PORTFÓLIO DE PROJETOS

fundo azul rachurado com imagens pequenas representando cada projeto embaixo

PROJETO HASMART

O HASmart é um Projeto de Pesquisa em desenvolvimento por pesquisadores e bolsistas dos cursos de pós-graduação em Informática e em Saúde da Universidade de Fortaleza, da Fundação Edson Queiroz em atendimento à demanda da SESA (Secretaria da Saúde do Estado do Ceará).

Tem como objetivo definir uma metodologia de coleta e análise de dados da população cearense hipertensa para um estudo do comportamento e das necessidades dos pacientes para adesão ao tratamento. 

Ênfase especial na pesquisa se dá por investigar formas de realizar  comunicação/interação assistiva, persuasiva e adaptativa ao comportamento dos pacientes de adesão a um tratamento. 

Na conclusão do projeto, os resultados dos processos aplicados e os dados coletados com os sistemas, servirão para ajudar profissionais e gestores da área da saúde a definirem estratégias de conscientização, tratamento e adesão dos indivíduos.  

Utilizamos a metodologia Design-Based Research (DBR), que associa pesquisa à prática e fundamenta os procedimentos de investigação e desenvolvimento de artefatos e práticas. 

Desde outubro de 2020, quando realizamos um workshop de integração entre os pesquisadores e gestores da SESA (Secretaria da Saúde do Estado do Ceará), estamos realizando (e evoluindo) um processo para cuidar mais da saúde de pacientes hipertensos.  Esse processo conta com os serviços de Médicos, Assistentes Comunitários de Saúde (ACS) e farmacêuticos para a coleta de dados e análise da adesão dos pacientes e já tem sua primeira aplicação. 

A Pesquisa é composta de experimentos que consistem em viabilizar o acompanhamento da aferição de Pacientes HASmart - Pacientes que foram ao posto de Saúde Mattos Dourado e deram consentimento para participar.

O primeiro experimento se iniciou em janeiro de 2020. No experimento, o paciente recebeu uma cartilha impressa para registro de uma certa quantidade de aferições de Pressão Arterial, definida pelo seu médico. O Paciente passou a realizar as aferições nas farmácias Pague Menos, sem custo. 

Um ajuste no experimento incluiu as ACS para entregar cartilhas e estimular a aferição de pacientes com Hipertensão. 

Outra etapa do experimento será o uso de uma cartilha virtual em um aplicativo para Smartphone. A cartilha (virtual e/ou física) é o instrumento do paciente, que revela seu comportamento de adesão, por conter suas medições realizadas. Ela apoia a comunicação entre os envolvidos para tratarem eventuais  impedimentos. 

Com os dados já coletados, está sendo possível analisar, de formas qualitativa e quantitativa, os resultados.

  • UNIFOR (Universidade de Fortaleza)   
  • SESA (Secretaria da Saúde do Estado do Ceará)
  • Empreendimentos Pague Menos S/A
  • Next Health

  • FUNCAP (Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico)

Agende uma Consulta no Posto de Saúde Mattos Dourado(R. Des. Floriano Benevides Magalhães, 391 - Edson Queiroz, Fortaleza - CE)

Solicite uma Cartilha para acompanhamento da Hipertensão Arterial.

projetoHASmart@unifor.br

CONHEÇA TODOS OS PROJETOS DA DPDI