angle-left Unifor produz modelo de máscaras doadas em parceria com a Prefeitura de Fortaleza

Seg, 13 Abril 2020 16:38

Unifor produz modelo de máscaras doadas em parceria com a Prefeitura de Fortaleza

O modelo foi idealizado por professoras do curso de Design de Moda da instituição.


Professoras do curso de Design de Moda são responsáveis pela elaboração das máscaras (Foto: Divulgação)
Professoras do curso de Design de Moda são responsáveis pela elaboração das máscaras (Foto: Divulgação)

A Universidade de Fortaleza, em parceria com a Prefeitura de Fortaleza, vai distribuir 3 milhões de máscaras de tecido para combater o avanço da pandemia do novo coronavírus. A iniciativa faz parte do projeto “Todos com Máscara”, desenvolvido pela prefeitura e que possui o objetivo de produzir máscaras com o auxílio de autônomos, microempreendedores individuais e microempresas. 

Quatro professoras do curso de Design de Moda participaram da concepção do produto: Priscila Medeiros, Germana Fontenelle, Fernanda Moriconi e Goretti Cabral. A equipe conduziu alguns estudos para a criação de uma máscara funcional que pudesse ser distribuída para pessoas em situação de vulnerabilidade social e servidores públicos das áreas administrativas dos órgãos municipais.

De acordo com a professora Priscila Medeiros, critérios como tempo de produção, funcionalidade e proteção foram decisivos para a elaboração do modelo final. Feita com tecido 100% algodão, a máscara é lavável e possui filtro interno removível, que visa reter a transmissão de gotículas expelidas pelo nariz e pela boca. O produto foi desenvolvido respeitando critérios ergonômicos, o que a torna mais ajustável ao rosto.

As embalagens das máscaras serão fornecidas pela Unifor, com recomendações sobre uso e conservação do produto. Não é recomendado, de acordo com orientação da Organização Mundial da Saúde (OMS), a utilização de máscaras caseiras por mais de duas horas consecutivas, sendo importante trocá-las e lavá-las.

Fernanda Moriconi explica que, embora funcional, a máscara precisa de alguns cuidados. “A retirada da máscara deve ser feita pela parte de trás, com as mãos devidamente higienizadas, para evitar que o produto seja contaminado. Após o uso, é recomendado que a máscara seja posta em um saco para, então, ser lavada”, ressalta Moriconi.

A professora acrescenta que é importante a máscara estar sempre com o filtro, já que somente o tecido não é capaz de segurar gotículas de saliva no caso de a pessoa espirrar ou tossir. Quanto ao material do filtro, Fernanda comenta que os materiais indicados são o perlon de média espessura, tnt 40 ou então o duramax, da marca scott.

“Diante da proliferação do coronavírus é preciso incentivar medidas de prevenção. Além da higienização constante das mãos, o uso de máscaras pode auxiliar de forma positiva no combate à pandemia. Por isso, com o apoio técnico das professoras do curso de Design de Moda, a Universidade de Fortaleza abraçou essa ação da Prefeitura que, no momento, é crucial para a população vulnerável”, comenta a professora Priscila Medeiros.