angle-left Curso de Cinema da Unifor celebra premiação de cearenses no 47º Festival de Gramado

Ter, 27 Agosto 2019 14:41

Curso de Cinema da Unifor celebra premiação de cearenses no 47º Festival de Gramado

A primeira graduação em Cinema do Ceará comemora as conquistas do cinema nordestino. Docentes, aluno e egresso da Unifor integram as equipes de “Pacarrete” e “Marie”.


Arthur Leite, egresso de Cinema da Unifor, é produtor executivo do curta-metragem
Arthur Leite, egresso de Cinema da Unifor, é produtor executivo do curta-metragem "Marie". Foto: reprodução.

"Pacarrete", filme do diretor cearense Allan Deberton, é o grande vencedor do 47º Festival de Cinema de Gramado. A produção cearense conquistou oito Kikitos, em premiação no último sábado (24). Além do prêmio principal da noite, o de Melhor Filme, o longa-metragem levou as categorias de Melhor Direção, Melhor Atriz, Melhor Roteiro, Melhor Ator, Melhor Atriz Coadjuvante, Melhor Desenho de Som e Melhor Filme do Júri Popular.

Protagonizado pela paraibana Marcélia Cartaxo, o filme narra a história de Pacarrete, uma professora de dança aposentada, que sonha em estrelar um espetáculo de balé para a população da sua cidade, Russas, interior do Ceará. O diretor Allan Deberton integra o corpo docente da Escola de Artes e Design da Pós Unifor. Márcio Câmara, professor do curso de Cinema e Audiovisual da Unifor, assina o som direto e Muniz Filho, graduando do curso de Cinema e Audiovisual da Unifor, integra a equipe de produção do longa.

"Marie", curta-metragem dirigido pelo pernambucano Léo Tabosa, com produção executiva do cearense Arthur Leite, recebeu os prêmios da crítica, de Melhor ator, Prêmio Especial do Júri e Melhor Curta Canal Brasil. Arthur Leite é coordenador do Curso Básico de Audiovisual do Porto Iracema das Artes e egresso do curso de Cinema da Unifor. Como Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), ele realizou “Abissal”, Melhor Curta Brasileiro do 21º É Tudo Verdade - Festival Internacional de Documentários em 2016.

O curta-metragem conta a história de Mário, que, depois de 15 anos, retorna ao sertão para enterrar o pai. Ao regressar para a sua cidade natal como Marie, uma mulher trans, reencontra seu melhor amigo de infância, Estevão e o seu passado. Com distribuição da Pontilhado Cinematográfico, o curta também conta com o cearense Petrus Cariry na direção de fotografia.

Confira a sinopse de "Pacarrete"

Russas, interior do Ceará. Pacarrete (Marcélia Cartaxo) é uma professora de dança aposentada, que vive com a irmã Chiquinha (Zezita Matos) e tem Maria (Soia Lira) como empregada doméstica. Rigorosa e ranzinza, ela vive limpando a calçada e brigando com quem passa por ela. Seu grande sonho é estrelar um balé para a população local durante a grande festa da cidade, que está prestes a acontecer. Para tanto, ela manda confeccionar uma nova roupa de bailarina ao mesmo tempo em que tenta convencer a prefeitura de seu show. Entretanto, a falta de interesse da população em geral por espetáculos do tipo logo se torna um grande oponente.

Sobre o Curso de Cinema e Audiovisual da Unifor

Pioneiro no Ceará, o curso de Cinema e Audiovisual da Unifor, antes “Audiovisual e Novas Mídias”, se consolida como uma formação multidisciplinar e atenta para as transformações de uma das carreiras mais importantes do século. A graduação, composta por uma renovada matriz curricular, forma profissionais para os diferentes campos do audiovisual, que possam atuar desde a concepção artística e estética à produção de conteúdos, com uma visão crítica capaz de compreender a complexidade da experiência contemporânea.

A proposta pedagógica do curso tem o intuito de criar ambientes capazes de articular conteúdos teóricos e experiências práticas, que mobilizem o exercício do pensamento crítico e das sensibilidades estéticas do estudante.