angle-left Centro de Ciências Jurídicas: tradição e vanguardismo na Unifor

Ter, 26 Junho 2018 17:12

Centro de Ciências Jurídicas: tradição e vanguardismo na Unifor

Professora Katherine Mihaliuc, diretora do Centro de Ciências Jurídicas da Unifor (Foto: Ares Soares)
Professora Katherine Mihaliuc, diretora do Centro de Ciências Jurídicas da Unifor (Foto: Ares Soares)

Justiça seja feita: o primeiro curso privado de Direito da região Norte-Nordeste, criado em 1976, veste toga impecável. Com nota máxima (5) na avaliação do Ministério da Educação (MEC), o principal indicador de qualidade do Ensino Superior, ostenta um corpo docente com 90% de professores mestres e doutores, aposta no alinhamento entre teoria e prática desde os primeiros semestres e investe numa formação humanista com foco na ética e na responsabilidade social através de projetos curriculares modelos e geradores de reconhecido know how.

Para a diretora do Centro de Ciências Jurídicas (CCJ), Katherinne Mihaliuc, é o equilíbrio entre o fortalecimento dos valores constitucionais e a preocupação com o acesso à justiça que levou o curso de Direito da Unifor a uma posição de destaque no ranking nacional, resultando em uma educação jurídica atenta às demandas globais e às peculiaridades regionais.

Assim, ela acredita que seu grau de excelência está diretamente ligado a diferenciais como o Escritório de Prática Jurídica (EPJ), ambiente de atendimento jurídico comunitário implantado no próprio campus através de convênio firmado com a Defensoria Pública do Estado do Ceará.

“O EPJ é destinado, há mais de 15 anos, à atuação prática de alunos do Direito da Unifor que, supervisionados e orientados por professores, vão atender aqueles que não têm condições de arcar financeiramente com honorários advocatícios e se valem do serviço da defensoria pública. Esse atendimento é multidisciplinar, envolvendo ainda analistas jurídicos, assistentes sociais e psicólogos. Lá funciona ainda um Núcleo de Conciliação e Mediação de Conflitos, em convênio com Tribunal de Justiça do Estado do Ceará, e mais o Núcleo do Procon Assembleia, voltado a causas consumeristas. Um complexo que só em 2017 realizou 8.471 atendimentos e já conta com sete defensores públicos atuando internamente”, explica a professora Katherine Mihaliuc.

Sobre a equilibrada balança em que pesa teoria e prática, o Mapa da Escrita é outro projeto que vem dar suporte ao aluno de Direito na construção de suas habilidades, competências e atitudes. Em foco, o poder da oratória e da argumentação, colocado à prova em disciplinas eminentemente processuais, onde, aliado à carga horária teórica, o aluno se vê desafiado a instrumentalizar peças processuais desde os primeiros semestres. 

Múltiplo, o curso de Direito é ainda o lugar do programa Cidadania Ativa, uma forma inovadora de integrar alunos e professores no desenvolvimento de atividades de cunho socioambiental voltadas para o fortalecimento da cidadania, levando conhecimento jurídico às comunidades e atuando voluntariamente em bairros e eventos extra-muros.

Mestrado e Doutorado

A Pós-graduação Latu Sensu em Direito, conveniada à Columbia University (EUA), oferta 15 cursos, enquanto a Stricto Sensu conta com cursos de Mestrado e Doutorado Acadêmicos, com 55 vagas, sendo 40 para Mestrado e 15 para Doutorado, nas áreas de concentração de Direito Constitucional Público e Teoria Política e de Direito Constitucional nas Relações Privadas, com 6 linhas de pesquisa. Oferta ainda Mestrado Profissional, com ênfase em Gestão de Conflitos.