angle-left Pesquisadores estudam desenvolvimento de ferramenta para monitorar doenças cardíacas

Ter, 3 Setembro 2019 09:12

Pesquisadores estudam desenvolvimento de ferramenta para monitorar doenças cardíacas

A ferramenta tem como uma das funcionalidades facilitar o exame, que poderá ser realizado pelo próprio usuário.


O artigo foi defendido pelo professor Marcus, no 19° Simpósio Brasileiro de Computação Aplicada à Saúde (SBCAS2019) que aconteceu em junho no Rio de Janeiro (Foto: Divulgação/SBCAS2019)
O artigo foi defendido pelo professor Marcus, no 19° Simpósio Brasileiro de Computação Aplicada à Saúde (SBCAS2019) que aconteceu em junho no Rio de Janeiro (Foto: Divulgação/SBCAS2019)

O artigo Online heart monitoring systems on the internet of health things environments: A survey, a reference model and an outlook, publicado na revista internacional Information Infusion de fator de impacto 10,72 (Qualis A1), consiste no estudo para desenvolver uma ferramenta direcionada ao monitoramento do coração.

Oriunda da dissertação de mestrado de Marcus Monte, aluno de Mestrado do Programa de Pós-Graduação em Informática Aplicada (PPGIA) a pesquisa consiste no desenvolvimento de uma nova ferramenta, adaptada em um produto de modelo semelhante a um smartband, acessório que auxilia no monitoramento de atividades diárias do seu usuário, com o intuito de registrar a frequência cardíaca e pressão arterial. 

Victor Hugo Albuquerque, professor do PPGIA e orientador de Marcus, ressalta que notou a necessidade da criação dessa ferramenta devido às dificuldades de acesso de grande parte da população para saúde de qualidade e acesso a tecnologias. “Fizemos isso com o intuito de substituir o exame tradicional, o ‘mapa’, que não apesenta praticidade”, explica. 

“Devido ao alto custo e lotação existentes nos hospitais, decidi planejar desenvolver essa ferramenta, em baixo custo. Ela poderá auxiliar familiares e especialistas em uma tomada de decisão rápida e precisa, pois, o sistema consegue detectar arritmias”, complementa. 

Marcus destaca que uma das vantagens de a ferramenta ser desenvolvida no modelo semelhante a um “smartband” é realizar a análise preditiva, em que o próprio usuário pode avaliar como está seu risco de hipertensão, uma das maiores causas de doenças cardíacas.

O artigo foi defendido por Marcus Monte no 19° Simpósio Brasileiro de Computação Aplicada à Saúde (SBCAS2019), que aconteceu de 11 a 14 de junho na Universidade Federal Fluminense, Rio de Janeiro. O professor Roberto Munoz, da Universidad de Val Paraíso, localizada no Chile, também colaborou com a elaboração do artigo.