angle-left Prêmio Unifor de Cinema agracia Melhor Curta-Metragem no Cine Ceará

Sex, 6 Setembro 2019 17:48

Prêmio Unifor de Cinema agracia Melhor Curta-Metragem no Cine Ceará

O prêmio objetiva incentivar diretores locais de cinema e será entregue durante a 29° edição do festival


Premiação em 2017 (Foto: Ares Soares)
Premiação em 2017 (Foto: Ares Soares)

A Universidade de Fortaleza vai conceder, pelo quarto ano consecutivo, o Prêmio Unifor de Cinema ao melhor curta-metragem da Mostra Olhar do Ceará, categoria que faz parte da programação do 29° Cine Ceará – Festival Ibero-Americano de Cinema.

Com o objetivo de incentivar a produção local cearense, a premiação ocorre na cerimônia de encerramento do evento, dia 6 de setembro, às 19h30 no Cineteatro São Luiz e contempla os produtores do curta-metragem ganhador com o valor de R$ 5.000,00.

Concorrem à quarta edição do Prêmio Unifor de Audiovisual 20 filmes de curta-metragem selecionados para a Mostra Olhar do Ceará. Criada na edição do festival de 1999, a mostra objetiva promover espaço para ver e discutir o audiovisual cearense.

Bete Jaguaribe, coordenadora do curso Cinema e Audiovisual da Unifor, ressalta que o encontro do mais antigo festival do Ceará e a primeira graduação de Cinema do estado é uma parceria inspiradora e importantíssima para o fortalecimento do campo audiovisual cearense.

“O Prêmio Unifor é uma iniciativa que se insere neste propósito de contribuir com os processos de invenção e formação audiovisual. A premiação de curtas dá visibilidade ao momento inicial da trajetória do realizador. É um momento importantíssimo, que nos interessa enquanto Universidade, porque é revelador de processos de criação”, comenta ela.

Alunos da Unifor no Cine Ceará

Cinco estudantes do curso de Cinema e Audiovisual da Unifor foram selecionados para participar do 29º Cine Ceará. O aluno Sávio Fernandes participa da Mostra Competitiva Brasileira de Curta Metragem, com a obra “Oração ao cadáver desconhecido”, no qual foi diretor. Para a Mostra Olhar do Ceará foram selecionados os filmes “A mulher da pele azul”, que teve os alunos Pedro Ulee e Esther Arruda como diretores, e “Icarus”, dirigido por Vitor Rennan e Vitória Régia.

Confira a relação dos filmes que concorrem na Mostra Olhar do Ceará 

  • Currais. Dir. David Aguiar e Sabina Colares. Documentário. 2019. 91min.
  • Se arrependimento matasse. Dir. Lília Moema Santana. Ficção. 2019. 109min.
  • Tremor iê. Dir. Elena Meirelles e Lívia de Paiva. Ficção. 2019. 89min.

Curtas-metragens

  • A família marrom. Dir. Natal Portela. Documentário. 2019.
  • A mulher da pele azul. Dir. Esther Arruda e Pedro Ulee. Documentário. 2019.
  • A primeira foto. Dir. Tiago Pedro. Documentário. 2019.
  • Aqueles dois. Dir. Émerson Maranhão. Documentário. 2018.
  • Caretas. Dir. Sara Parente. Documentário. 2019.
  • Deusa Olímpica. Dir. Emília Schramm, Jéssika Souza, Pedro Luís Viana e Rafael Brasileiro. Documentário. 2018.
  • Espavento. Dir. Ana Francelino. Ficção. 2019.
  • Grilhões. Dir. Lucas Inocêncio. Ficção. 2018.
  • Hoje teci imagens que me habitam há muito tempo. Dir. Nilo Rivas. Experimental. 2019.
  • Icarus. Dir. Vitor Rennan e Vitória Régia. Documentário. 2018.
  • Iracema mon amour. Dir. Cesar Teixeira. Ficção. 2018.
  • O bando sagrado. Dir. Breno Baptista. Ficção. 2019.
  • Oceano. Dir. Amanda Pontes e Michelline Helena. Ficção. 2018.
  • Onde a noite não adormece. Dir. Paolla Martins e Rodrigo Ferreira. Ficção. 2018.
  • Onde a cidade é comida, saudade é fome. Dir. Willian Ferreira. Experimental. 2019.
  • Revoada. Dir. Victor Costa Lopes. Ficção. 2019.
  • Veias de fogo. Dir. Carnaval no Inferno. Documentário. 2019.