Engenharia de Controle e Automação Bacharelado | Universidade de Fortaleza

Alunos trabalham em máquina.

Esse curso é para quem quer…

… a melhor formação em Engenharia de Controle e Automação de Fortaleza, e projetar, operar e fazer a manutenção de equipamentos utilizados nos processos automatizados de indústrias em geral.

e deseja…

… ser capaz de atuar em diversas atividades, como setores industriais, comerciais e de serviços e trabalhar com gerenciamento de projetos de automação, programação de máquinas e adaptação de softwares aos processos industriais

Duração
10 semestres

Período
Manhã

vagas
50

Informações para contato

Coordenação: Profa. Lúcia Maria Barbosa Oliveira

  • E-mail de contato: eng_automacao@unifor.br
  • Fone de contato: (85) 3477.3183
  • Endereço de contato: Bloco J | Sala 1

Por que cursar Engenharia de Automação e Controle na Unifor?

Na Unifor, você vai aprender a gerenciar projetos de automação industrial e comercial em um curso avaliado com nota máxima (5) pelo MEC e que recebeu 4 estrelas no Guia do Estudante 2017. Também conhecido por Mecatrônica, o curso de Engenharia de Controle e Automação prepara o aluno para estar à frente do trabalho de programação das máquinas e da adaptação de programas de computador aos processos industriais. Em empresas já automatizadas, você saberá redimensionar, operar e manter os sistemas e equipamentos instalados.

Aqui, você é preparado para ingressar em um mercado de trabalho crescente, especialmente na indústria nacional, na qual a automação é uma necessidade na busca de maior competitividade, com ênfase na relação entre redução de custos e melhoria da qualidade.

Com os conhecimentos adquiridos no curso, para obter a automação de um sistema, você vai desenvolver a necessária visão global do processo produtivo. Para isso, será capaz de utilizar informações de distintos campos do conhecimento. Esse preparo é um dos diferenciais proporcionados pela Unifor, razão pela qual as oportunidades de mercado para o engenheiro de controle e automação graduado aqui são tão promissoras, tendo em vista também que o país impulsionou o investimento industrial nos últimos anos. Além disso, hoje toda indústria possui alguma forma de automação, desde sistemas simples aos mais elaborados.

Aqui, você se gradua engenheiro de controle e automação em um curso reconhecido com nota máxima pelo Ministério da Educação (MEC). Segundo o Enade, a Unifor está entre os 9 melhores cursos do Brasil na área e entre os 4 melhores entre as universidades particulares. Por isso, se constitui como referência no ensino desta modalidade de graduação no país.

Ao estudar em um curso formado pela junção das engenharias mecânica, elétrica e de computação, você dispõe de uma estrutura de excelência, constituída de mais de 25 laboratórios com os melhores equipamentos do mercado. Destaque para o laboratório de sistema de automação (onde o aluno entra em contato com manipuladores robóticos), o de controle automático de processos e o de pesquisas (onde são realizados projetos de PD&I junto a empresas e indústrias).

O curso foi criado como resposta às necessidades das indústrias, especialmente de grande porte, e tem o compromisso de inserir você no mercado de trabalho em diversos segmentos. Junto com os professores, você vai atuar no desenvolvimento de projetos de pesquisa financiados e voltados à indústria, dentro da visão de proximidade mercado-universidade. Além disso, vai poder fazer cursos de extensão na área de microcontroladores, controladores lógicos programáveis (CLPs), instrumentação, ferramentas matemáticas e de desenho auxiliado por computador.

Além das oportunidades no mercado de trabalho, a Unifor estimula você a enveredar pela pesquisa acadêmica. Desde os primeiros semestres, o aluno é incentivado a elaborar trabalhos de iniciação científica, projetos multidisciplinares, atuar na monitoria com o apoio do Núcleo de Pesquisas Tecnológicas.

O curso de Engenharia de Controle e Automação da Unifor possui nota máxima (5) em Conceito de Curso (CC). O Conceito de Curso é a nota final de qualidade dada pelo Ministério da Educação (MEC) aos cursos de graduação das instituições de ensino superior no Brasil. O Conceito de Curso é obtido a partir da avaliação in loco, por análise de três dimensões na oferta do curso: organização didático-pedagógica, corpo docente e tutorial e infraestrutura.

Reconhecida como uma das melhores do mundo pelos maiores rankings internacionais (Times Higher Education / QS World University Rankings) e a melhor do Norte e Nordeste em um dos mais prestigiados rankings nacionais (RUF) entre instituições de ensino superior particulares, a Universidade de Fortaleza oferece a seus alunos uma experiência completa que vai muito além da sala de aula.

 

Atividades de ensino-aprendizagem nos cursos de graduação da Unifor em 2020.2

A partir de 17 de agosto de 2020, os cursos de graduação obedecem um plano que inclui, de acordo com as características de cada curso e disciplina, atividades presenciais e virtuais, obedecendo normas rigorosas de biossegurança e as determinações das autoridades governamentais.

CONFIRA OS TERMOS GERAIS E AS CONDIÇÕES DE CADA CENTRO DE CIÊNCIAS

 

Sistema de avaliação da aprendizagem

O sistema de avaliação da aprendizagem discente dos cursos de graduação, na modalidade presencial, da Universidade de Fortaleza, visa aferir o desenvolvimento de competências (conhecimentos, habilidades e atitudes) previstas para o perfil do egresso descrito no Projeto Pedagógico do Curso - PPC.

Na Unifor, a Resolução CEPE Nº 45, de 11 dezembro de 2017, estabelece normas referentes ao Trabalho de Conclusão de Curso, na área de graduação e disciplina critérios de avaliação, revogando normativo anterior (Resolução CEPE Nº 16/2008). 

Trabalho de Conclusão de Curso é aquele que, elaborado sob o acompanhamento de professor orientador, de acordo com as Diretrizes Curriculares Nacionais – DCN de cada curso, compreende pelo menos uma das seguintes modalidades:

  • Monografia, decorrente de temas e/ou experiências das disciplinas do Curso;
  • Ensaio, artigo científico, relacionado ao campo de saber específico do Curso; 
  • Projeto técnico, protótipo, peça ou produto, baseado nos projetos de ensino do Curso acompanhando de relatório acadêmico.

Os Conselhos de Centro junto aos cursos definem e elaboram manuais instrucionais sobre a modalidade, orientação, o acompanhamento e a avaliação do TCC, considerando os critérios de aprovação de frequência variando entre 75% (setenta e cinco por cento) a 90% (noventa por cento), bem como de rendimento acadêmico com registro de nota final única de AV3 a qual não pode ser inferior a 6,0 (seis vírgula zero), podendo ser estabelecido valor a maior.

Na Universidade de Fortaleza, a Resolução CEPE Nº 20, de 04 de maio de 2017 define e normatiza o Estágio nos cursos de graduação e disciplina critérios de aprovação.

Estágio é definido no normativo como um processo de formação interdisciplinar, no qual se articulam teoria e prática, tendo como base o princípio da indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão, visando à capacitação do aluno para o exercício profissional.

Desse modo, o Estágio compreende as seguintes modalidades:

  • Obrigatório, considerado o estágio constante como componente da matriz curricular de cada Curso e cuja carga horária é requisito para aprovação e obtenção de diploma.
  • Não obrigatório, referente a realização de atividades práticas extracurriculares e desenvolvido como atividade opcional, acrescida à carga horária regular e obrigatória”.

Os critérios de aprovação nos estágios obrigatórios são frequência e rendimento acadêmico. Os Centros determinam um percentual de frequência para aprovação variando entre 75% (setenta e cinco por cento) a 90% (noventa por cento), bem como uma nota final única de AV3, a qual não pode ser inferior a 6,0 (seis vírgula zero), podendo ser estabelecido valor a maior.

A Resolução CEPE Nº 45, de 11 dezembro de 2017, também estabelece normas referentes ao Componente Curricular Especial (CCE), aquele que previsto no Projeto Pedagógico de Curso (PPC) e descrito no respectivo Projeto de Ensino, apresenta pelo menos um dos seguintes critérios:

  • Oferta diferenciada quanto a sua duração reduzida, sendo menor que um semestre letivo regido pelo calendário acadêmico;
  • Natureza do trabalho docente vinculado ao componente curricular caracterizado por acompanhamento processual de supervisão, tutoria, mentoria e/ou preceptoria;
  • Formação de competências integradas ao desenvolvimento de projeto, programa e/ou produto, exceto TCC.

Os Conselhos de Centro definem a avaliação do CCE, considerando os critérios de aprovação de frequência variando entre 75% (setenta e cinco por cento) a 90% (noventa por cento), bem como de rendimento acadêmico com registro de nota final única de AV3 a qual não pode ser inferior a 6,0 (seis vírgula zero), podendo ser estabelecido valor a maior.

Para consulta dos atos regulatórios dos cursos de graduação da Universidade de Fortaleza, acesse a página do Diário Oficial da União (DOU).

Para consulta da resolução do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE) da Universidade de Fortaleza referente ao curso de Medicina Veterinária, clique aqui. Para o curso de Computação em Nuvem, clique aqui.

Disciplinas Obrigatórias

Semestre 1

Semestre 2

Semestre 3