angle-left Estudante integra time de vôlei feminino na 30ª Universíade, na Itália

Ter, 4 Junho 2019 17:02

Estudante integra time de vôlei feminino na 30ª Universíade, na Itália

Verena Figueira de Oliveira integra a Seleção Brasileira de Voleibol Universitário. Foto: Ares Soares.
Verena Figueira de Oliveira integra a Seleção Brasileira de Voleibol Universitário. Foto: Ares Soares.

O sonho de todo atleta é ser destaque na modalidade que pratica e fazer parte de competições nacionais e internacionais. Não seria diferente para Verena Figueira de Oliveira, de 22 anos, aluna do último semestre do curso de Nutrição da Universidade de Fortaleza. Ela foi convocada para o segundo maior evento poliesportivo do mundo, a 30ª edição da Universíade de Verão, que acontece em Napoli, Itália.

De 3 a 14 de julho, as cidades de Napoli, Caserta e Salerno, recebem cerca de 10 mil alunos-atletas, de mais de 170 países, para competir em 18 modalidades, entre elas: tiro com arco, atletismo, basquete, saltos ornamentais, esgrima, futebol, ginástica artística, ginástica rítmica, judô, rugby 7, vela, tiro esportivo, natação, tênis de mesa, taekwondo, tênis, vôlei e polo aquático.

Segundo a estudante, seu início no vôlei começou muito cedo e permanece em sua vida até hoje. “Comecei numa escolinha de vôlei de praia, aos 12 anos, e desde então não me vejo mais sem esse esporte na minha vida. Ao longo do tempo, fui aprimorando os saques, as manchetes e os passes para entregar sempre o meu melhor. Quando comecei a estudar na Unifor, eu representava a universidade e o Estado do Ceará nas competições que participava”, disse.

O convite para integrar a Seleção Brasileira de Voleibol Universitário, partiu do treinador do time de voleibol da Universidade Paulista (UNIP), único time a ser chamado para a Universíade 2019. “Há duas semanas recebi a ligação dele e fiquei muito surpresa com o convite para representar o Brasil nesta competição internacional. Participei dos Jogos Universitários Brasileiros (JUBs) em 2016, 2017 e 2018, mas nunca havia participado de jogos no exterior. A expectativa é trazer o prêmio pra casa”, revela Verena.

De acordo com o Chefe da Divisão de Assuntos Desportivos (DAD), Ralciney Barbosa, a convocação da Verena é de extrema importância para o esporte e para a Unifor. “Ter esta aluna, única convocada do Norte/Nordeste nessa modalidade, numa competição internacional é o reconhecimento de um trabalho glorioso feito pela Unifor, através da Vice- Reitoria de Extensão e Comunidade Universitária. Somos a segunda melhor instituição no ranking do desporto universitário, onde sempre nos classificamos muito bem nas competições nacionais. Entendendo que este tipo de investimento faz parte da formação do aluno/atleta. Nossa expectativa é que a equipe brasileira tenha uma boa classificação na competição”, afirma.

Jogos Universitários Mundiais

Os Jogos Universitários Mundiais – ou Universíade – ocorreram pela primeira vez em 1923. A ideia do nome consiste em juntar os termos Universidade e Olimpíadas, em alusão aos Jogos Olímpicos. O torneio é multiesportivo e internacional, organizado para atletas competidores universitários pela Federação Internacional de Desporto Universitário (FISU).

O evento acontece a cada dois anos e tem como sede cidades diferentes a cada edição. A competição já passou por cidades como Turim em 1969, Porto Alegre em 1963, Roma em 1975, Pequim em 2001 e Kazan, na Rússia, em 2013, entre várias outras.

A Universíade é o maior evento cultural e poliesportivo do mundo, perdendo apenas para as Olimpíadas. Ele reúne diversas modalidades, recebendo até 12 mil atletas que possuem entre 18 e 25 anos. Nas últimas edições, aproximadamente 160 países participaram.