angle-left Unifor sedia I Encontro da Sociedade Brasileira de Nefrologia

Unifor sedia I Encontro da Sociedade Brasileira de Nefrologia

Evento acontece nos dias 22 e 23 de março com o objetivo principal de capacitar e atualizar profissionais da saúde


O principal objetivo é capacitar e atualizar profissionais da área da saúde. Foto: Ares Soares.
O principal objetivo é capacitar e atualizar profissionais da área da saúde. Foto: Ares Soares.

A Universidade de Fortaleza sedia nos dias 22 e 23 de março, o I Encontro da Sociedade Brasileira de Nefrologia. As inscrições estão disponíveis neste link.

Organizado pela Sociedade Brasileira de Nefrologia – Regional Ceará, em parceria com o Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva da Unifor, o encontro será realizado no Teatro Celina Queiroz da universidade. O evento conta com a participação de renomados palestrantes de todo o Brasil e vasta programação temática. 

O principal objetivo é capacitar e atualizar profissionais da área da saúde, com foco na atenção primária, no sentido de discutir estratégias para a prevenção da doença renal crônica, que atinge cerca de 10% da população mundial, vem tomando níveis epidêmicos nos últimos anos no Brasil, e cujas causas principais são a hipertensão arterial sistêmica e diabetes mellitus.  

Nos últimos anos o Brasil é o país que realiza o maior número de atividades para a população, com atendimento gratuito ao público e encaminhamento de pacientes para os serviços de Nefrologia, o evento é uma das atividades científicas do Dia Mundial do Rim 2019.

Prevenção de doenças renais 

No mês de março a Sociedade Internacional de Nefrologia, em parceria com a Sociedade Brasileira de Nefrologia, realiza a campanha do Dia Mundial do Rim, com diversas atividades sociais no mundo todo com o objetivo de conscientizar as pessoas sobre os fatores de risco para as doenças renais e orientar sobre os meios de prevenção.

Na semana entre os dias 11 e 15 de março serão realizadas atividades educacionais para os pacientes em atendimento no Núcleo de Atenção Médica Integrada (NAMI) da Unifor, voltadas para a prevenção da doença renal, com a participação dos estudantes de projetos de extensão (Liga de Nefrologia e Liga de Homeostase do curso de Medicina).

Programação completa 

Dia 22 de março de 2019 (sexta-feira) 

  • 8h-8h30 Abertura
  • 08h30-10h Mesa 1: Epidemiologia da Doença Renal Crônica (DRC)
    Moderador: Silvana Daher (HUWC-UFC/HGF)
  • 08h30-09h00 - Conferência de abertura: Epidemiologia da DRC no Brasil e no mundo Gianna Kirsztajn (UNIFESP)
  • 9h00-9h20 Rastreamento, detecção precoce de DRC e papel da atenção primária Geraldo Bezerra (UNIFOR)
  • 9h20-9h40 Atuação do enfermeiro no rastreamento da DRC
    Moderador: Sily Praciano (UECE/CIDH)
  • 9h40-10h Discussão
  • 10h-10h30 Intervalo/Coffee-break
  • 10h30-12h Mesa 2: Principais causas de DRC e estratégias de prevenção
    Moderador: Paulo Mota (FUNDAÇÃO DO RIM)
  • 10h30-11h Hipertensão arterial sistêmica: o que há de novo nas diretrizes atuais? 
    Maria Tereza de Sá Leitão Borges (Sociedade Brasileira de Cardiologia/Hospital de Messejana) 
  • 11h-11h30 Nefropatia diabética Paula Frassinetti Fernandes (UECE/HUWC-UFC)
  • 11h30-12h Estratégias de capacitação da equipe multidisciplinar para o enfrentamento da DRC
    Moderador: Natalino Salgado Filho (UFMA)
  • 12h00-12h10 Discussão
  • 12h-14h Intervalo - almoço
  • 14h-16h Mesa 3: Diagnóstico laboratorial de doença renal
    Moderador: Polianna Lemos Albuquerque (UNIFOR/IJF)
  • 14h-14h20 Marcadores laboratoriais de lesão renal: creatinina, eTFG, cistatina e novos biomarcadores - Gdayllon Meneses (UFC)
  • 14h20-14h40 Urina tipo I e albuminúria Ramon Pessoa Bezerra de Menezes (UFC)
  • 14h40-15h Urocultura e antibiograma: quando solicitar, como interpretar e o que há de novo? - Silviane Praciano Bandeira (UFC)
  • 15h-15h30 Discussão
  • 15h30-16h Intervalo – Coffee-Break
  • Mesa 4: Estilos de vida e DRC Moderador: Regina Garcia
  • 16h-16h20 Uso de anabolizantes, suplementos vitamínicos e risco de doença renal - Elizabeth Daher (UFC)
  • 16h20-16h40 Atividade física e prevenção de doença renal Paulo Henrique Palácio (UNIFOR)
  • 16h40-17h Nutrição saudável e prevenção de doença renal Gueyhsa Nobre (NUTRIRE/PRONEFRON)
  • 17h-17h20 Discussão

Dia 23 de março de 2019 (sábado) 

  • Mesa 5: DRC e Saúde Pública Moderador: Eliana Regia Almeida (IJF/Central de Transplantes do Ceará)
  • 8h30-9h DRC: tratamento conservador, quando encaminhar ao Nefrologista e indicações de diálise Polianna Lemos Albuquerque (UNIFOR/IJF)
  • 9h-9h30 DRC e transplante renal no Brasil Tainá Sandes Freitas (UFC)
  • 9h30-10h Direitos dos pacientes com doença renal no âmbito do SUS: o desafio da saúde dos rins para todos - Eduardo Dias (UNIFOR/AGU)
  • 10h-10h30 Intervalo/Coffee-break Mesa 6: Ações e Propostas para o enfrentamento da DRC no Brasil - Moderador: Anaiara Lucena Queiroz (UNIFOR/HGF)
  • 10h30-11h Diretrizes clínicas para o cuidado ao paciente com DRC: atualização Claudia Oliveira (UNICHRISTUS/HUWC-UFC/HGF)
  • 11h-11h30 Ações e Planejamento da SBN para o enfrentamento da DRC no Brasil Vinícius Delfino (UEL)
  • 11h30-12h Discussão
  • 12h Encerramento

Serviço 

I Encontro da Sociedade Brasileira de Nefrologia 
Data: 22 e 23 de março de 2019
Local: Teatro Celina Queiroz da Unifor
Mais informações: (85) 3477-3280 

PALESTRANTES

Tem Mestrado em Medicina (Nefrologia), Doutorado em Medicina (Nefrologia) pela Universidade Federal de São Paulo/UNIFESP e Pós-Doutorado na UNIFESP. É Professora Adjunta Livre-Docente da UNIFESP e Coordenadora do Setor de Glomerulopatias da UNIFESP. Coordenou a Campanha Nacional de Prevenção de Doenças Renais de 2003 a 2010. Foi Diretora do Departamento de Prevenção de Doenças Renais da Sociedade Brasileira de Nefrologia até 2018. Foi agraciada com bolsa de produtividade em pesquisa do CNPq em 2009, 2013 e 2017. Exerceu a função de Chefe da Disciplina de Nefrologia da UNIFESP de 2013 a julho de 2017 e, em seguida, passou a ser Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Nefrologia da UNIFES

Graduação em Medicina pela Universidade Estadual de Londrina, bolsista CNPq na área de especialização em transplante de ilhotas pancreáticas no John Radcliffe Hospital, Nuffield Department of Surgery, Oxford, Reino Unido, mestrado em Medicina Interna pela Universidade Estadual de Londrina e doutorado em Clínica Médica pela Universidade Estadual de Campinas. Atualmente é professor titular e chefe da disciplina de nefrologia da Universidade Estadual de Londrina. Professor de nefrologia na PUC-PR, campus Londrina.

Graduação em Medicina pela Universidade Federal do Ceará, mestrado em Medicina (Clínica Médica) pela Universidade Federal do Ceará, especialização em Nutrição Clinica pela Universidade Estadual do Ceará e Doutorado em Ciências da Saúde pela Univerisdade Federal do Rio Grande do Norte. Atualmente é médica nefrologista da Unidade de Transplante Renal do HUWC da Universidade Federal do Ceará e do Hospital Geral de Fortaleza. É professora do Centro Universitário UniChristus em Fortaleza-Ceará e Coordenadora do Mestrado Profissional em Ensino em Saúde da Unichristus. É supervisora do Programa de Residência Médica em Nefrologia do HUWC da UFC.

Possui graduação pela Faculdade de Direito da Universidade Federal do Ceará, mestrado em Direito - Ordem Jurídica e Constitucional - pela Universidade Federal do Ceará e Doutorado em Direito pela Universidade de Lisboa. Atualmente é Procurador Federal - categoria especial - da Advocacia-Geral da União e Professor Titular do Programa de Pós-Graduação em Direito da Universidade de Fortaleza. Integra o Grupo de Pesquisa Núcleo de Estudos sobre Direito do Trabalho e da Seguridade Social - NEDTS, na Universidade de Fortaleza, e também o Grupo Internacional de Pesquisa Desenvolvimento Humano e Segurança Social na América Latina. 

Possui graduação em Medicina pela Universidade Federal do Ceará, mestrado e doutorado em Medicina (Nefrologia) pela Universidade de São Paulo (USP). Atualmente é Professora Associada IV do departamento de Medicina Clínica da Universidade Federal do Ceará. Foi Vice-Coordenadora do Curso de Medicina e Coordenadora do internato da Faculdade de Medicina da UFC de 2010 a 2018, preceptora do Hospital Geral de Fortaleza e Voluntary Assistance Professor da University of Miami. Professora orientadora do programa de Pós-Graduação em Ciências Médicas (CAPES nota 6) do Departamento de Medicina Clínica da Faculdade de Medicina da UFC. Líder do Diretório do grupo de pesquisa do CNPQ. Faz parte do Comitê Interno do Programa de Iniciação Científica da UFC na área de conhecimento Medicina I. Bolsista pesquisadora do CNPQ Nível 2. Recebeu Medalha de Honra ao Mérito do Conselho Regional de Medicina do Ceará-2017.

 

Graduado no Curso de Farmácia da Universidade Federal do Ceará (UFC), onde foi bolsista de Iniciação Científica e monitor de imunologia básica. Possui Mestrado e Doutorado em Farmacologia pelo Departamento de Fisiologia e Farmacologia da Faculdade de Medicina da UFC. Atualmente é pós-doutorando em Ciência Médicas na UFC. Tem experiência em análises bioquímicas, de estresse oxidativo e ensaios imunoenzimáticos (ELISA e Western Blot). Atua no Laboratório de pesquisa em Nefrologia e Doenças Tropicais (LNDT), dentro do Departamento de Análises Clínicas e Toxicológicas (UFC), coordenado pela Profa. Dra Alice Maria Costa Martins.

Médico graduado pela Universidade Federal do Ceará; Residência em Clínica Médica pelo Hospital Geral César Cals, da Secretaria da Saúde do Estado do Ceará; Residência em Nefrologia pelo Hospital Universitário Walter Cantídio da Universidade Federal do Ceará; Mestrado e Doutorado em Ciências Médicas pela Universidade Federal do Ceará; Pós-Doutorado em Saúde Coletiva/Epidemiologia pela Universidade Federal da Bahia. Atualmente é Professor Adjunto do Curso de Medicina e dos Programas de Pós-Graduação em Saúde Coletiva e Ciências Médicas da Universidade de Fortaleza e Médico do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará. Membro da Sociedade Brasileira de Nefrologia e International Society of Nephrology. Bolsista de Produtividade em Pesquisa 2 do CNPq.

Graduação em Enfermagem pela Universidade Estadual do Ceará (UECE), especialização em Enfermagem Médico Cirúrgica pela UECE, Enfermeira Nefrologista pela Sociedade Brasileira de Enfermagem em Nefrologia, Enfermeira Intensivista (UECE), Educadora em Diabetes (IDF), Mestre em Enfermagem Clínica-Cirúrgica, Enfermeira Assistencial da Secretaria de Saúde - Transplante Renal/HGF e do Ministério da Saúde – Centro Integrado de Diabetes e Hipertensão (CIDH), Professora Convidada da Pós- Graduação/UECE.

Graduação em Medicina pela Universidade Federal do Maranhão. Mestrado e Doutorado em Medicina (Nefrologia) pela Universidade Federal de São Paulo, vice-presidente da Sociedade Brasileira de Nefrologia (2007-2008). Atualmente é professor titular da Universidade Federal do Maranhão (UFMA). É Membro das Sociedades: Brasileira de Hipertensão Arterial, Brasileira de Nefrologia (SBN), International Society of Nephrology (ISN), American Society of Nephrology (ASN), Brasileira de História da Medicina. É Membro Titular das Academias: Nacional de Medicina, Maranhense de Letras e Academia Maranhense de Medicina e Coordenador do Projeto de Qualificação em Nefrologia Multidisciplinar (UNASUS/UFMA/MS).

Possui graduação em Nutrição pela Universidade Estadual do Ceará e pós-graduação em Nutrição Clínica Funcional pelo Instituto Valeria Paschoal. Atualmente é diretora administrativa da Nutrire, tem experiencia com Nutrição Clínica Hospitalar e no acompanhamento de pacientes renais crônicos em hemodiálise e diálise peritoneal em clínica de Hemodiálise e em tratamento conservador (ambulatorial).

Graduada em Medicina pela Universidade Federal do Ceará. Possui Residência Médica em Clínica Médica e Cardiologia. Mestra em Saúde Coletiva pela Universidade de Fortaleza-UNIFOR. Médica intensivista da Unidade Coronariana do Hospital de Messejana-Preceptora da Residência de Cardiologia-Hospital de Messejana. Titulo de Especialista em Cardiologia pela Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC). Título de Especialista em Terapia Intensiva pela Associação de Medicina Intensiva Brasileira (AMIB). Pós-graduação em Gestão do Cuidado do Paciente Crítico-Hospital Sírio Libanês-São Paulo.

Possui graduação em Medicina pela Universidade Federal do Ceará, Mestrado em Epidemiologia pela Universidade Federal de São Paulo e Doutorado em Medicina Interna e Terapêutica pela Universidade Federal de São Paulo e Universidade de Londres. Fellow da Fundação Rockfeller-INCLEN (1994-1995). Fellow da Sociedade Internacional de Nefrologia (Guy ́s Hospital Londres, 1996-1997). Atualmente é médica da Universidade Federal do Ceará-Preceptora da Residência Médica em Nefrologia e Chefe do Serviço do Sistema Urinário do Hospital Universitário Walter Cantídio-UFC (Unidade de Transplante Renal, Nefrologia, Hemodiálise e Urologia). Professora Adjunta Doutora do Curso de Medicina da Universidade Estadual do Ceará (UECE), Docente do Programa de Pós Graduação em Saúde Coletiva/PPSAC-UECE, Docente do Mestrado Profissional em Transplantes (UECE) e ex-Médica Diretora - Clínica Prontorim. Ex-Diretora do Núcleo de Medicina Baseada em Evidências - Unidade de Epidemiologia Clínica da Universidade Federal do Ceará (UFC).

 

Fisioterapeuta Graduado pela Universidade de Fortaleza - UNIFOR, Especialista em Fisioterapia Esportiva - SONAFE, MBA em Gestão Empresarial, Aprimoramento em Osteopatia Clínica - ATMS, Mestrando em Ciências Médicas - UFC. Experiência na área clínica desde 2001 (Fisioterapia Traumato-Ortopédica e Esportiva) e na docência do ensino superior desde 2003. Atualmente vinculado à UNIFOR como professor auxiliar-1.

 

Possui graduação em Medicina pela Universidade Federal do Ceará, residência médica em Clínica Médica pelo Hospital Geral César Cals. Médica Nefrologista pela Universidade Federal do Ceará. Possui Título de Especialista em Nefrologia pela Sociedade Brasileira de Nefrologia. Mestre em Ciências Médicas pela Universidade Federal do Ceará. Atua como médica nefrologista no Hospital Instituto Dr. José Frota, onde trabalha desde 2008. Atuou como coordenadora do Centro de Intoxicação e Assistência Toxicológica do mesmo hospital (2013-2017). Doutoranda do Programa de Pós- Graduação em Ciências Médicas da Universidade Federal do Ceará desde Março de 2016. Atualmente atua como pesquisadora afiliada no Programa Translacional Australiano de Toxicologia Clinica (TACT), Universidade de Sydney, Australia, financiada pela Coordenacao de Aperfeiçoamento de Ensino Superior (CAPES) através do programa Doutorado Sanduíche no Exterior (desde 2017).

 

Professor Adjunto AI do Departamento de Análises Clínicas da Universidade Federal do Ceará - área de estudos Análises Toxicológicas. Farmacêutico Generalista graduado pela Universidade Federal do Ceará. Especialista em Análises Clínicas e Mestre em Farmacologia, ambos pela Universidade Federal do Ceará. Doutor em Farmacologia pela Universidade Federal do Ceará. Realizou estágio de pós-doutorado no Laboratório de Pesquisa em Doenças Renais e Tropicais, sob supervisão da Profa. Dra. Alice Maria Costa Martins (2017-2018). Realiza pesquisas nas seguintes áreas: Farmacologia, pesquisa de novos fármacos, toxicologia, análises toxicológicas, doenças negligenciáveis, doença de chagas, doenças renais, envenenamentos ofídicos.

 

Graduação em Medicina pela Universidade Federal do Ceará (UFC), Residência Médica em Infectologia no Hospital São José de Doenças Infecciosas (CE), Mestrado e Doutorado em Microbiologia Médica pela UFC. Atua profissionalmente na área de Medicina Laboratorial, com ênfase em Microbiologia Médica, e desempenha atividades de pesquisa relacionadas a patógenos fúngicos emergentes e reemergentes junto ao Centro Especializado em Micologia Médica (CEMM).

 

Graduação em Medicina pela Universidade Federal do Piauí, Mestrado e Doutorado em Nefrologia pela Universidade Federal de São Paulo. Professora Adjunta de Nefrologia da Universidade Federal do Ceará (UFC). Vice-Presidente da Associação Brasileira de Transplante de Órgãos (ABTO). Membro do Departamento de Transplante Renal da Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN). Membro da American Society of Transplantation e da The Transplantation Society.