Jornalismo Bacharelado | Universidade de Fortaleza

Repórter falando para câmera.

Esse curso é para quem quer…

... a melhor formação em Jornalismo de Fortaleza; e trabalhar com produção e edição de notícias em diferentes plataformas de comunicação e de imprensa – rádio, TV, web e impresso –, em assessorias de comunicação e projetos voltados para a comunicação pública, popular e/ou empresarial.

e planeja…

... desenvolver competências comunicacionais que permitem a atuação em empresas de comunicação e instituições diversas, incluindo as do Terceiro Setor, além da pesquisa acadêmica.

Período
Manhã

Duração
6 anos

Vagas
60

Informações para contato

Coordenação: Prof. Wagner Borges

  • E-mail de contato: jornalismo@unifor.br
  • Fone de contato: (85) 3477.3372
  • Endereço de contato: Bloco R | Sala 04

Por que cursar Jornalismo na Unifor?

Aqui, você tem acesso a um currículo inovador e atualizado com o que há de mais moderno exigido no mercado nacional e internacional. O curso equilibra teoria e experiência por meio de espaços de prática e aplicabilidade acadêmica e possui a maior estrutura de laboratórios da região, integrada por redação multimeios, estúdios de rádio, fotografia, ilhas de edição. O curso dispõe de lousas digitais em todas as salas de aula, além de 18 laboratórios com computadores individualizados para práticas pedagógicas e de mercado.

Na Unifor, você incorpora à sua formação profissional os novos modelos de negócio aplicados ao jornalismo, sintonizados com a inovação tecnológica, o empreendedorismo e a sustentabilidade, permitindo sua atuação como poliglota digital nas redações, na comunicação corporativa e no incentivo à pesquisa.

O curso prepara você para a prática nas redações, para o planejamento, desenvolvimento, organização e gestão de produtos, projetos e serviços destinados ao ambiente do jornalismo organizacional e institucional. Promove formação ética e instrumentalização para atividades práticas e de extensão que possibilitam a inserção rápida no mercado de trabalho.

O curso desenvolve competências em diversos domínios da área: jornalismo investigativo, impresso, radiojornalismo, telejornalismo, webjornalismo, empreendedorismo, macroeconomia, marketing, branding, sustentabilidade, cibercultura, design, webmarketing, assessoria de imprensa e comunicação.

Você também vai estar apto a trabalhar com planejamento em comunicação integrada, fotojornalismo, jornalismo empresarial, jornalismo esportivo, jornalismo econômico, jornalismo digital, jornalismo literário, jornalismo científico, jornalismo cultural, jornalismo de moda, geopolítica, antropologia, storytelling, estudos de comunicação e mídia e jornalismo comunitário, entre outras.

O curso ainda oferece oficinas de incentivo à leitura, inclusão digital, fotografia, produção de vídeos, áudio-livro, palestras, organização e realização de campanhas de comunicação, incentivo e divulgação.

Pioneira e inovadora, a iniciativa visa aproximar os alunos das tendências do mercado que demandam de futuros profissionais maiores habilidades em gestão. Fomentado em três pilares: Jornalismo Empresarial; Estratégia e Pesquisa, o Nepce é um grupo que estuda e desenvolve produtos convergentes em suas áreas de aplicação, em especial a mineração de dados.

Para o coordenador do curso, professor Wagner Borges, o Núcleo capacita os estudantes para ter ainda mais competência na área da Comunicação. “O Nepce é uma inovação, vários cursos de todo o país entram em contato conosco para trocar ideias sobre o núcleo e o que ele trabalha. É um espaço multiplataforma e interdisciplinar, colaborativo em geral, e é isso o que o Jornalismo do futuro pede”, afirma.

Como aluno de Jornalismo da Unifor, você tem a oportunidade de estudar no maior laboratório da região Norte e Nordeste. Com 2 mil m² de área, o Núcleo Integrado de Comunicação (NIC) se constitui na vitrine dos cursos do Centro de Comunicação e Gestão (CCG) da Unifor. Criado em 2000, o NIC é um projeto permanente de extensão e principal espaço de experimentação e relação entre teoria e prática dos cursos de Comunicação Social – Publicidade e Jornalismo e de áreas afins como Eventos, Administração, Cinema e Audiovisual e Ciências da Computação.

O objetivo do NIC aproximar a universidade e sociedade por meio da execução de projetos de comunicação realizados por alunos da Unifor, sob a orientação de professores. É integrado por 9 células. Nele desenvolvem-se trabalhos por meio de 36 ilhas de edição, 2 estúdios de TV, 4 estúdios de Rádio, 2 estúdios de fotografia analógica e digital, redação multimeios para produção de webjornalismo e impresso, revista impressa e digital, produtora de Web TV, célula de mídia interativa, assessoria de comunicação com abertura para comunicação corporativa, além da Rádio Unifor e da TV Unifor, cuja programação é aberta para todo o Ceará.

No NIC, você vai atuar na divulgação dos produtos elaborados em suas células. Isso tem proporcionado a divulgação dos cursos da Unifor em todo Brasil por meio dos vários prêmios conquistados em congressos estudantis de comunicação e também através de sua relação direta com o mercado de trabalho. Interligado a outros cursos da Unifor, o núcleo e atende à demanda dos 4 centros do conhecimento da Universidade a partir de ações como a elaboração de cartazes, criação de sites e spots, entre outros produtos.

Implantada em 2005, a TV Unifor é um espaço de experimentação e formação de novos comunicadores e modelos de conteúdo, por meio da realização de projetos desenvolvidos pela comunidade acadêmica. A emissora dá visibilidade à pesquisa, extensão e ensino bem como de temas interesse da sociedade.

A TV leva ao ar os programas audiovisuais produzidos pelos próprios alunos dos cursos de Jornalismo, Publicidade e Propaganda e Cinema e Audiovisual, além do programa institucional da Universidade, o Canal Unifor. É transmitida pelo Canal Universitário 14 da Multiplay, canal 181 da NET e TV Diário. Desde a sua fundação, conquistou parcerias c com Canal Futura, Associação Brasileira de TVs Universitária (ABTU), TV Assembleia, e Itaú Cultural, entre outros.

A programação da TVU é composta por interprogramas, documentários, revista eletrônica, jornal ao vivo, além de outras propostas com temas relacionados a saúde, meio ambiente, esporte, cultura e arte.

A formação em Comunicação Social - Jornalismo da Unifor envolve o aluno na produção de trabalhos desde os primeiros semestres do curso. Aqui você vai pôr em prática os conhecimentos adquiridos nas disciplinas, na elaboração de projetos jornalísticos sob a supervisão do corpo de professores.

Diversos trabalhos produzidos pelos alunos do curso têm sido sua qualidade reconhecida, inclusive por meio de diversos prêmios conquistados nos últimos anos. Entre os exemplos de produções premiadas estão o jornal Sobpressão, a revista A Ponte e programas jornalísticos da TV Unifor, além de jornais-laboratório, que venceram edições do Prêmio Gandhi de Comunicação (Agência da Boa Notícia - 2009 a 2012/2014/2016), do Prêmio ESMPU de Jornalismo Universitário (Escola do Ministério Público da União - 2011) e do Prêmio de Jornalismo Luís Cruz de Vasconcelos (OAB Ceará - 2013).

O curso de Jornalismo da Unifor possui nota máxima (5) em Conceito de Curso (CC). O Conceito de Curso é a nota final de qualidade dada pelo Ministério da Educação (MEC) aos cursos de graduação das instituições de ensino superior no Brasil. O Conceito de Curso é obtido a partir da avaliação in loco, por análise de três dimensões na oferta do curso: organização didático-pedagógica, corpo docente e tutorial e infraestrutura.

Reconhecida como uma das melhores do mundo pelos maiores rankings internacionais (Times Higher Education / QS World University Rankings) e a melhor do Norte e Nordeste em um dos mais prestigiados rankings nacionais (RUF) entre instituições de ensino superior particulares, a Universidade de Fortaleza oferece a seus alunos uma experiência completa que vai muito além da sala de aula.

 

Atividades de ensino-aprendizagem nos cursos de graduação da Unifor em 2020.2

A partir de 17 de agosto de 2020, os cursos de graduação obedecem um plano que inclui, de acordo com as características de cada curso e disciplina, atividades presenciais e virtuais, obedecendo normas rigorosas de biossegurança e as determinações das autoridades governamentais.

CONFIRA OS TERMOS GERAIS E AS CONDIÇÕES DE CADA CENTRO DE CIÊNCIAS

 

Sistema de avaliação da aprendizagem

O sistema de avaliação da aprendizagem discente dos cursos de graduação, na modalidade presencial, da Universidade de Fortaleza, visa aferir o desenvolvimento de competências (conhecimentos, habilidades e atitudes) previstas para o perfil do egresso descrito no Projeto Pedagógico do Curso - PPC.

Na Unifor, a Resolução CEPE Nº 45, de 11 dezembro de 2017, estabelece normas referentes ao Trabalho de Conclusão de Curso, na área de graduação e disciplina critérios de avaliação, revogando normativo anterior (Resolução CEPE Nº 16/2008). 

Trabalho de Conclusão de Curso é aquele que, elaborado sob o acompanhamento de professor orientador, de acordo com as Diretrizes Curriculares Nacionais – DCN de cada curso, compreende pelo menos uma das seguintes modalidades:

  • Monografia, decorrente de temas e/ou experiências das disciplinas do Curso;
  • Ensaio, artigo científico, relacionado ao campo de saber específico do Curso; 
  • Projeto técnico, protótipo, peça ou produto, baseado nos projetos de ensino do Curso acompanhando de relatório acadêmico.

Os Conselhos de Centro junto aos cursos definem e elaboram manuais instrucionais sobre a modalidade, orientação, o acompanhamento e a avaliação do TCC, considerando os critérios de aprovação de frequência variando entre 75% (setenta e cinco por cento) a 90% (noventa por cento), bem como de rendimento acadêmico com registro de nota final única de AV3 a qual não pode ser inferior a 6,0 (seis vírgula zero), podendo ser estabelecido valor a maior.

Na Universidade de Fortaleza, a Resolução CEPE Nº 20, de 04 de maio de 2017 define e normatiza o Estágio nos cursos de graduação e disciplina critérios de aprovação.

Estágio é definido no normativo como um processo de formação interdisciplinar, no qual se articulam teoria e prática, tendo como base o princípio da indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão, visando à capacitação do aluno para o exercício profissional.

Desse modo, o Estágio compreende as seguintes modalidades:

  • Obrigatório, considerado o estágio constante como componente da matriz curricular de cada Curso e cuja carga horária é requisito para aprovação e obtenção de diploma.
  • Não obrigatório, referente a realização de atividades práticas extracurriculares e desenvolvido como atividade opcional, acrescida à carga horária regular e obrigatória”.

Os critérios de aprovação nos estágios obrigatórios são frequência e rendimento acadêmico. Os Centros determinam um percentual de frequência para aprovação variando entre 75% (setenta e cinco por cento) a 90% (noventa por cento), bem como uma nota final única de AV3, a qual não pode ser inferior a 6,0 (seis vírgula zero), podendo ser estabelecido valor a maior.

A Resolução CEPE Nº 45, de 11 dezembro de 2017, também estabelece normas referentes ao Componente Curricular Especial (CCE), aquele que previsto no Projeto Pedagógico de Curso (PPC) e descrito no respectivo Projeto de Ensino, apresenta pelo menos um dos seguintes critérios:

  • Oferta diferenciada quanto a sua duração reduzida, sendo menor que um semestre letivo regido pelo calendário acadêmico;
  • Natureza do trabalho docente vinculado ao componente curricular caracterizado por acompanhamento processual de supervisão, tutoria, mentoria e/ou preceptoria;
  • Formação de competências integradas ao desenvolvimento de projeto, programa e/ou produto, exceto TCC.

Os Conselhos de Centro definem a avaliação do CCE, considerando os critérios de aprovação de frequência variando entre 75% (setenta e cinco por cento) a 90% (noventa por cento), bem como de rendimento acadêmico com registro de nota final única de AV3 a qual não pode ser inferior a 6,0 (seis vírgula zero), podendo ser estabelecido valor a maior.

Para consulta dos atos regulatórios dos cursos de graduação da Universidade de Fortaleza, acesse a página do Diário Oficial da União (DOU).

Para consulta da resolução do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE) da Universidade de Fortaleza referente ao curso de Medicina Veterinária, clique aqui. Para o curso de Computação em Nuvem, clique aqui.

Disciplinas Obrigatórias

Semestre 1

Semestre 2

Semestre 3

Semestre 4