angle-left Curso de Jornalismo da Unifor celebra 18 anos

Qua, 1 Agosto 2018 15:46

Curso de Jornalismo da Unifor celebra 18 anos

Atento para as novas diretrizes do mercado, o curso investe em pesquisa, inovação e gestão.


Professores da Unifor participam da recepção de boas-vindas dos alunos do curso de Jornalismo no semestre 2018.2 (Foto: Luis Carlos)
Professores da Unifor participam da recepção de boas-vindas dos alunos do curso de Jornalismo no semestre 2018.2 (Foto: Luis Carlos)

Quando se fala em Jornalismo na atualidade, percebemos as suas contínuas transformações. Isso porque a forma de se comunicar e transmitir informação tem mudado com o advento de novas tecnologias e plataformas digitais. E esse tem sido o grande desafio do jornalista no século XXI: se adaptar as novas tendências e garantir seu espaço no competitivo mercado de trabalho.

Diante desse desafio, a Universidade de Fortaleza tem investido na formação de jornalistas, estimulando a prática profissional, com uma infraestrutura de ponta, capaz de formar comunicadores multimodais. Isso foi possível a partir da reformulação de sua matriz curricular, que atende ao artigo 10 das novas diretrizes curriculares nacionais para os cursos de Jornalismo, elaboradas pelo Conselho Nacional de Educação (CNE/MEC).

Wagner Borges, coordenador do curso de Jornalismo da Unifor, fala sobre os 18 anos do curso e suas novas diretrizes. “A Universidade viu a oportunidade desse curso há 18 anos e ele tem se consolidado posicionado em um mercado super importante e competitivo, passando por um momento não só de maturação, mas de construção consistente de uma reputação diferenciada por uma nova matriz curricular que colocou o nosso programa pedagógico numa posição destacada, não só no Ceará, mas como também no Nordeste”, afirma Wagner. 

“Os cursos de Comunicação, de maneira geral, preparam os profissionais para serem empregados nas empresas de comunicação. Quando assumimos a coordenação, propomos exatamente o contrário: que tivéssemos um curso que pudesse oferecer profissionais com vocação para trabalhar tanto nas empresas de comunicação jornalística como também com pesquisa jornalística e na gestão da comunicação das empresas, um mercado que finalmente está se consolidando no Brasil e que exige um perfil que poucos programas de graduação em Jornalismo oferecem e nós, pioneiramente, estamos oferecendo na Unifor. Dessa forma, temos hoje um curso que prepara um poliglota digital para trabalhar em qualquer empresa de comunicação. Ou seja, o nosso aluno é o mais qualificado em TV, internet, rádio, impresso, em convergência e em gestão”, relata Wagner Borges.

 O curso é também um dos primeiros 100% digitais do Brasil, inovando ainda disciplinas eletivas que vão do branding, macroeconomia ao planejamento, do esporte ao cultural, do jornalismo ambiental ao agronegócio, preparando os alunos para a comunicação corporativa, mercado consolidado em todo o mundo.

Além disso, neste semestre, o curso de Jornalismo irá inaugurar o Núcleo de Estudo e Pesquisa em Comunicação Empresarial (NEPCE), onde será realizado, entre outras coisas, o trabalho de mineração de dados. "A nossa ambição é oferecer, até 2019, informações não apenas para a universidade, mas produtos estratégicos essenciais para o mercado com o DNA Jornalismo Unifor", afirma o coordenador.

Outro diferencial do curso para o próximo semestre, de acordo com o professor Wagner Borges, é a nova modalidade da disciplina de Estágio. Segundo Wagner, a carga horária que antes era de 72 horas agora passa para 200 horas, sendo dividida em Estágio I e II. A primeira será oferecida no 6º semestre e a outra no 7º semestre. A disciplina de Estágio I deverá ser realizada dentro da Unifor, em uma das células do Núcleo Integrado de Comunicação (NIC), na TV ou no setor de Marketing da instituição. Já o Estágio II deverá ser realizado em alguma empresa extra campus, como já acontece. O objetivo é fazer com que o estudante possa viver tanto a parte laboratorial como o mercado.

Candice Graziani, diretora do Centro de Ciências da Comunicação e Gestão da Unifor, fala sobre o compromisso da instituição na formação dos futuros profissionais do Jornalismo. “O curso de Jornalismo completa 18 anos e celebramos junto aos nossos professores, alunos, egressos e colaboradores uma história de sucesso e compromisso com a formação ética, pautada na excelência e na experimentação prática. O curso chega à sua maioridade exercitando um Jornalismo atento às transformações no campo da Comunicação, orientado às necessidades do mercado e disposto a contribuir com as questões complexas do século XXI. Brindamos às muitas conquistas desses 18 anos e a todas aquelas que seguramente ainda virão, consolidando a reputação de um curso exitoso, que com cuidado e afeto seguimos construindo a cada dia” declara a diretora.

NIC, o maior Laboratório de Comunicação do Norte e Nordeste

O Núcleo Integrado de Comunicação (NIC) da Unifor reúne 85 membros, entre alunos bolsistas, professores e técnicos. Ocupando uma área de 2.000 m2, integra 18 salas de aula/laboratórios informatizadas; 36 ilhas de edição não linear; 2 estúdios completos de tv; 4 estúdios completos de rádio; 4 estúdios completos de fotografia analógica e digital; 1 redação multimeios para produção de web jornalismo e impresso, revista impressa e digital; 1 produtora de webtv; 1 célula de mídia interativa; além de uma rádio e tv universitárias.

Semana de Comunicação

O curso já tem realizado algumas ações em comemoração aos 18 anos de sua criação. Para o segundo semestre deste ano, de 2 a 4 de outubro, será realizada a Semana do Jornalismo. A programação será divulgada em breve. Já no dia 1º de agosto, será inaugurado o painel comemorativo dos 18 anos do curso.