angle-left Curso de Cinema e Audiovisual divulga projetos do Grupo de Pesquisa sobre a Imagem

Ter, 26 Maio 2020 17:36

Curso de Cinema e Audiovisual divulga projetos do Grupo de Pesquisa sobre a Imagem

A primeira graduação em Cinema do Ceará promove iniciação à pesquisa com seis projetos.


As atividades são sistematizadas em duas linhas de pesquisa: poéticas da imagem e estéticas da imagem. (Foto: divulgação)
As atividades são sistematizadas em duas linhas de pesquisa: poéticas da imagem e estéticas da imagem. (Foto: divulgação)

Promover experiências investigativas no campo dos estudos da imagem. Esse é o objetivo do Grupo de Pesquisa sobre a Imagem (GPI), do curso de Cinema e Audiovisual da Universidade de Fortaleza, da Fundação Edson Queiroz. Aos interessados na prática da pesquisa acadêmica no âmbito das artes, o GPI conta com seis projetos de pesquisa em desenvolvimento, abertos à participação dos estudantes de qualquer curso da instituição.

Com ênfase nas áreas de conhecimento “cinema” e “artes do vídeo”, os esforços se voltam à articulação entre teoria e prática, fundamentando os estudos no pensamento crítico e analítico sobre o audiovisual. O GPI considera as diversas dimensões (técnica, estética, histórica, sociológica, política, fenomenológica) em seus vários dispositivos (pintura, fotografia, cinema, televisão, vídeo, imagem digital) e produtos (filmes, séries, games, obras instalativas) do audiovisual.

As atividades são sistematizadas em duas linhas de pesquisa: poéticas da imagem, que se dedica a pensar os procedimentos criativos e metodológicos do fazer artístico, construindo uma reflexão crítica sobre a prática fotográfica/cinematográfica/audiovisual em todas as suas etapas (roteiro, direção, montagem, edição, produção, distribuição etc); e estéticas da imagem, que analisa a imagem a partir de seu caráter relacional, considerando-a em suas mais distintas formas e manifestações (pictórica, fotográfica, cinematográfica, videográfica, digital).

Segundo a professora Eliane Diógenes, coordenadora do GPI, na cultura contemporânea, pode-se observar o crescimento acelerado da oferta de “máquinas semióticas” (câmeras fotográficas, câmeras de filmagem, gravadores de som, computadores, celulares). Para ela, tal fenômeno instiga os sujeitos “a se apoderar dos aparatos eletrônicos para criar imagens, vídeos, filmes, artes visuais, fotografias”. 

“Essa apropriação subjetiva das máquinas semióticas possibilita uma diversificação de produções de imagens. A escrita das experiências é construída, cada vez mais, por meio da linguagem visual, audiovisual”, afirma a professora.

Diógenes destaca a advertência de Alexandre Astruc, crítico de cinema francês que em 1948 associou a câmera à caneta, criando a expressão caméra-stylo (câmera-caneta): “se Descartes [filósofo, físico e matemático francês] estivesse vivo hoje, ele já teria se trancado em seu quarto com uma câmera de 16mm e um pouco de película e estaria escrevendo sua filosofia em película”.

Estudantes de qualquer curso da Universidade de Fortaleza podem participar dos projetos de pesquisa do GPI, basta contactar os professores coordenadores. Os projetos são vinculados ao Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) - entidade de incentivo à pesquisa no Brasil. Os encontros são monitorados por uma lista de presença, que pode gerar carga horária para atividades complementares. Confira a relação dos projetos de pesquisa:

Grupo de Pesquisa Sobre a Imagem (GPI)

Linha de Pesquisa Poéticas da Imagem:

DOCUMENTÁRIOS AUTOBIOGRÁFICOS E BIOGRÁFICOS

Estudos acerca dos filmes, nos quais o documentarista busca recuperar histórias e memórias referentes à sua própria vida e à vida de outras pessoas, públicas e anônimas.

Coordenação: Profa. Dra. Eliane Vasconcelos Diógenes (elianevd@uol.com.br) e Prof. Dr. Edvaldo Siqueira Albuquerque (valdosiqueira@gmail.com)

POÉTICAS DO ROTEIRO AUDIOVISUAL

Grupo I: Estudos da Escrita e da Poética do Roteiro Audiovisual

Estudo de estratégias narrativas e dramáticas no desenvolvimento de obras audiovisuais: formas dramatúrgicas, estruturas e soluções formais adotadas na organização do roteiro.

Grupo II: Núcleo Criativo Primeira Versão

Qualificação de projetos de longas-metragens e séries de ficção, analisando o desenvolvimento dramatúrgico das propostas selecionadas.

Coordenação: Prof. Dr. Marcelo Rodrigo Mingotti Muller (mmuller@unifor.br) e Prof. Me. Daniel Tavares de Oliveira (dtavares@unifor.br)

LABORATÓRIO DE ANIMAÇÃO: EXPERIMENTAÇÕES ESTÉTICAS NO CONTEXTO AUDIOVISUAL

Estética e realização de produções em animação sob o olhar contemporâneo. A animação como técnica e recurso narrativo apresenta amplas possibilidades. Orientamos projetos de animação dos cursos de Cinema e Audiovisual, Publicidade, Marketing e Jornalismo, bem como suprir demandas da TV Unifor. Adotamos práticas fundamentadas no mercado e estimulamos a experimentação de novas técnicas.

Coordenação: Profa. Dra. Ana Elisabete Freitas Jaguaribe (betejaguaribe@gmail.com) e Prof. Esp. Francisco Kaléo Mendes Liberato (fkaleo@gmail.com)

Linha de Pesquisa Estéticas da Imagem:

(DES) ENCONTROS LÍQUIDOS?

Analisamos as interfaces entre subjetividade(s), imagem(s), e espetáculo(s) no contexto contemporâneo.

Coordenação: Profa. Dra. Grace Troccoli Vitorino (gracet@unifor.br) e Profa. Dra. Xênia Diógenes Benfatti (xenia@unifor.br)

MITHO MOVIMENTO INVESTIGATIVO TRANSDISCIPLINAR DO HOMEM

Pesquisamos a potência da imaginação do homem de inventar histórias à procura de reequilibrar seus conflitos. Estas histórias são os mitos. Nossos estudos se desenvolvem nas perspectivas inter e transdisciplinar.

Coordenação: Prof. Dr. Carlos Velázquez Rueda (caveru@unifor.br)

Serviço

Grupo de Pesquisa sobre a Imagem (GPI)
Coordenação: Profa. Dra. Eliane Diógenes | elianevd@uol.com.br
Curso de Cinema e Audiovisual
Universidade de Fortaleza