angle-left Educação Física: procura por estilo de vida saudável consolida profissão

Seg, 3 Setembro 2018 15:45

Educação Física: procura por estilo de vida saudável consolida profissão

Serviços de atendimento personalizado trazem fortalecimento do mercado em razão da busca por saúde e condicionamento físico.


Coordenadora do curso de Educação Física, Diane Nocrato. Foto: Ares Soares.
Coordenadora do curso de Educação Física, Diane Nocrato. Foto: Ares Soares.

Regulamentada e fiscalizada desde 1996, a profissão de Educador Físico prepara os novos profissionais prepara para atuar em um mercado emergente, movido pelo crescente interesse por melhoria da qualidade de vida e da saúde, com campo de trabalho extenso e diversificado.

Na Universidade de Fortaleza (Unifor), o curso de Educação Física (bacharelado) é reconhecido com nota 4 pelo Ministério da Educação (MEC) e se destaca pela estrutura disponibilizada aos estudantes com espaços como Estádio de Atletismo, Ginásio Poliesportivo, Academia Unifor, Quadras de Tênis e Piscina Semiolímpica. Esses locais também sediam eventos e competições consolidados como referência no calendário esportivo local e nacional, como a Corrida de Rua Unifor, o Unifor Open de Tênis e Campeonatos Estaduais e Brasileiros de Atletismo.

Outro destaque é a Academia Unifor: moderna e totalmente equipada, a academia funciona inserida no complexo esportivo ao lado do Ginásio Poliesportivo e oferece espaço de prática e pesquisa aos alunos dos cursos de Educação Física. Com padrões internacionais destinados a cada modalidade esportiva, o espaço oferece equipamentos e instalações que estimulam a prática desportiva e complementam as atividades acadêmicas.

O curso traz ainda a possibilidade de módulos híbridos, também conhecidos como semipresenciais. Com isso, o aluno pode contar com a flexibilidade do ensino a distância, podendo estudar o conteúdo teórico onde estiver. As aulas práticas ocorrem semanalmente ou quinzenalmente. Assim, o aluno consegue desempenhar melhor a aplicação dos conteúdos práticos e ter mais tempo para outras atividades. Todo o conteúdo é acompanhado por um professor da área que permanece à disposição do aluno por todo o período do módulo.

Como bacharel, o profissional formado pela Unifor estará apto a trabalhar em diversos segmentos da organização social, assim como na orientação para o desenvolvimento de atividades físicas e/ou recreação em hospitais, hotéis, programas para a terceira idade, programas de educação física adaptada, programas de atividades físicas e de lazer, entre outros. Na qualidade de licenciado, pode atuar em todos os níveis da educação básica, como educação infantil, ensino fundamental e ensino médio, além de planejamento, implantação e avaliação de programas do componente curricular da Educação Física e na gestão escolar.

Entre os projetos desenvolvidos pelo curso estão o Caminhada da Saúde (Programa de condicionamento físico para idosos), Escola de Formação Desportiva (Iniciação esportiva para crianças e adolescentes) e Atividade Física Adaptada (para pessoas com limitações físicas e sensoriais).

Confira a entrevista com a professora Diane Nocrato, coordenadora do curso da Unifor:

UNIFOR: Como está o mercado de trabalho para o profissional de Educação Física? Está crescente, em expansão, em alta? Por quê?

Diane Nocrato: Em virtude da preocupação das pessoas com o condicionamento físico e a saúde do corpo, o profissional de Educação Física vem sendo cada vez mais requisitado, por isso, o mercado de trabalho para quem se forma nessa área é tão promissor.  Um exemplo é o aumento do número de academias no Brasil, o que demanda uma procura por profissionais competentes e diferenciados na área de atividades em academia, para um melhor atendimento ao público interessado, que se apresenta mais exigente com relação a qualidade dos serviços prestados. Para profissionais empreendedores, há sempre possibilidade de criar o próprio negócio, seja este voltado diretamente a prestação de serviços ligados a educação física, ou relacionado a comercialização de produtos na área da saúde. Outro setor que cresce bastante é o da recreação e turismo. Hotéis, resorts, pousadas e até navios contratam profissionais de Educação Física para realizarem atividades recreativas com seus hóspedes como brincadeiras, caminhadas, aulas de ginástica, hidroginástica, esportes radicais e etc.

UNIFOR: Quais são as áreas de atuação em que há mais contratações de recém-formados? E para quem já tem experiência? Por quê?

Diane Nocrato: Com a grande expansão das academias de ginástica, esta apresenta uma maior demanda de contratação para os profissionais recém-formados. Como nosso estado tem fortes características turísticas, a procura por profissionais de Educação Física para trabalhar com atividades físicas, recreativas e de lazer, tem sido ampliado a demanda por contratações. Já para os profissionais experientes, a oferta de seleções para o Serviço Público em âmbito Federal, Estadual e Municipal tem ampliado as oportunidades de vagas, nas Escolas de Educação Básica, Universidades, Institutos Federais de Educação e SUS/NASF, em cargos como professores, técnicos-esportivos, gestores e consultores. A iniciativa privada tem buscado profissionais experientes para cargos na área de gestão, consultoria e assessoria esportiva, sendo esta uma tendência em expansão.

UNIFOR: Onde estão as melhores oportunidades (regiões, cidades etc)? Por quê?

Diane Nocrato: Sem dúvidas, as regiões Sudeste e Sul apresentam o maior número de oportunidades, por conta da maior densidade populacional e concentração de recursos financeiros, o que aumenta a oferta de empregos. O acesso à informação tem auxiliado a população brasileira para uma maior compreensão sobre a importância do trabalho do profissional de Educação Física, em suas áreas de atuação, e aumentado a oferta de empregos, também, nas demais regiões do país. As melhores oportunidades encontram-se nas atividades de condicionamento físico (ofertadas em academias, condomínios e similares), Clubes sociais e esportivos, no Serviço Público em âmbito Federal, Estadual e Municipal, Atividades de recreação e lazer, associativas e de serviços pessoais personalizados.

UNIFOR: Quais são as tendências e perspectivas futuras para essa profissão?

Diane Nocrato: Uma tendência atual do mercado ligada à Educação Física é a Gamificação (ou, em inglês, gamification). Tornou-se uma das apostas da educação no século 21. O termo significa simplesmente usar elementos dos jogos de forma a engajar pessoas para atingir um objetivo. Esse tipo de estratégia vem entrando nas academias, especificamente nas aulas coletivas, com a proposta de estimular a adesão desses clientes às atividades oferecidas, cabendo ao profissional de Educação Física estar atualizado e envolvido com as inovações do mercado, buscando apresentar um perfil coerente para esta tendência. Um exemplo do trabalho que utiliza a gamificação e que se apresenta atualmente com uma forte tendência é a modalidade Crossfit, que desenvolve o condicionamento físico geral em seus praticantes, podendo se estender a nível competitivo. As perspectivas futuras são sempre as melhores possíveis, pois o poder de informação das pessoas com relação aos benefícios de um estilo de vida saudável e ativo, que envolve principalmente a prática de atividades físicas, exercícios físicos e alimentação equilibrada, aumenta a cada dia, viabilizando o trabalho dos Profissionais de Educação Física. Dando enfoque a importância da profissão e da contratação de profissionais regulamentados pelo Conselho Profissional (CREF5), priorizando um serviço de qualidade para a sociedade.

UNIFOR: Surgiram novas áreas de atuação?

Diane Nocrato: Os serviços de atendimento personalizado serão crescentes em uma sociedade que cada vez mais se preocupa com sua saúde e condição física.

UNIFOR: No caso do curso, há novidades no currículo? Tem trabalho de conclusão de curso e estágios obrigatórios? Se sim, como funcionam esses estágios (mais detalhes)? 

Diane Nocrato: As principais mudanças serão no sentido de atualizarmos a matriz curricular do curso, levando em consideração as reais necessidades do mercado profissional nas diferentes áreas de atuação. Como o curso já desenvolve uma formação por competência viu-se a necessidade de atualização frente às novas demandas profissionais da área, o que qualificará ainda mais nossos profissionais em formação. Dando ênfase nas áreas de gestão e empreendedorismo, treinamento funcional, personalizado, grupos de corrida, esportes de areia e treinamento desportivo avançado. O grande diferencial será que o aluno vai cursar o semestre completo/fechado, oferecido na nova matriz curricular do curso, com mensalidades fixas, de valor acessível a realidade do mercado, com opções também de cursar em um tempo mais prolongado, e com menor custo na mensalidade. O novo curso contempla disciplinas de modo presencial, híbridas e à distância (EAD), seguindo as novas tendências da Educação Superior. Com Trabalhos de Conclusão de Curso específicos para as duas áreas, Bacharelado e Licenciatura e estágios nas diversas áreas, com o acompanhamento de professores supervisores e preceptores nos campos de vivências práticas. Sendo elas para a Licenciatura: Ensino Infantil, Fundamental I e II e Médio, já para o Bacharelado: Iniciação Esportiva, Esporte de rendimento, Grupos Especiais, Saúde Coletiva e Fitness.