angle-left Unifor produz e doa mais 50 protetores faciais para profissionais da linha de frente da Covid-19

Ter, 5 Maio 2020 18:11

Unifor produz e doa mais 50 protetores faciais para profissionais da linha de frente da Covid-19

Desta vez, os beneficiados são docentes do Centro de Ciência da Saúde. Esta é a quarta doação realizada pela Universidade de Fortaleza a profissionais de saúde desde o início da pandemia.


Ciente da necessidade e escassez de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para os profissionais da saúde que estão na linha de frente do combate à Covid-19, a Universidade de Fortaleza, da Fundação Edson Queiroz, produziu e realizou a entrega de mais um lote de protetores faciais (face-shields), totalizando 50 unidades.  

Desta vez, os beneficiados são docentes do Centro de Ciência da Saúde (CCS), entre professores e preceptores do curso de Medicina e professores do curso de Nutrição que trabalham em funções de risco. O professor Rogildo Carlos, da supervisão de estágio e aquisição de insumos do CCS, coordena a entrega dos equipamentos, que iniciou dia 4 de maio. 

O material foi produzido pela equipe do IoTLab, laboratório do Núcleo de Aplicação em Tecnologia da Informação (NATI), utilizando impressoras 3D, devidamente paramentada e mantendo a distância de segurança exigida pela Secretaria de Saúde. Este já foi o quarto lote de protetores faciais produzidos pelo NATI, contribuindo para cerca de190 peças doadas. Toda a matéria-prima essencial para a fabricação dos itens está sendo oferecida pela Universidade de Fortaleza.  

“É muito gratificante poder contribuir no combate à pandemia e ajudar os profissionais da saúde que estão se dedicando todos os dias”, destaca Jonatas Silva, coordenador de produção dos protetores faciais. Tudo é supervisionado pelo diretor de Tecnologia da Universidade de Fortaleza, professor Eurico Vasconcelos.  

Entregas anteriores

O primeiro lote com 40 protetores faciais foi doado no início de abril à Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior (Secitece), com o objetivo de auxiliar profissionais de saúde do Hospital Geral e do Hospital da Criança. 

O segundo lote foi destinado ao Núcleo de Biologia Experimental (NUBEX) da Universidade de Fortaleza, direcionado aos profissionais que fazem o teste molecular para Covid-19 em amostras coletadas nas unidades de saúde do Estado e enviadas à Unifor pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Ceará (Lacen-CE).

A terceira doação com 45 protetores faciais foi para professores e alunos do Mestrado Profissional em Tecnologia e Inovação em Enfermagem da Universidade de Fortaleza que trabalham na linha de frente no combate à pandemia em unidades de saúde de Fortaleza.