angle-left Novo curso de Computação se beneficia da aproximação universidade-empresa do TEC-Unifor

Seg, 14 Outubro 2019 16:14

Novo curso de Computação se beneficia da aproximação universidade-empresa do TEC-Unifor

Professores da Universidade de Fortaleza e representantes do mercado se reuniram para discutir sobre a implementação do curso de Computação em Nuvem


O curso de graduação em computação em nuvem é uma área inexplorada no ponto de vista da formação na graduação, sendo a primeira experiência de formação específica nesta área do Brasil. Foto: Arquivo pessoal.
O curso de graduação em computação em nuvem é uma área inexplorada no ponto de vista da formação na graduação, sendo a primeira experiência de formação específica nesta área do Brasil. Foto: Arquivo pessoal.

Pensando na construção da matriz de proposta do novo curso de computação em nuvem, a Diretoria de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (DPDI), juntamente com a Direção de Ciências Tecnológicas e em conjunto com representantes de empresas voltadas para o mercado tecnológico se reuniram para discutir sobre aplicação e grade curricular. Estavam presentes o vice-reitor de graduação Henrique Luis do Carmo Sá, o Diretor de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação, Vasco Furtado e o presidente do Instituto Iracema Digital, Ricardo Liebmann.

Na reunião também estavam presentes representantes da Associação Cearense de Ensino Superior (ACESP), organização que agrega à várias outras empresas, além da IVIA, Unimed, PathFind e SecrelNet, grandes provedores de solução na área de computação, banco de dados e na área de computação em nuvem, que são focos do novo curso. 

O curso de graduação em computação em nuvem é uma área inexplorada no ponto de vista da formação na graduação, sendo a primeira experiência de formação específica nesta área do Brasil. Dentre os principais benefícios estão o custo, velocidade, escala global, produtividade, desempenho, confiabilidade e segurança. 

Além disso, o uso da computação em nuvem pode ser aplicado na criação de aplicativos nativos da nuvem, no armazenamento, backup e recuperação de dados, transmissão de áudio e vídeo, no fornecimento de software sob demanda, teste e criação de aplicativos, análise de dados e inserção de inteligência, complementando outras áreas de desenvolvimento de profissionais no campo da ciência da computação, com a incorporação da nova proposta curricular. 

O presidente do Instituto Iracema Digital, Ricardo Liebmann, comenta sobre a importância  de uma reunião que tem como propósito aproximar a universidade do mercado, naturalmente, ocorrendo uma melhoria na aplicação do curso, já que o mercado irá usufruir dos egressos do curso proposto. “O curso de graduação em computação em nuvem é muito interessante, pelo fato de as pessoas do mercado estarem aqui, reconhecendo a necessidade desse curso, além da Universidade de Fortaleza estar apresentando uma visão atualizada da necessidade do mercado e das tendências tecnológicas”, discorre. 

O vice-reitor de graduação, Henrique Luis do Carmo Sá, afirma que o curso tem possibilidades de parcerias com essas empresas para que os alunos, enquanto cursam as disciplinas, possam desenvolver projetos de inovação, considerando as necessidades de grandes empresas desse mercado. “A nossa proposta é criar uma espécie de indução para o mercado, estabelecendo e compreendendo a necessidade e tendências dele. Dessa forma, é imprescindível ouvir e aproximar-se dele para que possamos entender suas expectativas e o tipo de egresso que ele espera”, conclui.