angle-left Ranking THE coloca a Unifor mais uma vez entre as melhores do mundo

Qua, 24 Junho 2020 09:42

Ranking THE coloca a Unifor mais uma vez entre as melhores do mundo

Desta vez, a classificação é entre as Universidades com até 50 anos.


Do Brasil, constam no ranking apenas dez instituições de ensino superior, sendo a Unifor a única instituição particular. (Observação: foto do campus antes da pandemia)
Do Brasil, constam no ranking apenas dez instituições de ensino superior, sendo a Unifor a única instituição particular. (Observação: foto do campus antes da pandemia)

A Universidade de Fortaleza, da Fundação Edson Queiroz, está entre as melhores universidades do mundo com até 50 anos, segundo THE Young University Ranking, elaborado pela Times Higher Education (THE), entidade britânica que produz a principal avaliação internacional do segmento de educação. O ranking foi divulgado nesta quarta-feira (24), em Londres. Do Brasil, constam apenas dez instituições de ensino superior, sendo a Unifor a única instituição particular, ficando em 2º lugar entre as brasileiras.

O ranking da THE avalia as universidades a partir de cinco critérios: ensino, pesquisa, citação, internacionalização e transferência de tecnologia. “Nosso ambiente de aprendizagem sempre foi muito rico. Temos produtos educacionais muito centrados nas necessidades da nossa comunidade. Nosso corpo docente é altamente qualificado do ponto de vista técnico e educacional. É uma preocupação muito grande da Universidade aplicar as melhores técnicas de ensino e aprendizagem. Outra característica forte nossa é a relação que temos com o estudante. Oferecemos currículos que colocam o aluno no centro do processo”, avalia o professor Henrique Sá, vice-reitor de Ensino de Graduação.  

Além do ensino e extensão, desde sua fundação, a Unifor se preparou para ser uma Universidade com alto volume e variedade de pesquisas, oferecendo incentivo estrutural e institucional para a formação do seu corpo de professores no doutorado. “Isso é raro, porque as universidades passam muito tempo investindo em ensino. Mesmo jovem, a Unifor começa a impactar na sociedade e ter inserção internacional. Nada disso acontece imediatamente. Sempre esteve no nosso planejamento”, destaca o professor Vasco Furtado, diretor de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação

Atualmente, o investimento da Fundação Edson Queiroz em pesquisa e inovação é da ordem de R$ 4 milhões/ano. “Isso significa dinheiro aplicado diretamente na pesquisa, nos professores e em projetos de internacionalização. São políticas dessa natureza, com investimento continuado e crescente, que explicam o sucesso em rankings como o THE e vão dar cada vez mais resultados positivos para a Universidade e para a sociedade. Somente em pesquisas internas, estamos investindo R$ 1,5 mi este ano, com destaque para as pesquisas da Covid”, comenta Vasco. 

Pesquisa, acima de tudo, é investimento em pessoas. Além do investimento em laboratório e infraestrutura, a Unifor mantém uma política de bonificação de produtividade para seus pesquisadores, sobretudo para aqueles que publicam muitos artigos internacionais e são referenciados por muitos pesquisadores. Isso contribui para a internacionalização da Universidade, que também é reforçada pelo projeto Fellow, a partir do qual pesquisadores reputados internacionalmente, de instituições como Universidade de Harvard, Califórnia e Concordia, são remunerados mensalmente para fazer pesquisas com pesquisadores da Unifor. 

Para o professor Randal Pompeu, vice-reitor de Extensão, fazer parte do seleto grupo das melhores universidades do mundo, segundo o ranking THE, é motivo de orgulho e traduz o reconhecimento do trabalho desenvolvido pela Unifor, considerada referência em internacionalização. Em atuação desde 2001, o Escritório para Assuntos Internacionais apresenta um número crescente de convênios com instituições estrangeiras. Atualmente, são 126 universidades conveniadas em 28 países, o que possibilita a mobilidade internacional de docentes e discentes. “Vale destacar ainda que os alunos da Unifor têm a possibilidade de obter o duplo diploma internacional e os professores podem desenvolver projetos de pesquisa com instituições estrangeiras”, destaca Randal. 

A transferência de tecnologia, outro item avaliado pelo ranking THE, acaba sendo consequência dos investimentos em pesquisa e inovação feitos pela Universidade. “A aproximação das pesquisas às necessidades do mercado são uma diretriz na Universidade de Fortaleza. Isso facilita para a transferência tecnológica, que resulta em desenvolvimento de patentes, por exemplo. O parque tecnológico instalado no campus é um exemplo disso, pois temos grandes empresas aqui que desenvolvem pesquisa aplicada”, pontua o professor Vasco Furtado.

Estude na Unifor

O mundo mudou e você também pode mudar. Conheça as novas possibilidades de estudar na Universidade de Fortaleza no próximo semestre e juntos estaremos preparados para o futuro.

Aproveite as inscrições gratuitas*, o novo vestibular online e confira as demais vantagens para ingressar em uma das melhores Universidades do mundo aqui. Esperamos você!

*exceto Medicina