Campus Unifor

Campus da Unifor em foto aérea com muitas árvores e o Centro de Convivência

Campus Unifor: a melhor opção para o seu fim de semana

Quando chega o fim de semana, toda a biodiversidade que recobre 720 mil metros quadrados da Unifor e faz dela um inestimável patrimônio natural da cidade alardeia: passeios ao ar livre são fontes infindas de vitalidade e bem-estar. 

Aberto à visitação pública aos finais de semana, o campus estende seu imenso tapete verde aos que chegam para fazer exercícios físicos, promover piqueniques, brincar, comemorar aniversários, concentrar-se nas leituras ou simplesmente entregar-se à livre fruição introspectiva do meio ambiente.

No campus da Unifor, o “dentro” e o “fora” que animam nossas existências saem para passear de mãos dadas todos os sábados e domingos, de 8h às 17h, entre bicicletas, patins, skates, bolas de todas as cores, cordas para pular junto e bolhinhas de sabão. Mas não só.

Humanos terão a companhia, entre outras espécies, do colossal baobá, das imensas palmeiras imperiais, do pau-brasil plantado pelo criador da universidade, Edson Queiroz (1925-1982), dos carnaubais, do pau d’arco roxo, do pau branco, do cajueiro, do jacarandá, dos oitis, dos ipês rosa e amarelo, dos dendezeiros, da timbaúba e toda uma miríade de vegetais que o amor à natureza do ex-chanceler Airton Queiroz (1946-2017) soube atrair para o lugar e deixar como regalo - e legado - para Fortaleza.

De livre e pleno acesso, eis que o momento é de encontro e aproximação entre diferentes grupos sociais, igualando a todos em suas semelhanças e diferenças. Há ainda o olho atento de quem faz a segurança do lugar. E os indispensáveis depósitos de lixo para as sobras de cada dia de sol regado a comidas e bebidas não alcoólicas, brincadeiras mil, gestos de carinho, aura de aconchego. Que se venha então ver de perto, com os cinco sentidos harmoniosamente vivos e misturados. Feliz passeio!
 

Atendimento via chat
Atendimento via chat