angle-left Universidade de Fortaleza lança graduação em Computação em Nuvem

Universidade de Fortaleza lança graduação em Computação em Nuvem

O evento de lançamento acontecerá no dia 2 de dezembro, e contará com palestra sobre a realidade e desafios desta área de atuação.


O palestrante Hélvio Machado Homem, membro da IBM Academy of Technology (Foto: IBM Brasil)
O palestrante Hélvio Machado Homem, membro da IBM Academy of Technology (Foto: IBM Brasil)

A Universidade de Fortaleza realiza, no próximo dia 2 de dezembro, evento de lançamento do curso de graduação em Computação em Nuvem. Com a nova graduação, a instituição passar a ser pioneira no ramo, oferecendo esta formação de maneira integral.

O lançamento do curso será realizado no auditório da Biblioteca, às 19h, e contará com a palestra "Computação em Nuvem - Realidade e Desafio", ministrada pelo especialista Hélvio Machado Homem*, membro da IBM Academy of Technology. Hélvio tem mais de 20 anos de experiência em TI, tendo trabalhado diretamente com Cloud Computing nos últimos 7 anos. Está na IBM desde 2005 onde já atuou como especialista de infraestrutura, arquiteto de TI e gerente de produtos.  Atualmente lidera um time de arquitetos de soluções de IBM Cloud no Brasil.

O curso passará a ser ofertado em 2020.1, e se caracteriza pela possibilidade de acessar arquivos e executar diferentes tarefas pela Internet, sem a necessidade de instalar aplicativos no computador. O armazenamento de dados é feito em serviços on-line.

Até então, somente cursos de especialização em Computação em Nuvem para graduados em áreas de Tecnologia da Informação eram ofertados no país. A universidade ofertará 40 vagas no primeiro semestre de 2020, no turno da noite.

O Arquiteto Nuvem, como é chamado pelo mercado de trabalho, vem suprir uma demanda reprimida de profissionais que sejam capazes de avaliar, projetar, implementar, integrar e gerenciar estruturas de computação em nuvem para comunicação e armazenamento de informações, além de analisar a aplicabilidade das tecnologias e serviços que habilitam a nuvem, nos tipos pública, privada e híbrida.

Outra importante característica do perfil do ‘arquiteto nuvem’ é a capacidade técnica de definir critérios para mensurar os indicadores de desempenho do ambiente computacional com rigor das soluções de segurança física e lógica, privacidade e confiabilidade dos dados, rastreabilidade e auditoria na nuvem.

A matriz curricular do curso é organizada no conceito de competência e é baseada em três eixos de formação, trazendo abordagem metodológica orientada por problemas e oportunizando espaços de experimentação de desenvolvimento de soluções com parceiros fornecedores de soluções para computação em nuvem.

O campo de trabalho do arquiteto nuvem se dá onde é preciso gerenciar a infraestrutura computacional necessária para computação em nuvem, podendo trabalhar em empresas privadas, públicas, comércios, centro de processamento de dados, entre outros.

Liádina Camargo, coordenadora do curso de Computação em Nuvem, fala sobre os diferenciais do curso e atuação no mercado. “A Computação em Nuvem representa um modelo de provisionamento de recursos de TI que tem feito sucesso nos últimos anos.  Este modelo promove a oferta de diferentes recursos de TI (servidores, espaço de armazenamento, aplicações, rede, entre outros), provisionados de modo rápido e ágil por meio de técnicas de virtualização”.

“O curso de Computação em Nuvem da Unifor tem em seu propósito formar profissionais para atuarem nesta prestação de serviços.  As empresas que contratam serviços provisionados em nuvem podem se dedicar as suas atividades estratégicas e afins, ficando a cargo dos arquitetos-nuvem a gestão e operação dos centros de dados. O curso está pautado na configuração de uma infraestrutura que possa suportar a migração e a operação de serviços de internet e gestão de negócio”, explica Liádina.

Serviço

Lançamento do novo curso de graduação "Computação em Nuvem"
Data: 2 de dezembro de 2019
Horário: 19h
Local: Auditório da Biblioteca

* OBS: o palestrante Wagner L. Baccarin Arnaut não pôde comparecer ao evento por motivos pessoais. Um novo palestrante da IBM foi confirmado.