null Alunos da Unifor ficam em 1º e 2º lugares em prêmio internacional de doutorado

Sex, 17 Novembro 2023 16:52

Alunos da Unifor ficam em 1º e 2º lugares em prêmio internacional de doutorado

Daniel Rocha Chaves e Fábio Carvalho tiveram destaque no prêmio do Fórum de Integração Brasil Europa


A premiação é um incentivo a estudantes e pesquisadores, ao mesmo tempo em que celebra a proximidade cultural, econômica, política e social do Brasil com a Europa (Foto: Cláudio Noy/FIBE/Divulgação)
A premiação é um incentivo a estudantes e pesquisadores, ao mesmo tempo em que celebra a proximidade cultural, econômica, política e social do Brasil com a Europa (Foto: Cláudio Noy/FIBE/Divulgação)

Dois egressos da Universidade de Fortaleza (Unifor), da Fundação Edson Queiroz, ficaram em 1º e 2º lugares na categoria Doutorado do Prêmio FIBE – Fórum de Integração Brasil Europa. O anúncio dos premiados aconteceu no Fórum Futuro ESG, realizado de 1 a 3 de novembro em Lisboa, Portugal. Daniel Rocha Chaves, egresso do curso de Direito, e Fábio Carvalho de Alvarenga Peixoto, do Programa de Mestrado e Doutorado Constitucional da Unifor, fizeram jus a prêmios de 1.250 euros e 375 euros, respectivamente.  

“É com orgulho que informo que o número muito significativo de inscrições excedeu as nossas expetativas. O júri também teve verdadeiramente uma tarefa difícil para fazer uma hierarquização dos trabalhos, que, de uma forma geral, tiveram bastante qualidade e vários domínios”, resumiu o presidente do FIBE, o especialista em direito constitucional Vitalino Canas, durante a solenidade de premiação. 

A distinção, instituída para ser instrumento de incentivo a estudantes e pesquisadores, ao mesmo tempo em que celebra a proximidade cultural, econômica, política e social do Brasil com a Europa, aceitou candidaturas de 21 de abril a 31 de julho. O júri teve 3 meses para avaliar e hierarquizar os trabalhos.

“Esta adesão das partes de investigadores e autores a concorrer ao nosso prêmio, que é lançado e decidido pela primeira vez após a constituição do FIBE, dá-nos plena esperança de que o Prêmio irá suscitar cada vez mais interesse e candidaturas, prestigiando-se e tornando-se um prêmio de referência nestas áreas de investigação da integração do Brasil e a Europa”, finalizou Canas. 

Os premiados na categoria Mestrado foram:

  • 1º João Victor Colares Prasser
  • 2º Juliane Tedesco Andretta
  • 3º Lucas Ribeiro Vieira Rezende

Os três serão agraciados, respetivamente, com os valores 625€; 375€ e 250€, além da publicação do trabalho premiado em coletânea editada pelo Selo FIBE, com a editora Almedina. Os júris concederam menções honrosas a Rodolfo Soares Ribeiro Lopes e Victor Minervino Quintiere.

Em Doutoramento, os distinguidos são:

  • 1º Daniel Rocha Chaves 
  • 2º Fábio Carvalho de Alvarenga Peixoto
  • 3º Natália Izelli Doré 

O prêmio é de, respetivamente, 1250€; 750€ e 500€, mais a publicação da tese em coletânea. As menções honrosas foram concedidas para Cibeli Simões dos Santos e Marcus Vinícius Amorim de Oliveira.

“Quero deixar aqui a minha felicitação aos candidatos em geral, que produziram trabalhos com uma qualidade bastante prestigiante para o Prêmio FIBE. No próximo ano cá estaremos para um novo período de apresentação de candidaturas e espero que continuemos a merecer a confiança daqueles que se candidataram”, felicitou o presidente do FIBE. 

Integraram a comissão do júri: Thereza Cristina Nogueira de Aquino, pós-doutora pela Faculdade de Economia da Universidade do Porto – UP; Jorge Bacelar Gouveia, doutor em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa – UNL; Carla Margarida Barroso Guapo da Costa, pós-doutora pelo Instituto Superior de Ciências Políticas e Sociais – ISCSP; Ana Isabel Xavier, doutora em Relações Internacionais pela Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra – UCoimbra, e a professora-doutora da Fundação Getúlio Vargas – FGV e coordenadora técnica do Selo FIBE, Hadassah de Sousa Santana.