter cumprido algo importante. Determine metas de estudo e dê a si mesmo uma regalia, como um episódio novo de série, uma comida gostosa ou outra atividade extra que você queira muito.

Seja eclético nas metodologias. Combinar métodos de estudo é uma maneira eficaz de fixar melhor o conteúdo estudado. Além de ler e grifar, tente responder algumas questões, faça algum exercício prático como exemplo, monte grupos de estudos virtuais para socializar o conhecimento e sempre anote observações durante a aula. Essas combinações certamente irão potencializar seu rendimento.

Confira aqui podcast com a profª Cecília Freitas para mais dicas sobre rotina de estudos:

Precisa de ajuda? Conte com os PTA's!

Para quem ainda não conseguiu estabelecer uma rotina eficiente de estudos e continua tendo problemas para focar nas atividades, os PTAs de cada centro estão realizando atendimento remoto, à disposição do(a) aluno(a) Unifor.

E-mail: ptaccs2016@gmail.com  | Telefone: (85) 9.8776-0571

Torpedo Unifor Online:

Aline Barbosa Teixeira Martins

Álvaro Magalhães Cavalcante Pereira

Cristina de Santiago Viana Falcão

Jannayna Queiroz Carvalho

Jihane de Lima Diogo

Ygor Raphael Gomes Eloy

Telefone: (85) 9.9236-3253 | (85) 9.8766-1159

Torpedo Unifor Online:

Elisberg Francisco Bessa Lima

Gleiva Rios de Araújo Félix

Luciana França Jorge

E-mail: ptaccj@unifor.br | Telefone: (65) 9.8766-1158

Torpedo Unifor Online:

Aline Passos Maia

Ana Cecília Bezerra de Aguiar

Mara Lívia Moreira Damasceno

Tainah Simões Sales Thiago

Torpedo Unifor Online:

Lia Maria Frota Amora Silva Bitar

Sandra Maria Rocha