angle-left Unifor investe em sala de aula inovadora para alunos do curso de Publicidade e Propaganda

Seg, 9 Setembro 2019 09:54

Unifor investe em sala de aula inovadora para alunos do curso de Publicidade e Propaganda

Com equipamentos de última geração, no espaço acontecem de aulas à experimentação gráfica


Um espaço em formato de ateliê que permite a alunos aprenderem e desenvolverem projetos inovadores a partir de seus equipamentos.  Foto: Ares Soares.
Um espaço em formato de ateliê que permite a alunos aprenderem e desenvolverem projetos inovadores a partir de seus equipamentos.  Foto: Ares Soares.

O curso de Publicidade e Propaganda da Unifor inaugurou a Sala de Impressão, um espaço em formato de ateliê que permite a alunos aprenderem e desenvolverem projetos inovadores a partir de seus equipamentos. 

O ambiente, alocado no Bloco S, também é o local de funcionamento do Laboratório de Experimentação Tipográfica e Design Editorial (Labotipo), um projeto realizado pelos estudantes do curso, voltado para a criação e produção publicitária. 

A Universidade investiu em novos equipamentos de ponta com alta qualificação para maximizar o leque de possibilidades de criação dos estudantes, para que eles possam realizar processos completos em um mesmo local, da idealização até a impressão de um produto. Entre as aquisições, estão a gravadora de matriz para serigrafia, impressora silhouette e impressora risográfica, uma das duas únicas existentes em Fortaleza.

O coordenador do curso de Publicidade e Propaganda, Tarcísio Bezerra, comenta a importância do novo espaço para o crescimento dos alunos. “É importante  destacar que o laboratório de impressão funciona como um espaço para realização de processos criativos da publicidade. Tendo em mente que a nossa profissão tem uma interface muito clara com o design, principalmente o design gráfico digital, vimos no laboratório de impressão as possibilidades de experimentação”, destaca. 

Ainda segundo ele, a idealização do espaço foi pensada para que os alunos pudessem participar ativamente de processos criativos. “Queríamos um espaço que estivesse em consonância com o chamado ‘movimento maker’ e ‘Fab Lab’, local onde os alunos possam colocar a mão na massa, de construir ideias e coisas. Lá eles tem a possibilidade de fazer um livro, embalagens, jogos, enfim, tudo que esteja voltado para trabalhar esses aspectos criativos e laborais produtivos”, afirma Tarcísio Bezerra.  

Sobre o Labotipo

O Laboratório de Experimentação Tipográfica e Design Editorial (Labotipo) iniciou em 2014 como um grupo de pesquisa encabeçado pelo professor Tarcísio Bezerra e hoje funciona como  um espaço de experiências e criação disponível para os alunos do curso que se identificam e têm interesses no ramo de design editorial. 

É uma forma dos estudantes atrelarem teoria a prática de forma independente e inovadora, desvinculando-se dos processos padrões das gráficas convencionais, o que viabiliza diversos projetos. Entre estes, alguns internos da Universidade, como a iniciativa literária da Vice-Reitoria de Graduação: Coleção Ressonâncias Unifor, em que os estudantes do Labotipo são responsáveis pela editoria gráfica. Além deste, são responsáveis por diversos projetos autorais, como a revista Sacada, que está em sua terceira edição e foi totalmente produzida pela iniciativa.

Atualmente, o projeto é composto por quatro estudantes do curso de Publicidade e Propaganda e um professor orientador, que se empenham em estudar e aplicar o ramo inovador para a graduação, como explica o aluno Alessandro Linhares, do 5° semestre "Esse espaço é muito importante para a ligar o curso de Publicidade da Unifor com design e o editorial, porque é uma área em que estávamos precisando investir. Isso é uma ponte para novas possibilidades da nossa profissão", ressalta.