angle-left Filme de ex-alunos do curso de Cinema e Audiovisual da Unifor participa de importante Festival

Qui, 8 Outubro 2020 17:30

Filme de ex-alunos do curso de Cinema e Audiovisual da Unifor participa de importante Festival

O curta-metragem “Noite de Seresta”, de Sávio Fernandes e Muniz Filho, integra a Mostra Competitiva do 9º Olhar de Cinema do Festival Internacional de Curitiba, com exibição virtual nos dias 9 e 13 de outubro.


Sávio Fernandes e Muniz Filho são ex-alunos do curso de Cinema e Audiovisual da Unifor. (Foto: arquivo pessoal)
Sávio Fernandes e Muniz Filho são ex-alunos do curso de Cinema e Audiovisual da Unifor. (Foto: arquivo pessoal)

“Noite de Seresta”, curta-metragem de Sávio Fernandes e Muniz Filho, ex-alunos do curso de Cinema e Audiovisual da Universidade de Fortaleza, estará no Festival Internacional de Curitiba. O filme integra a Mostra Competitiva do 9º Olhar de Cinema, inaugurando parceria que sinaliza uma trajetória criativa tão potente quanto a que ambos vêm desenvolvendo individualmente nos últimos anos. A exibição do curta acontece nos dias 9 e 13 de outubro. As sessões custam R$ 5,00 e o filme fica disponível durante 24 horas seguidas neste link
 
O curta-metragem é um documentário sobre Kátia, mulher que dedica sua vida a cantar acompanhada por midis de karaokê. Quando canta, seu corpo e sua alma se expandem, não ficam circunscritos a um palco, percorrem o ambiente, dançam, sorriem, interagem e contagia seu público, as mazelas da vida se apagam. No filme, observa-se um desses momentos da cantora, destacando sua forma de estar no mundo. O expectador vira também o seu público, que é agraciado com sua energia, que canta junto, que espia.

“Eu e a equipe do filme ficamos muito felizes com a seleção. Vejo que isso foi a soma do trabalho de todos e a contribuição direta da Kátia Blander (foto) no projeto. O curso de Cinema e Audiovisual da Universidade de Fortaleza foi fundamental para o desenvolvimento do nosso curta-metragem, pois foi com o apoio da Unifor que conseguimos realizá-lo”, detalha Muniz Filho. 

O filme é a primeira co-direção de Muniz Filho com Sávio Fernandes – parceria que deverá render bons frutos, a observar a carreira que cada um dos realizadores vem construindo nos últimos anos.

Sávio Fernandes dirigiu filmes como “Tommy Brilho”, “Oração ao Cadáver Desconhecido” e “A Vapor”. Com “Tommy Brilho”, o diretor seguiu uma potente trajetória de prêmios em diversos festivais: foi o grande vencedor do Festival Noia em 2018, ganhando o prêmio de Melhor Filme; além de ganhar um dos principais reconhecimentos de roteiro do País, o Festival de Roteiro Audiovisual de Porto Alegre (Fapra).

Muniz Filho construiu carreira bem-sucedida na área de produção, participando como produtor de locação e assistente de produção em filmes como Pacarrete (Allan Deberton), vencedor do Festival de Gramado de 2019, e nos longas metragens Greta (Armando Praça) e Fortaleza Hotel (Armando Praça).