angle-left Professores têm artigo premiado na 13ª Conferência Europeia de Arquitetura de Software (ECSA)

Seg, 14 Outubro 2019 16:20

Professores têm artigo premiado na 13ª Conferência Europeia de Arquitetura de Software (ECSA)

A conferência foi realizada no período de 9 a 13 de setembro em Paris, França


Professores Nabor Mendonça e Carlos Mendes, do Programa de mestrado e doutorado em Informática Aplicada (PPGIA) e dos cursos de Ciência da Computação e Análise e Desenvolvimento de Sistemas da Unifor, respectivamente. Foto: Universidade de Fortaleza.
Professores Nabor Mendonça e Carlos Mendes, do Programa de mestrado e doutorado em Informática Aplicada (PPGIA) e dos cursos de Ciência da Computação e Análise e Desenvolvimento de Sistemas da Unifor, respectivamente. Foto: Universidade de Fortaleza.

A European Conference on Software Architecture (ECSA) é a principal conferência europeia de arquitetura de software, oferecendo aos pesquisadores uma plataforma para apresentar e discutir as descobertas e experiências mais recentes, inovadoras e significativas no campo da pesquisa e prática em arquitetura de software. 

O artigo Kubow: an architecture-based self-adaptation service for cloud native applications, de autoria de Carlos Mendes, professor dos cursos de Ciência da Computação e Análise e Desenvolvimento de Sistemas da Universidade de Fortaleza, e Nabor Mendonça, professor titular do Programa de mestrado e doutorado em Informática Aplicada (PPGIA) da Universidade de Fortaleza, juntamente com outros dois pesquisadores da Universidade Carnegie Mellon (CMU), EUA, recebeu o prêmio de Melhor Demonstração de Ferramenta da ECSA em 2019. 

O artigo descreve a ferramenta de nome 'Kubow', desenvolvida como parte do trabalho de mestrado do professor  Carlos Mendes, sob a orientação do professor Nabor Mendonça, em colaboração com os pesquisadores da CMU. 

Segundo Carlos, “Existe um problema nos sistemas de forma geral, que é a necessidade deles se adaptarem em resposta a variações no seu ambiente de execução ou no próprio sistema. Por exemplo, quando um site recebe uma grande quantidade de acessos de forma repentina, isso cria uma variação no ambiente e o site precisa se adaptar para conseguir atender aquela demanda considerada atípica sem comprometer a qualidade do serviços oferecidos a seus usuários”, discorre.

O professor Carlos explica que a ferramenta Kubow permite adicionar a capacidade de autoadaptação a qualquer aplicação desenvolvida utilizando as novas tecnologias da computação em nuvem, e que sua implementação estendeu uma ferramenta de autoadaptação já existente, desenvolvida originalmente na CMU, universidade na qual o professor Nabor Mendonça realizou pós doutorado recentemente.

“A importância da ferramenta para o campo da computação em nuvem se dá pelo fato de hoje não haver ferramentas de autoadaptação com a mesma capacidade e flexibilidade do Kubow disponíveis publicamente. A ferramenta desenvolvida é de código aberto, sendo acessível a qualquer usuário interessado em utilizá-la ou até mesmo melhorá-la”, ressalta.